Diário da Região

    • -
    • máx min
24/06/2018 - 00h00min

JUNINA FIT

Veja quais alimentos juninos não vão comprometer a sua dieta

Alimentos típicos juninos, passam por uma releitura, ganham roupagem menos calórica e continuam saborosos

pixabay/Divulgação Bandeiras
Bandeiras

Junho é aquele mês que a vontade de comer parece aumentar. Tudo porque as temperaturas começam a cair, tem Dia dos Namorados e Festas Juninas, recheadas de inúmeras tentações e aí que mora o perigo. Enquanto você comemora Santo Antônio, São João e São Pedro o ponteiro da balança sobe, certo? Nem sempre. Você sabia que não precisa sair da dieta ou pensar nas horas que vai ter que compensar na academia para aproveitar tudo isso? É possível fazer escolhas mais saudáveis e, ainda assim, deliciosas!

Segundo a nutricionista Sarah Warkentin, da Cia. da Consulta, no geral, devemos evitar alimentos ultraprocessados, como a paçoca e a salsicha, por conterem muito açúcar, gordura e sal, além dos alimentos fritos, como o pastel. "O ideal é optar por alimentos que foram feitos na hora, e não aqueles comprados e embalados para o consumo", comenta a nutricionista, que sugere: "Milho verde, pipoca, pinhão, bolos caseiros sem coberturas e amendoim são grandes aliados para aproveitar as festas juninas com moderação", diz.

Para Sarah a festa junina é uma celebração típica brasileira, e você não precisa deixar de aproveitar esses momentos sociais por achar que só vai encontrar tentações. "É possível fazer escolhas alimentares inteligentes e conscientes, priorizando as opções mais naturais, sem deixar de aproveitar essa época do ano com a família e amigos", garante.

Pé de moleque sem açúcar - Dani Gourmet, @danigourmetrp

Mara Sousa

Ingredientes:

  • 80 grs de amendoim sem sal
  • 2 colheres de sopa de pasta de amendoim
  • 30 grs de óleo de coco
  • 30 grs de açúcar de coco ou xilitol

Modo de preparo:

  • Misture o óleo e o açúcar em fogo baixo até dissolver os dois ingredientes juntos. Tire do fogo e acrescente a pasta de amendoim e o amendoim e coloque numa forma de silicone. Leve ao freezer por 1 hora e estará pronto.
  • *Segundo Daniela Carrazone essa receita é considerada saudável, pois é constituída com 80% de amendoim que é fonte de ácidos graxos (gordura do bem). "Ele fornece também grandes quantidades de potássio, magnésio e vitamina E, que é considerado um 'protetor do coração', pois contém nutrientes fundamentais para diminuir o colesterol LDL", diz.

Chocolate quente funcional (low carb), Lu Melazi, @Lumelazi

Lu Melazi/Divulgação Chocolate quente
Chocolate quente

Ingredientes:

  • 200 ml de leite de coco
  • 1 colher cheia de eritol
  • Pitada Canela e cardamomo em pó - opcional
  • 01 quadradinho de chocolate 85% opcional

Modo de Preparo:

  • Bater tudo no mixer. Colocar para ferver e assim que levantar fervura desligar e servir. Se preferir acrescentar 1 quadradinho de chocolate 85%.
  • Para a publicitária Lu Melazi o torno essa receita saudável é a ausência de açúcares que elevam os índices de glicose no sangue e o consumo de gorduras boas. “Low Carb não é dieta é estilo de vida”, diz.

Bolinho de mandioca recheado - Le Grand Chef, @lgchef

Le Grand Chef/Divulgação

Ingredientes:

  • 1 Xícara de chá de mandioca cozida e amassada
  • 1 Colher de sopa de óleo de coco
  • 2 Colheres de sopa de queijo parmesão ralado
  • Sal a gosto

Ingredientes (Recheio):

  • 200 g de carne moída magra
  • 1 Cebola picada
  • 1 Dente de alho amassado
  • 2 Colheres de sopa de purê de tomates
  • Sal a gosto

Modo de preparo:

  • Comece pelo recheio. Doure a carne moída em uma panela antiaderente. Junte a cebola, o alho, o purê de tomates e o sal e deixe cozinhar por 10 minutos. Misture a mandioca, o óleo, o queijo parmesão e o sal. Amasse bem até ficar uma massa firme. Pegue porções de massa e recheie com um pouco de recheio de carne. Feche bem e coloque em uma assadeira antiaderente untada com azeite ou margarina. Leve ao forno quente a 200 C por cerca de 30 minutos e retire do forno.

Na dúvida, escolha o milho!

O milho é uma das melhores opções tanto pela variedade com que pode ser utilizado - bolo de milho, milho na espiga, pipoca, pamonha e tantos outros - quanto pelos benefícios que pode proporcionar. "Este grão não possui glúten, sendo apropriado para indivíduos celíacos, e contém a tiamina, uma vitamina do complexo B importante para o funcionamento do sistema nervoso, dos músculos e do coração", indica Sarah. Ela também explica que o milho ainda auxilia no funcionamento do trato gastrointestinal por ser rico em fibras. "Outro prato típico à base de milho que se consome muito em festas juninas é a canjica, mas o ideal é ser cauteloso. Geralmente ela contém muito açúcar por conta da presença do leite condensado", alerta.

Aprenda a substituir

Kleber Lemechewsky, chef e sócio da Le Grand Chef, toda comida considerada junina, pode ser substituída. "A questão básica é diminuir a quantidade de açúcar ou substituir o açúcar (refinado ou cristal) por xilitol ou outro tipo de adoçante dietético", explica ele que continua: "O amendoim é um ingrediente que se adapta muito bem, como uma pasta ou até mesmo paçoca. Todos os derivados dos milhos são saudáveis também. Uma boa pamonha feita com menos açúcar pode resultar em uma ótima experiência. A junção de arroz integral pré-cozido, leite de coco e xilitol rende um bom arroz doce. E até mesmo os doces feitos a base de coco, sem açúcar ou feito com a substituição desse ingrediente, pode ser explorado por aqueles que querem curtir as festividades, sem perder o controle da dieta", reforça o chef.

Segundo Lemechewsky vale lembrar que a qualidade do alimento (quanto mais caseiro e natural, melhor) e a quantidade (não é porque o prato é fitness que pode comer tudo) interfere diretamente nos seus hábitos. "Como é o caso do bolinho de mandioca recheada. Apesar de ser um carboidrato, a mandioca não tem glúten, o recheio é de uma proteína magra, leva óleo de coco na composição e é assado. Com isso, ele acaba sendo uma opção saudável", enfatiza.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso