Diário da Região

06/06/2018 - 23h42min

Cartas do Leitor

Câmara-1

Quem não deve não teme! Na sessão da Câmara Municipal de 5/6/2018 em São José do Rio Preto, eu como cidadão indignado com os vereadores que votaram contra a prorrogação das CPI da Emurb e da CPI do Tapa-buraco, me manifestei pedindo que o prefeito Edinho nomeasse uma sindicância interna para apurar as medições dos tapa-buracos de um apadrinhado do vereador Paulo Pauléra, que assinou a autorização para fechar um buraco de rua com 571 metros quadrados.

O vereador citado acima partiu para ofensas pessoais, inclusive citando minha mãe que infelizmente já é falecida, e até fazendo gestos me chamando para brigar. Queria que o senhor soubesse, vereador, que a cada dia sua máscara cai e você mostra a sua cara. A minha manifestação não foi ataque pessoal, mas como cidadão eu tenho o direito de saber onde vai o dinheiro dos impostos que pagamos.

Senhores eleitores deste vereador, peço que vocês acompanhem o seu representante, para que saibam quem vocês colocaram na Câmara Municipal. Meu nome é Wilson Rodrigues um cidadão indignado com as mazelas que acontecem em nossa cidade.

Quem não deve não teme! #VamosMudarNossaCidade

Wilson Rodrigues, Rio Preto.

Câmara-2

Tudo está confuso, uma verdadeira baderna a política de nossa cidade. O Executivo, Legislativo e mesmo o Judiciário são de uma insatisfação geral da população. Vereadores comprometidos com a desonestidade desde o início do mandato. Até agora ninguém foi punido, o que nos faz entender que a justiça se faz de cega.

A Câmara de Rio Preto é exemplo vivo do desrespeito, das manobras, da malandragem, faltando capacidade intelectual, experiência política, equilíbrio emocional. Pior, falta conhecimento dos temas que abordam a maioria dos vereadores que querem aproveitar o máximo das regalias votadas por eles e para eles mesmos, ignorando as prioridades da população e principalmente da cidade.

Exemplo gravíssimo foi a votação das CPIs do Tapa-buraco e Emurb. Vergonhosamente, sempre os mesmos vereadores votando contra, abafando o respeito, a honestidade e a verdade, para prevalecer do toma lá dá cá, compactuando com ex-prefeito e o atual prefeito, colocando apadrinhados sem a mínima experiência, aumentando o cabide de emprego. Com isso, nosso dinheiro está indo para o ralo. Por essas e outras na hora da votação tem que se pensar muito! Não jogando lixo nas urnas.

Maria de Lourdes Perini Gonçalves, Rio Preto.

Caminhoneiros

A greve dos caminhoneiros nos traz itens de reflexão. Primeiro, se é greve ou locaute; o caráter político conservador ou progressista do movimento; os exemplos anteriores no Brasil e o histórico caso do Chile em 1972. Uma greve dos caminhoneiros durou 26 dias agravou a crise econômica pela qual passava o país, incendiou diversos outros movimentos grevistas e culminou no que seria o golpe de Estado que retirou do poder o então presidente Salvador Allende.

As reivindicações dos caminhoneiros vão além do problema dos combustíveis. O mais gritante no Brasil é em relação aos impostos, o cartel, a escalada de preços dos combustíveis, da conta de luz e do botijão de gás. É uma panela de pressão. O brasileiro não aguenta mais essa carga pesada. Essa política de aumento de preços de petróleo, da alta carga tributária adotada pelos governos anteriores se tornou inviável o transporte de cargas pelo país. Os caminhoneiros, os heróis da estrada, tiveram a coragem que nós brasileiros não tivemos - de protestar nas ruas pelos desmandos do governo federal. Os amantes da boleia merecem nosso total apoio e respeito.

Infelizmente, somos "cordeiros" com a incompetência de nossos políticos. Enquanto isso, milhões de brasileiros continuam desempregados, sem moradia decente e sem o que pôr na mesa para os seus filhos.

Harley Pacola, Rio Preto.

Petrobras

A queda de Pedro Parente da presidência da Petrobras, a princípio surpreendeu, porém, após dois anos como presidente da estatal, já se tinha uma previsão de que ele poderia tomar essa decisão desde o início da paralisação dos caminhoneiros. Apesar de ter realizado um trabalho notável à frente da Petrobras, recuperando o terreno perdido em meio a tantas denúncias e com uma gestão sem a mínima crítica, à vista de irregularidades que a deixaram em uma situação delicada, Parente colocou em prática métodos capazes de exaltá-la nos trilhos necessários e adequados para uma perfeita harmonia perante o governo que confiou em sua habilidade administrativa.

Tudo leva a crer que o governo não levou a sério essa reivindicação da classe dos caminhoneiros nem mesmo fez uma reflexão sobre o que viria pela frente e, como resultado, a greve se tornou realidade de uma forma mais intensiva do que se imaginava, causando bilhões de prejuízo ao mundo empresarial, às indústrias e aos proprietários de granja com a morte de milhares de aves, impedindo o abastecimento ao mercado, principalmente aos supermercados de todo o país.

Pedro Parente, diante da coerência e do seu ponto de vista, voltados à situação em que chegou a Petrobras, optou pelo melhor caminho que se ajustou à sua visão e ao seu pensamento, que foi a renúncia, porém, um gestor, por melhor que seja, não suportaria o clima em que chegou a estatal.

Alessio Canonice, Ibirá.

Resposta

A Secretaria de Trânsito, Transporte e Segurança de Rio Preto informa que está aproveitando o período de estiagem para intensificar a recuperação do asfalto nas ruas e avenidas da região norte. As ruas citadas pela coluna (Zé Buracão, 6/6/2018 - rua Nelson da Matta com a avenida Antônio Antunes Júnior, no Alto das Andorinhas, na rua Hilda Maria de Lima, no Residencial Etemp, e rua Eduardo José Rohr com a Manoel Xavier, no Residencial Monte Verde) serão incluídas no cronograma e os reparos realizados a partir de segunda-feira, dia 11. Durante esta semana serão feitos serviços em ruas em condições igualmente prioritárias.

A Secretaria de Trânsito, Transporte e Segurança de Rio Preto.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso