Diário da Região

    • -
    • máx min
04/07/2018 - 00h30min

MERCADO

Importações derrubam saldo comercial

Exportações superaram o total de importações no País em US$ 30,1 bilhões

EBC Compra de bens de capital cresceu 53%, o que demonstra perspectiva de aumento na produção das indústrias
Compra de bens de capital cresceu 53%, o que demonstra perspectiva de aumento na produção das indústrias

A economia aquecida aumentou a demanda brasileira por produtos do exterior e derrubou o saldo da balança comercial do País no primeiro semestre. O valor foi afetado ainda pela greve dos caminhoneiros, que prejudicou as exportações. As exportações superaram as importações em US$ 30,1 bilhões, valor 17% menor do que o registrado no primeiro semestre do ano passado. Ainda assim, o saldo foi o segundo maior da história para o período, atrás apenas do primeiro semestre de 2017 - US$ 36,2 bilhões.

No primeiro semestre, as importações subiram 17,2%. A compra de bens de capital cresceu 53%, o que demonstra perspectiva de aumento na produção das indústria, já que são bens utilizados na fabricação de outros produtos. Junho foi o 11.º mês consecutivo de crescimento nas importações de bens de capital no País.

As exportações aumentaram 5,7% de janeiro a junho, puxadas, principalmente, pela venda de produtos manufaturados, que subiu 9,1% enquanto produtos básicos tiveram alta de 4,6% e semimanufaturados, de 0,5%.

"Temos competitividade em alguns produtos importantes da nossa pauta de manufaturados, como aviões, máquinas e equipamentos e setor automotivo. É reflexo desse empenho exportador que vem crescendo ao longo dos anos", completou o secretário de Comércio Exterior, Abrão Neto.

Para ele, a alta do câmbio ainda não se reflete no aumento das exportações, porque, como se trata de contratos de longo prazo, há atraso nesse impacto. "O aumento das exportações é a continuidade do que vínhamos observando desde 2017."

A paralisação dos caminhoneiros no fim de maio ainda afetou as exportações nas duas primeiras semanas de junho. Enquanto a média das vendas ao exterior vinha acima de US$ 1 bilhão por semana, nas duas primeiras semanas do mês passado o valor médio foi de US$ 775 milhões. Nas duas últimas semanas de maio, a média foi menor, de US$ 670 milhões. "Já tivemos retomada nas exportações no fim de junho", afirmou o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, Marcos Jorge.

Nas importações, o impacto foi sentido na primeira semana de junho, quando o valor semanal passou da média de US$ 700 milhões para US$ 404 milhões. O número voltou ao patamar regular já na semana seguinte. Para o economista-chefe do banco Fator, José Francisco de Lima Gonçalves, a desaceleração da economia, combinada à desvalorização do real deve reduzir o vigor das importações. "A economia já não cresce como antes e isso tem impacto importante."

Exportação de serviços

As exportações brasileiras de serviços somaram US$ 29,8 bilhões em 2017, registrando um crescimento de 60% em relação a 2016. Já as importações somaram US$ 42,9 bilhões, o que fez com que o comércio exterior de serviços tivesse, no ano passado, um resultado negativo de US$ 13,1 bilhões. Isto representa uma redução de 47,6% em relação a 2016, quando o déficit foi de US$ 25 bilhões.

"Nas exportações, revertemos uma tendência de queda que era observada há alguns anos. Em 2014, as vendas externas brasileiras de serviços somaram US$ 20,8 bilhões; em 2015, US$ 18,9 bi; e, em 2016, US$ 18,6 bi", explicou o secretário de Comércio e Serviços do MDIC, Douglas Finardi.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso