Diário da Região

    • -
    • máx min
11/07/2018 - 00h14min

Coluna do Diário

Briga entre PSDB e PSB trava a Assembleia

Disputa eleitoral entre tucanos e o governador Márcio França atrapalha votações no parlamento

Divulgação/Alesp Deputados estaduais no plenário da Alesp nesta terça, 10: não podem entrar em recesso até votar LDO
Deputados estaduais no plenário da Alesp nesta terça, 10: não podem entrar em recesso até votar LDO

Unha e carne nos últimos quatro anos em São Paulo, PSDB e PSB estão se estranhando feio na Assembleia Legislativa. Em função da briga entre os dois partidos, os deputados ainda nem começaram o recesso parlamentar do meio de ano, que não pode ser iniciado sem a votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) de 2019.

Liderados pelo deputado estadual Marco Vinholi, de Catanduva, a bancada tucana trava não só a tramitação da LDO, mas outro projeto de interesse do governador Márcio França (PSB), o que extingue o Ipesp (Instituto de Pagamentos Especiais de São Paulo), que, por ironia, foi encaminhado por um tucano à Casa, o ex-governador Geraldo Alckmin, que deixou o cargo em abril para disputar à Presidência.

"A LDO faz alterações no PPA (Plano Plurianual) e cria projetos completamente eleitoreiros sem responsabilidade programática, técnica ou orçamentária", afirmou Vinholi nesta terça, 10, ao explicar os motivos da obstrução tucana.

O parlamentar catanduvense toca no cerne da briga entre os dois partidos: a eleição de outubro. PSDB E PSB racharam oficialmente em abril, com a saída de Alckmin do governo. As duas legendas não se acertaram para ter um único candidato à sucessão estadual. Há 24 anos com o cargo de governador, o PSDB se recusou a abrir mão do posto para apoiar França, que substituiu Alckmin e é candidato à reeleição.

Em represália ao lançamento de João Doria para ser seu rival na disputa, França fez um limpa de tucanos e aliados de cargos do governo. A obstrução na Assembleia é o troco do PSDB.

FRASE:

"A LDO faz alterações no PPA (Plano Plurianual) e cria projetos completamente eleitoreiros sem responsabilidade programática, técnica ou orçamentária"
Marco Vinholi, deputado estadual de Catanduva e líder da bancada do PSDB na Assembleia Legislativa de São Paulo, ao falar da obstrução que o partido dele está fazendo contra a votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO), enviado pelo governador Márcio França (PSB). Tucanos e França, passaram de aliados a rivais hostis em virtude da eleição que se aproxima

Na rede

Reprodução/Facebook

Endereço impróprio

Circula nas redes, cartaz (foto) da Prefeitura de Guaratinguetá para divulgar exposição sobre a Revolução Constitucionalista de 1932, em São Paulo. Chamou a atenção o endereço onde foi realizada: avenida Presidente Vargas, ditador que motivou e sufocou o levante paulista.

Já vi esse filme

Pré-candidato a deputado federal pelo Podemos, o empresário Kawel Lotti já fez um programinha nas redes sociais para se apresentar ao eleitorado. Bem ao estilo de programas tradicionais do gênero, inclui até cenas de café-da-manhã entre o pré-candidato, a mulher e os filhos.

Com Moro

O empresário Olavo Tarraf compartilhou vídeo do comentário de Marco Antonio Villa, na rádio Jovem Pan, em defesa do juiz Sérgio Moro, que peitou a ordem do desembargador Rogério Favreto, do Tribunal Regional Federal de Porto Alegre, para soltar Lula. Há quem defenda punição para o juiz da Lava Jato por ter desrespeitado um superior. "O Brasil está com Moro", bradou Villa, que é rio-pretense.

É briga!

Rolou treta no grupo de WhatsApp criado pela equipe do pré-candidato do PSDB ao governo de São Paulo, João Doria, para conversar com jornalistas. Começou com a piadinha "Vamos atualizar quem conseguiu voltar para casa". As opções eram Messi, Cristiano Ronaldo, Neymar, os meninos na caverna (na Tailândia) e Lula. "Isso aqui vai seguir sendo um grupo de imprensa ou de falta de respeito e ataque político? Só pra gente saber", respondeu alguém que não gostou da brincadeira.

Velha senhora

O PSOL anuncia que Luíza Erundina, de 83 anos, deputada federal pelo partido, desembarca em Rio Preto no próximo dia 20.

 

notas

Marcelo Camargo/Agência Brasil Aloysio: PF investiga se ele recebeu vantagens indevidas da empreiteira
Aloysio: PF investiga se ele recebeu vantagens indevidas da empreiteira

Refresco

O ministro Aloysio Nunes (Relações Exteriores) costuma levar bolada de todos os lados - à esquerda pelo que é e à direita pelo que foi. Mas começou a semana com elogios. Pesquisador do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap), o cientista político Mathias Alencastro escreveu em sua coluna na segunda, 9, na "Folha de S.Paulo" que o "Itamaraty é o último ministério digno do governo Temer".

Refresco 2

Alencastro enalteceu a decisão do ministro rio-pretense (foto) de acatar recente condenação de corte internacional contra o País pelo pouco caso em esclarecer o assassinato do jornalista Vladimir Herzog por agentes de ditadura militar em 1975; pela "perspectiva aberta e liberal" em relação à migração de estrangeiros; pelo "compromisso do Itamaraty com a igualdade de gênero" e até por ter marcado posição, diante do vice-presidente dos EUA, Mike Pence, sobre sanções contra a Venezuela que não sejam multilaterais.

De saída

Marcos Cardoso, chefe de gabinete de Jean Dornelas (PRB), deixou o cargo. Candidato a vereador em 2016, ele afirma que pretende seguir com seus projetos políticos. Também deve deixar o PRB em breve.

 

Governo confirma Vilela no Trânsito

O secretário de Governo de Rio Preto, Jair Moretti, confirmou, nesta terça-feira, 10, que José Antônio Vilela vai assumir cargo de assessor na Secretaria de Trânsito e Segurança. Ele foi indicado pelo vereador Fábio Marcondes (PR), que oficialmente agora entra na base do governo de Edinho Araújo (MDB) na Câmara. Vilela, que foi secretário de Trabalho no segundo mandato de Valdomiro Lopes (PSB), será assessor de Mobilidade Urbana. O cargo era ocupado por Amaury Hernandes, que passou a secretário com a saída de Marcos Apóstolo da pasta. Marcondes deve indicar mais dois nomes na mesma secretaria, que também é responsável pela Guarda Municipal.

Curtas

Johnny Torres 4/1/2018  secretária de Esportes Cléa Bernardelli
secretária de Esportes Cléa Bernardelli

Recurso - O vereador Francisco Júnior (DEM) apelou contra decisão da Justiça que o condenou a 20 dias de prisão - pena convertida em multa - por omissão em caso de desvio de recurso do auxílio-atleta quando era secretário de Esportes de Rio Preto. Júnior deixou de tomar providências ao saber que um técnico ficava com parte do dinheiro destinado a jogadoras de vôlei. O processo vai agora para o Tribunal de Justiça de São Paulo.

Começou - Falando em auxílio-atleta, a Polícia Civil deu início a indiciamentos no inquérito sobre irregularidades no programa. Conforme o Diário revelou na semana passada, 22 pessoas que receberam o benefício entre 2009 e 2016 serão indiciadas. A "fila" começa com esses atletas. O indiciamento da atual secretária de Esportes, Cléa Bernardelli (foto), e de ex-secretários da pasta no período deve ocorrer em agosto.

De fora - A iniciativa de Fábio Marcondes (PR) em apoiar Rodrigo Garcia (DEM), cotado para ser vice do pré-candidato a governador João Doria (PSDB), parece ter desagrado, e muito, o ex-prefeito Valdomiro Lopes, do partido do governador Márcio França, candidato à reeleição contra Doria. Irmão do vereador de Rio Preto perdeu cargo na CDHU, onde antes reinava Rodrigo Garcia.

Sempre a luta de classes - Partido de extrema esquerda, que tenta organizar politicamente os favelados da cidade, o PSTU emitiu nota nesta terça, 10, contra ação da Prefeitura de derrubar barracos na favela do Brejo Alegre (leia mais na pág. 1B). "O governo Edinho/MDB deu uma demonstração que está disposto a travar uma guerra contra os pobres para garantir os interesses da especulação imobiliária em Rio Preto", atacou.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso