Diário da Região

    • -
    • máx min
11/07/2018 - 00h21min

Investigação

Acareação expõe omissão na Emurb, diz CPI

Comissão também aponta descontrole em talões usados para cobrar Área Azul

Divulgação/Câmara Rio Preto Servidoras da empresa pública municipal durante depoimento na manhã desta terça-feira na Câmara de Rio Preto
Servidoras da empresa pública municipal durante depoimento na manhã desta terça-feira na Câmara de Rio Preto

Nova acareação entre funcionárias da Emurb nesta terça-feira, 10, revelou omissão e falta de controle em estoques de talões da Área Azul, segundo CPI que investiga a empresa pública na Câmara de Rio Preto. As duas funcionárias já haviam sido ouvidas pela comissão, mas foram chamadas novamente em virtude de divergências nos seus depoimentos.

A CPI ouviu a assessora administrativa Marta Cilene Israel e Maria Madalena Carvalho Aidar, supervisora administrativa da Emurb. Maria Madalena foi apontada como a responsável por encaminhar e-mail para as empresas que participaram da licitação da Área Azul digital, considerada uma fraude por sindicância da Prefeitura e motivo de ação de improbidade movida pelo Ministério Público contra a ex-presidente da empresa Vânia Pelegrini, cujo escândalo fez com que ela deixasse o cargo, em janeiro.

Em depoimento anterior, Marta negou ter enviado os e-mails. Em sindicância da Prefeitura, ela chegou a apontar que o empresário Wagner Costa, dono da empresa que ganhou a licitação, tinha acesso remoto aos computadores da Emurb e que ele poderia ter disparado os convites.

Outras empresas convidadas para a licitação eram de parentes do secretário de Desenvolvimento Econômico Liszt Abdala, outro que deixou o cargo em meio ao escândalo. O contrato com Wagner foi rescindido e o aplicativo não entrou em operação. Wagner nega que tenha disparado os e-mails. Ele também nega fraude na licitação, apesar de ter afirmado que desde início de 2017 já desenvolvia o aplicativo. Ele ganhou a licitação, com proposta de R$ 79 mil, em julho do ano passado.

No depoimento desta terça, Maria Madelena voltou a negar que tenha encaminhado os convites. O presidente da CPI, Marco Rillo (PT), questionou por qual motivo ela não tomou providências quando as empresas responderam o e-mail que partiu da sua máquina. Ela afirmou que por "inexperiência do cargo, percebeu que tinha um e-mail que ela não emitiu".

"O que acontece é que houve omissão. Se a pessoa não encaminhou o convite, deveria ter procurado se informar (porque recebeu as respostas). Tudo era uma bagunça", afirmou o petista.

O controle no almoxarifado era feito por Marta Cilene. Maria Madalena ficou no lugar dela durante o período de férias. Segundo a CPI, ambas não souberam detalhar como era feito o controle dos talões de Área Azul, que ficavam com o chefe de fiscalização do serviço, Anilto Alves. "Não tinha controle correto de entrada e saída", disse o presidente da CPI.

 

Empresárias são chamadas

A CPI da Emurb marcou para sexta, 13, nova rodada de depoimentos. Proprietárias de duas empresas que participaram da licitação da Área Azul digital serão convocadas pela comissão. Liszeila Reis Abdala, irmã do ex-secretário Liszt Abdala (Desenvolvimento), e Fany Cristina Warick, mulher de Liszt, deverão esclarecer a participação na licitação.

O presidente da comissão, Marco Rillo (PT), adianta que irá questionar, por exemplo, quais trabalhos semelhantes elas teriam desenvolvido anteriormente para justificar o convite à concorrência. "São empresas de telefonia", afirmou o petista. Liszeila é dona da Marbel, e Fanny, de empresa que leva seu próprio nome. A comissão ainda apura o destino de R$ 350 mil aprovados pela Câmara para o aplicativo. A suspeita é de que parte do recurso tenha sido desviado para pagar salários, o que resultaria em comissão processante contra o prefeito Edinho Araújo (MDB).

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso