Diário da Região

05/06/2018 - 00h30min

Painel de Ideias

Copa amarelada

João Havelange, seu ex-presidente em 2013, e Ricardo Teixeira, presidente da Confederação Brasileira de Futebol, terminam acusados de suborno. José Maria Marin, que também exerceu este último cargo, está preso nos EUA por seis crimes de corrupção

Com a animação de um gandula vendo seu time perder de quatro a zero, aos trinta minutos da prorrogação, a Copa do Mundo 2018 começará dentro de nove dias.

Desânimo que se justifica. Todos, apreciadores externos, sabemos que cada partida começará com 11 jogadores de cada lado do campo: 22 no total. Dessa arena sairá vitoriosa aquela equipe que obtiver mais gols a seu favor. Mas, jamais saberemos quantos cartolas estão disputando cada uma dessas partidas, ou toda a Copa, e nem quais os critérios de vitórias que eles consideram convenientes para si e para os seus.

Há poucos dias, recebemos, surpresos, a revelação do dirigente FIFA Michel (não, não é o tal brasileiro, é só um xará) Platini afirmando que os organizadores da Copa do Mundo de 1998, ocorrida na França, manipularam os sorteios das chaves, para evitar que o Brasil cruzasse com time da casa antes do jogo final. A mesma final na qual Ronaldo, o nosso então "fenômeno", misteriosamente não jogou.

Ainda sobre esses mesmos organizadores, que compõem a FIFA (Federação Internacional de Futebol), pesa comprovações do FBI e da receita federal (Internal Revenue Service) americanos da prática de outras fraudes eletrônicas, extorsões e lavagens de dinheiro. João Havelange, seu ex-presidente em 2013, e Ricardo Teixeira, presidente da Confederação Brasileira de Futebol, terminam acusados de suborno. José Maria Marin, que também exerceu este último cargo, está preso nos EUA por seis crimes de corrupção; e esta mesma lista de cartolas envolve um time de 18 pessoas, ou seja, sete a mais do total permitido por seleção para que entre oficialmente em campo, ante os nossos olhos. Assim, aquilo que se passa por trás dos gramados oficiais, desanima-nos.

Tira-nos o entusiasmo também aquilo que se passa pela frente. Não apenas as idoneidades da Copa do Mundo e das seleções foram maculadas. No nosso caso, a própria camiseta oficial ou fake da CBF serviu de indumentária a um figurino tosco e equivocado. Manifestantes ensandecidos por um enganoso e conquistado impeachment vestiram nossa mágica camisa amarela para afagar um vendilhão do país. Bateram panelas e acariciaram patos patetas, cobrindo seu ódio com um símbolo da nossa paixão pelo futebol do país.

De quebra, o inexplicável resultado da derrota de nossa seleção por 7 x 1 contra a Alemanha, na última Copa, também dá asas à nossa imaginação, e não chega a ser um energético e estimulante motivo para que fiquemos empolgados com esta Copa.

Aparte isso, temos em nós todos os sonhos do mundo. Haverá Copa (a não ser que nos próximos dias culpem a Rússia por um arquitetado e secreto genocídio de cartolas), e haveremos de torcer, feito um bando de loucos, pelo futebol do Brasil, como sempre fizemos. A paixão, em sua essência, nunca se conciliou mesmo muito bem com a razão.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso