Diário da Região

    • -
    • máx min
12/07/2018 - 00h30min

RETRABALHO

Empreiteira tem que refazer calçamento na avenida Andaló

Calçamento de trecho da Andaló foi recolocado para adequação de nível

Guilherme Baffi 11/7/2018 Funcionários trabalham na recolocação do calçamento na avenida Andaló, entre a Marechal e a Jorge Tibiriçá
Funcionários trabalham na recolocação do calçamento na avenida Andaló, entre a Marechal e a Jorge Tibiriçá

Comerciantes e pessoas que passam pela avenida Alberto Andaló, em Rio Preto, reclamam que o calçamento do passeio entre as ruas Marechal Deodoro da Fonseca e Jorge Tibiriçá está sendo refeito pouco tempo depois de ser concluído. Nesta quarta-feira, 11, funcionários da Constroeste - empresa responsável pela obra dos corredores de ônibus - estavam retirando e empilhando os blocos.

A Prefeitura confirmou o retrabalho, e informou que os passeios tiveram que ser refeitos para se adequarem aos novos níveis de guia e sarjetas e que não será acrescido valor à execução.

"Tenho um comércio e vi que fizeram uma calçada na Andaló muito bem feita. Agora desmancharam para fazer de novo. Esse dinheiro é meu, é seu, é nosso. Esse erro quem paga sou eu, você, todo mundo", afirmou um comerciante que preferiu não ter o nome divulgado.

A vendedora Ivani Laguna, 40 anos, reclama que a construção do passeio "nunca tem fim. Eles colocam, tiram, levanta esse poeirão. Quem sofre somos nós que precisamos pegar ônibus aqui na Andaló. Se começassem e acabassem e aí partissem para outra calçada... mas não, começam tudo junto. É só olhar esse quarteirão, o da frente, o outro. E não terminam. Agora, estão refazendo".

O metalúrgico Altair Rodrigues Lima, 58 anos, concorda com o comerciante ao afirmar que refazer a calçada é "gastar o dinheiro público, que é nosso e poderia ser investido em outras coisas como na Saúde. Nos postinhos faltam remédios e eles quebrando calçada nova".

Em nota, a Secretaria de Obras confirmou que estão sendo reconstruídos os trechos executados na avenida Alberto Andaló, da rua Jorge Tibiriçá à rua Marechal Deodoro, totalizando 200 metros de ambos os lados. "Os passeios tiveram que ser refeitos para adequar aos novos níveis de guia e sarjetas. Após verificação da ausência da reconstrução de guias e sarjetas na implantação dos novos passeios acessíveis, houve necessidade de inclusão desses serviços".

A pasta diz ainda que não será preciso refazer os passeios em nenhum outro ponto e que não será acrescido valor à execução. "A empresa atenderá a exigência da fiscalização de refazer os trechos neste local e nos demais locais que porventura estiverem fora do padrão. Sem custos adicionais", afirma na nota.

O nivelamento das guias em conjunto com os passeios públicos será realizado em toda a extensão da avenida Alberto Andaló, entre a rua Tiradentes e Marginal Comendador Vicente Filizola. A Prefeitura nega que houve erro. "Reiteramos que o nivelamento das guias junto ao passeio público não se trata de uma 'correção' de serviços, apenas uma adequação necessária à boa execução dos novos passeios públicos, uma vez que as guias e passeios existentes inviabilizariam o atendimento aos requisitos de acessibilidade exigidos".

A Constroeste, até o fechamento desta edição, não se manifestou sobre o assunto.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso