Diário da Região

    • -
    • máx min
05/07/2018 - 00h30min

Coluna do Diário

'Inaugurado', Partec vai consumir mais R$ 38 mi

Entregue, por R$ 105 milhões, em 2016, parque ainda precisa de infraestrutura básica para funcionar

Ivan Feitosa/Prefeitura de Rio Preto O secretário de Planejamento, Israel Cestari, durante evento nesta quarta, 4, em que
O secretário de Planejamento, Israel Cestari, durante evento nesta quarta, 4, em que "anunciou" as obras

O rio-pretense não precisa se surpreender se, assim como ocorreu com o novo Fórum, o Parque Tecnológico (Partec) for inaugurado mais de uma vez. Em encontro com empresários na manhã desta quarta-feira, 4, no parque, o secretário de Planejamento de Rio Preto, Israel Cestari, anunciou "em primeira mão" para quem o ouvia que o prefeito Edinho Araújo (MDB), que também estava presente, vai destinar R$ 30 milhões (dos R$ 203,7 milhões que vai pegar de empréstimo da Caixa Econômica) para dotar o local da infraestrutura necessária para que empresas possam se instalar ali. Na conta não estão incluídos outros R$ 8 milhões para a construção de um emissário de esgoto para atender aquela região da cidade.

Quem acompanha o noticiário com um pouco de atenção sabe, no entanto, que o Parque Tecnológico foi inaugurado com pompa e circunstância em 30 de dezembro de 2016, a dois dias de o ex-prefeito Valdomiro Lopes (PSB) entregar o cargo para Edinho após oito anos de gestão. Vale ressaltar que quando Valdomiro "inaugurou" o Partec, anunciando um investimento de R$ 105 milhões, o projeto já se arrastava havia 10 anos - ou seja fora iniciado na gestão anterior do mesmo Edinho.

Um ano e meio depois de "inaugurado", o parque vai consumir mais R$ 38 milhões para ficar pronto. Fica a torcida para que as obras complementares não demorem mais 10 anos. Se assim ocorrer pode ser que Valdomiro o inaugure outra vez, já que é voz corrente no meio político que ele pretende disputar a Prefeitura novamente em 2020. Enquanto isso, o jeito para os empresários que querem se instalar no Partec é esperar.

Frase:

"A sentença mostra negligência da empresa e da Prefeitura sobre uma questão que poderia ser facilmente resolvida com a realização dessas obras de acessibilidade. Preferiram que o caso fosse para o Judiciário e ainda foram condenados a pagar indenização"
Sérgio Clementino, promotor de Justiça, autor da ação que obriga Prefeitura e Constroeste a realizar as obras de acessibilidade no complexo de viadutos da zona norte, entregue sem elas em 2016

Na Rede

Reprodução/Facebook

Deputado detona Datena

Mal anunciou a pré-candidatura ao Senado pelo DEM, o apresentador de TV José Luiz Datena já é alvo de ataque. O deputado federal Ivan Valente (PSOL-SP) abalou-se até a tribuna da Câmara (foto) para criticá-lo. Desencavou declaração dada pelo apresentador em entrevista de 2012 ao site UOL na qual declara que seria "um péssimo político".

Datena apoia Alckmin

Da coligação que apoia a pré-candidatura do PSDB ao governo de São Paulo, na figura de João Doria, Datena estendeu o apoio ao pré-candidato do partido à Presidência, Geraldo Alckmin. A equipe do tucano não perdeu tempo e jogou vídeo com o depoimento do apresentador na campanha de Alckmin nas redes.

Nu na cidade

Um clima de Copa contagia Tanabi, mas nada tem ver com os jogos do Brasil na Rússia, e sim com processo contra prefeito Norair Silveira (PSB) em curso na Câmara. Nas redes, falam até de apostas entre quem está convicto da cassação e aqueles que acham que o prefeito vai vencer a parada. Uma delas, diz um internauta, obriga o perdedor a circular pelado pela cidade.

Filho ilustre

Falando em Tanabi, o deputado federal Rodrigo Garcia (DEM), cotado para ser candidato a vice-governador do Estado, não esqueceu de dar os parabéns ao município onde ele nasceu e que completou 136 anos de fundação nesta quarta, 4.

Vivo, não

Defensores da causa animal fazem campanha na internet para aprovação de projeto na Assembleia Legislativa de São Paulo que proíbe o transporte de carga viva no Estado. O deputado rio-pretense João Paulo Rillo (PSOL) se aliou à causa. Nesta quarta, 4, ele conseguiu aprovar urgência para apressar a votação da proposta pelo plenário da Casa.

Notas

Johnny Torres 4/1/2018 Cléa, que voltou ao posto no governo Edinho
Cléa, que voltou ao posto no governo Edinho

Pai zeloso

O PSD não tem dúvida de que o prefeito Edinho Araújo defenestrou Marcos Apóstolo da Secretaria de Trânsito para prejudicar o vereador Renato Pupo, que é pré-candidato a deputado estadual pelo partido e concorrente direto de Edinho Filho, MDB como o pai. Da mesma que está convencido de que Ulisses Ramalho não terá o mesmo destino em Serviços Gerais só porque o vereador Pedro Roberto, do PRP que indicou Ulisses, é pré-candidato a deputado federal e deve fazer dobradinha com... Edinho Filho.

Ligando o fogão

Se na terça, 3, o gabinete dizia que o prefeito tem confiança total na secretária de Esportes, Cléa Bernardelli (foto), que está na iminência de ser indiciada pela polícia acusada de fraudes no Programa Auxílio-atleta; ontem, de viva voz, Edinho já falava em "analisar o caso".

Nada muda

O prefeito de Bálsamo, Carlos Eduardo Carmona (MDB), o Du (PMDB), disse nesta quarta, 4, que vai manter o diretor de imprensa Luiz Carlos Correa, réu acusado de injúria racial e ofensa à integridade física de um advogado em Tanabi, conforme reportagem publicada pelo Diário. "Não estava nem sabendo. Você que me contou. Vou esperar julgar. Por enquanto permanece como está", afirmou Du à Coluna.

CPI terá depoimentos durante recesso

A CPI da Emurb terá novos depoimentos a partir da próxima semana, mesmo com a Câmara em recesso. O presidente da comissão, Marco Rillo (PT), afirmou que membros da conselho de finanças da Emurb serão os primeiros convocados. A intenção da CPI é saber se o repasse de R$ 350 mil para implantação da Área Azul digital foi aprovado pelo conselho. Gerson Furquim (PP), que é relator, e Celso Peixão (PSB) também fazem parte da CPI. Rillo já está convencido de que o aporte foi usado para pagar salários, o que pode resultar em processo de cassação contra o prefeito Edinho Araújo (MDB). A abertura de eventual comissão processante depende de aprovação da Câmara.

Curtas

Johnny Torres/Arquivo Francisco Júnior durante sessão na Câmara de Rio Preto; apuração incluiu mandados de busca e apreensão
Francisco Júnior durante sessão na Câmara de Rio Preto; apuração incluiu mandados de busca e apreensão

Pacote de bondades - O governador Márcio França (PSB), pré-candidato a continuar no posto, anunciou novos polos da Universidade Virtual do Estado de São Paulo (Univesp) para a região de Rio Preto. Segundo ele, as cidades contempladas são Bady Bassitt, Ibirá, Nova Granada, Ouroeste, Catanduva e Urupês. França afirmou ainda que assinou no último dia 28 a liberação de R$ 26 milhões em convênios para municípios da região.

Devolve - A Justiça Eleitoral de Rio Preto determinou a devolução de materiais apreendidos, como documentos e dados de computador, no gabinete do vereador Francisco Júnior (foto) durante operação da Polícia Federal. Júnior foi investigado pela PF por suspeita de compra de votos na campanha eleitoral de 2106. Agora, o processo vai retornar para parecer final do Ministério Público.

Confirmado - A Prefeitura de Rio Preto publica nesta quinta-feira, 5, no diário oficial do município, decreto que determina fechamento de órgãos públicos a partir das 13h na sexta, 5, quando o Brasil joga contra a Bélgica pela Copa do Mundo. Unidades de saúde e escolas também irão fechar nesses horários. No caso da Saúde, apenas as UPAs permanecem abertas. Se o Brasil passar, na terça, o expediente também encerra às 13h.

Tirando a prova - O promotor Carlos Romani cita nominalmente o diretor do Departamento de Administração Fiscal e Tributária, Pedro Facuri Junior, no pedido de explicações que enviou para o prefeito Edinho Araújo se o município recolhe ou não ISS da empresa que aluga radares de trânsito para a Prefeitura de Rio Preto. Romani está na dúvida, já que há duas respostas diferentes sobre a pergunta, ambas assinadas por Facuri.

Caçamba vazia

Colaboração do leitor A interdição de pista da já engarrafada rua Silva Jardim, no centro de Rio Preto, por causa de uma caçamba vazia, revoltou motoristas e moradores da região nesta quarta, 4. Segundo a Prefeitura, a situação é regular
A interdição de pista da já engarrafada rua Silva Jardim, no centro de Rio Preto, por causa de uma caçamba vazia, revoltou motoristas e moradores da região nesta quarta, 4. Segundo a Prefeitura, a situação é regular

A interdição de pista da já engarrafada rua Silva Jardim, no centro de Rio Preto, por causa de uma caçamba vazia, revoltou motoristas e moradores da região nesta quarta, 4. Segundo a Prefeitura, a situação é regular.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso