Diário da Região

    • -
    • máx min
05/07/2018 - 00h30min

América x Rio Preto

Torcedores levam dérbi da cidade a solo russo

Torcedores do Rio Preto e América levam camisas e bandeiras para acompanhar o Mundial

Arquivo Pessoal Torcedor do América na Rússia tira foto com torcedor do clube homônimo carioca
Torcedor do América na Rússia tira foto com torcedor do clube homônimo carioca

Se dentro de campo a situação não está fácil para os torcedores de Rio Preto e América, amargando participações na 3ª e 4ª divisão do Paulista, respectivamente, fora dele a paixão dos aficionados chegou à Copa do Mundo da Rússia. Torcedores levaram camisas e bandeiras dos clubes rio-pretenses ao país do Mundial. 

"Morei perto do Anísio Haddad e quando criança meu pai me levava aos jogos. Sempre acompanhei o clube e sou fã", comentou o torcedor do Jacaré, Helio Bergantini Neto, de 23 anos. O estudante do quarto ano de medicina da Famerp leva sua camisa esmeraldina em todos os lugares da Rússia para tirar fotos e registrar os momentos no país da Copa.

Ele chegou na Rússia dia 26 de junho e acompanhou o empate por 2 a 2 entre Suíça e Costa Rica, em Nizhny Novgorod, a vitória do Brasil sobre o México por 2 a 0 em Samara e vai assistir a Brasil e Bélgica nesta sexta-feira, 6, em Kazan.

Para estar na Copa, o rio-pretense passou por "perrengues" na viagem, como dormir pouco durante os traslados e não ter água quente onde está hospedado, mas ao menos se preparou para estar no país. "Estudei a história da Rússia, a cultura em geral e a língua. Sei ler russo, mas não o vocabulário completo, mas está dando para me virar", comentou o estudante. "Estudei bastante sobre cada cidade e já vou sabendo história e as particularidades de cada uma enquanto as visito", completou.

Segundo Helio, os estrangeiros que vivenciam a Copa não podem ver um brasileiro que já querem registrar o momento. "Estou sempre com a cara pintada, bandeira e chapéu, e tiro umas 600 fotos por dia. Todo mundo quer tirar foto, chega, abraça, seja idoso ou criança, os estrangeiros amam os brasileiros", falou o torcedor.

Americanos

O torcedor americano Rafael Alves Góes, 38, também fez questão de andar com o manto do Rubro enquanto esteve no país da Copa. Rio-pretense e morador do Rio de Janeiro há cinco anos, ele já está de volta ao Brasil após ter visto oito partidas.

"Sempre bom levar a cidade com a gente. Usei a camisa pois o América fez parte de toda minha vida. Todos em casa são americanos e temos cadeira cativa no estádio desde a época do Mario Alves Mendonça", comentou o advogado. Alguns cariocas identificaram a camisa pelas semelhanças com o time homônimo do Rio de Janeiro. 

Para Rafael, o jogo mais legal que viu foi a vitória do Brasil sobre a Sérvia por 2 a 0, na última rodada da 1ª fase. "Como era o jogo da classificação foi emocionante. E como era em Moscou, a cidade estava em clima de festa", falou.

(Colaborou Victor Stok)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso