Diário da Região

    • -
    • máx min
21/06/2018 - 00h30min

SIRVA-SE

Iguarias para deixar seu "arraiá" ainda mais saboroso

Quentão de hibisco, pamonha na brasa, pudim de mandioca e pipoca de churros são algumas das iguarias para deixar o arraiá ainda mais saboroso

Samuel Amorim/Divulgação Pamonha Braseada, acompanhada de churrasco de picanha, farofa, vinagrete e patê de alho
Pamonha Braseada, acompanhada de churrasco de picanha, farofa, vinagrete e patê de alho

O mês de junho é famoso pelas tradicionais festas juninas. E quando falamos nessas comemorações logo vem à mente os deliciosos quitutes que não podem faltar, como quentão, chocolate-quente, pipoca, bolo de fubá, pamonha, canjica e milho verde, entre tantos outros pratos típicos.

Se está pensando em organizar um arraiá daqueles nos próximos dias, que tal arriscar novas receitas ou releituras de quitutes juninos? O quentão, por exemplo, é um clássico, mas que foi reinventado pela Magrass, em Rio Preto, a sugestão é preparar a bebida com hibisco e sem álcool. "Festas tradicionais são uma delícia, mas muitas receitas saem das restrições alimentares de algumas pessoas ou mesmo do propósito de alimentação, nem por isso ficarão de fora da festa. É possível adaptar receitas e manter o sabor, destaca a nutricionista da Magrass Rio Preto.

A pamonha tradicional já é irresistível, agora já imaginou saborear uma pamonha na brasa com picanha? No Quintal Food Park, o prato está disponível no Brasaria. "Pensamos em uma forma de homenagear um prato tão característico da festa junina e trazer para a brasa. O sabor é único e degustado acompanhado da picanha vira uma festa na boca, destaca Jerry Cassiano, proprietário do food truck.

Uma sobremesa que com certeza irá fazer muito sucesso é o pudim de mandioca. A sugestão é de Claudia Baffi Pelliciotta, do Café da Colônia - Delícias da tradição paulista, em Uchoa. "É uma receita tradicional, um autêntico 'quitute rural paulista' faz parte da minha garimpagem inicial de receitas do Café, servimos aqui desde o início", afirma.

A pipoca é um dos petiscos mais apreciados nas festas juninas e pode ser reinventada de diversas fomas. Que tal dar upgrade na sua pipoquinha? A pipochurros é preparada com leite ninho e canela, a iguaria é vendida em eventos da Apae Rio Preto, como festa junina e festival gastronômico. Ficou com água na boca? Então, confira as receitas.

Quentão de hibisco

Ingredientes

  • 1,5 de água quente
  • 2 colheres de sopa de flores secas de hibisco
  • 1 colher de sopa de gengibre em pó
  • 2 canelas em pau
  • 1 colher de sopa de cravo

Modo de preparo

  • Misture tudo e saboreie!

Fonte - Magrass, em Rio Preto

Pudim de Mandioca

Divulgação Pudim de Mandioca, do Café da Colônia - Delícias da tradição paulista, em Uchoa
Pudim de Mandioca, do Café da Colônia - Delícias da tradição paulista, em Uchoa

Ingredientes

  • 6 ovos inteiros
  • 1 xícara de chá de leite
  • 1 colher de sopa de farinha de trigo
  • 3 colheres de sopa de manteiga

Modo de preparo

  • Bata todos os ingredientes e reserve. Misturar aos ingredientes já batidos, 2 xícaras de chá de mandioca ralada (crua); 1 xícara de chá de coco ralado; 2 1/2 xícaras de açúcar refinado. Colocar a mistura em uma forma caramelizada (fazer calda com 1 xícara de açúcar e 1/2 xícara de água). Assar em banho-maria, em forno a 180º de 60 a 80 minutos.

Fonte - Café da Colônia - Delícias da tradição paulista, em Uchoa

Pipoca de Churros

Divulgação Pipoca de Churros, da Apae Rio Preto
Pipoca de Churros, da Apae Rio Preto

Ingredientes

  • 1 copo americano de açúcar refinado
  • 1 copo americano de milho para pipoca
  • 1 copo americano de leite em pó
  • 1 colher de sopa de canela
  • 50 ml de óleo
  • 50 ml de água

Modo de preparo

  • Em uma pipoqueira, coloque o açúcar, a água, o óleo e a pipoca. Com a tampa fechada, misture até que todos os milhos virarem pipoca. Por causa do açúcar, tome cuidado para não queimar a pipoca. No fogão de casa, esse processo deve durar de 10 a 12 minutos. Com as pipocas ainda quentes, coloque em uma bacia e adicione o leite em pó e a canela. Misture com o auxílio de uma colher. Você pode servir ainda quente ou embalar em sacos plásticos.

Fonte - Rosangela Lima, educadora social da Apae Rio Preto

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso