Diário da Região

    • -
    • máx min
12/07/2018 - 12h02min

APRESENTAÇÃO

Conheça os vinhos da vinícola Louis Latour

Este evento contou com a presença do seu Export Manager Vladimir Galván. O local do encontro foi o restaurante Cór, que fica na praça São Marcos, no Alto de Pinheiros

Arquivo pessoal Taças
Taças

A Inovini importadora promoveu um encontro com clientes, para mostrar os vinhos da vinícola Louis Latour. Este evento contou com a presença do seu Export Manager Vladimir Galván. O local do encontro foi o restaurante Cór, que fica na praça São Marcos, no Alto de Pinheiros.

O restaurante é muito agradável e tem um espaço separado para eventos. Ele é especializado em carnes maturadas a seco, que ficam até 60 dias em câmara frigorífica.

Neste evento, a representante da Inovini contou-nos que esta importadora faz parte do grupo Aurora, que nada tem a ver com os vinhos Aurora.

Em seguida, o Sr. Vladimir, que por sinal fala português pois conviveu com brasileiros quando estudou agronomia em Angers, na região do Loire, iniciou sua apresentação.

Ele fez uma breve explanação sobre a vinícola, situada na Borgonha, que foi fundada em 1797.

Os seus vinhos são produzidos no Château Corton Grancey, em Aloxe-Corton. Neste Château existe uma adega histórica, construída em 1834 e uma tanoaria própria.(onde se faz tonéis).

Esta vinícola vem produzindo vinhos das cepas Chardonnay e Pinot Noir fora da Borgonha, inclusive na Provence.

Os vinhos produzidos na Borgonha, fora a região Sul, são feitos com duas cepas: Chardonnay para os brancos e Pinot Noir para os tintos.

A Chardonnay se adapta facilmente em outros terroires. Em cada um deles o resultado dos vinhos advindos desta uva é diferente. Nos países mais quentes, o vinho tende a ser menos seco que os vinhos da Borgonha.

Já a uva Pinot Noir é uma uva mais difícil, delicada, de casca fina e, apesar de ser plantada em muitos locais, nunca resulta em vinhos iguais ao da Borgonha.

Depois então de uma breve explanação, teve início a degustação dos vinhos brancos:

Mâcon Lugny Les Genières 2015, produzido nas colinas de Lugny, ao sul de Mâcon. O ano de 2015 foi um muito quente e difícil para elaboração de vinhos. Enquanto a colheita, em geral, tem início normalmente em meados de setembro, neste ano ela acontecem no começo do mês. Este é o vinho de entrada da vinícola, um vinho bem frutado e agradável, com aromas de mel, cítrico e com boa acidez. Tem boa persistência.

Pouilly Fuisse 2016, fica de 8 a 10 meses em cubas de inox. Seus aromas são de frutas brancas, como pera. Ele é bem equilibrado, tem notas defumadas, tem boa mineralidade e persistência.

Mersault Blagny Premier Cru 2016, produzido na região de Côte de Beaune. É um vinho muito aromático, com toque de amêndoas e baunilha. Ele enche a boca, é muito longo e agradável. Ele é um grande Chardonnay.

Bourgogne Rouge Cuvée Latour 2015, amadurece entre 10 a 12 meses em inox. No nariz é presente o aroma de frutas vermelhas e na boca aparecem notas de cassis, cerejas e alcaçuz.

Massanay 2016, amadurece de 10 a 12 meses em tanques de inox. É um vinho delicado, com notas de frutas vermelhas no nariz. É um vinho de boa persistência, sedoso e delicado.

Aloxe Corton Les Chaillots 1er Cru 2014 amadurece de 10 a 12 meses em barricas de carvalho, 50% novas. Este é um vinho de cor mais escura e brilhante. Apresenta aroma de cerejas, amoras, alcaçuz e sous-bois. Na boca ele mostra elegância, taninos sedosos, boa acidez e persistência. Este é um grande vinho que ainda tem muito a evoluir.

Esta degustação foi muito agradável e informal e foi acompanhada de frios, pães e queijos da casa.

Agradeço à Inovini e Vladimir, o convite.

Também agradeço a gentileza de ter sido convidado para conhecer a cave da Louis Latour, na Borgonha.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso