Diário da Região

    • -
    • máx min
19/07/2018 - 10h49min

RELACIONAMENTO

Karina Younan fala sobre o medo de amar

Muita gente perde bons momentos na vida pelo receio de entrar numa situação da qual não consiga sair depois

Pixabay Busca pela felicidade no amor
Busca pela felicidade no amor

Já disse Bukowski que “o amor é um cão dos diabos”. Já para Nelson Rodrigues, "não se pode amar e ser feliz ao mesmo tempo." Muita gente se convence de que amar é sofrer, diz a escritora Maria Helena Matarazzo. “O amor moderno é flutuante, episódico, sem compromisso com o amanhã”. Talvez seja esta uma das razões do medo de se envolver com alguém. Diante da falta de comprometimento nas relações, ficam com medo de se apaixonar e então sofrer.

Todos querem amar, mas têm medo porque acham que não vão receber o mesmo amor de volta. Temores que podem acabar com as chances do romance acontecer. O resultado são renúncias, desapaixonamentos e abandonos que criam enorme descrença e frustração.

Muita gente perde bons momentos na vida pelo receio de entrar numa situação da qual não consiga sair depois. Sinal claro de que precisam fortalecer a capacidade de dizer o que sentem e fazer as escolhas que desejam. Relações que não prosseguem trazem conteúdos preciosos para quem está disposto ao aprendizado. Enquanto não se encontra a pessoa certa, cada experiência traz ensinamentos que podem ajudar o amadurecimento emocional.

O medo é causa de muito mais fracassos do que a ousadia. Ninguém tem controle sobre os acontecimentos e quase todo mundo vai passar por frustrações ou rejeições em algum momento da vida. Faz parte do jogo. A questão é não se embrenhar em caminhos auto destrutivos. O início de todo relacionamento traz incertezas, o melhor é deixar fluir, colocar menos expectativas, focar nos pontos fortes da ligação. Sua energia sempre vai girar entorno daquilo que você coloca a sua atenção.

Se não temos como prever o que acontecerá, e nada se ganha ao projetar um passado frustrante ao futuro que é incerto, ao menos podemos sempre ponderar nossa atitude diante dos fatos. Em vez de se preocupar com o compromisso, o mais saudável é se ocupar em viver um dia de cada vez. Deixar o afeto respirar, é falta de oxigênio que acaba com a paixão. As feridas aos poucos vão cicatrizar, é só esperar mais um agosto passar...

A baixa auto-estima ou a visão negativa de si mesmo podem fazer com que uma pessoa duvide de sua capacidade de fazer alguém feliz, de levar uma vida boa e tranquila. E quem não se sente merecedor de amor, acaba sabotando os relacionamentos sem perceber.

Alain de Botton observa que algumas pessoas tem medo de serem amadas e reagem de forma negativa quando percebem que são correspondidas. Sabe a máxima de Groucho Marx: “Não entro pra clube que me aceita como sócio?” Pois é...

Cazuza também já se referiu ao amor e seus temores: “Dá um medo filho da puta: ser feliz, medo de amar, medo de ser bom. Tudo que faz bem pra gente, a gente tem medo.”

É o medo que impede o amor. E, ao contrário do que imaginamos, o amor que a gente busca está lá, à nossa procura também...

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso