Diário da Região

    • -
    • máx min
09/06/2018 - 00h30min

Artigo

A 'matematização' do mundo

"A matemática está em todo lugar e os professores deveriam ensinar mostrando isso"

Étienne Ghys, francês, 63 anos, é um pesquisador matemático mundialmente admirado, entre outras razões, por se dedicar à tarefa de explicar conceitos matemáticos para leigos, o que o levou a receber, em 2015, um prêmio do Clay Mathematics Institute (EUA). Apaixonado pelo Brasil, nos últimos 30 anos residiu no país em seis ocasiões diferentes, trabalhando junto ao Impa (RJ). Nas palestras que faz voltadas para crianças e jovens da educação básica costuma explorar a relação da matemática com temas como moda, futebol, quarta dimensão e teoria do caos, algo, convenhamos, bastante incomum entre cientistas como ele.

Na sua última visita ao Brasil, por ocasião da Olimpíada Internacional de Matemática (em julho de 2017, no Rio), Ghys deixou muita gente surpresa ao afirmar, numa entrevista à revista Época, que "sem matemática não há como desenvolver um país". Num tom que lhe é próprio, enfatizando a importância da matemática para as outras ciências e a qualidade de seu ensino nas escolas, disse ainda o seguinte: "Um país que investe no bom ensino de matemática terá o impacto dessa ação em diversas áreas de atividade: nas artes, na literatura, no governo. O melhor exemplo, para mim, desse efeito difuso da matemática é o do meu país depois da Revolução Francesa".

Suas palavras, para desalento dos que têm a matemática como bicho-papão, remetem ao fenômeno da chamada "matematização" do mundo. Para compreendê-la basta citar que toda tarefa que pode ser executada por meio de um computador pressupõe um inevitável suporte matemático. Aliás, o computador, esse instrumento de mil e uma utilidades da civilização tecnológica, foi desenvolvido inicialmente, pelo menos em seus aspectos teóricos, justamente por eminentes matemáticos, como Von Neuman (1903-1957) e Alan Turing (1912-1954).

Voltando à entrevista de Ghys, vale a pena destacar ainda outra fala sua, ao ser instado a tratar da "má fama" da matemática entre estudantes do ensino básico: "A matemática nesse nível, e esse é um problema da maioria das culturas, desconectou-se da vida real. Os professores colocam os alunos para fazer contas e raciocínios abstratos que não têm nada a ver com a vida deles. Uma pena porque a matemática está em todo lugar e os professores deveriam ensinar mostrando isso. Infelizmente seu ensino se desconectou do resto do mundo, o que a tornou um teste de inteligência, usado para separar as pessoas". 

Para encerrar, resta enfatizar a certeza (em concordância com o pensamento de Étienne Ghys) de que a matematização que ocorre em nossas vidas contribui, inegavelmente, para tornar mais significativa e mais eficaz o ensino da disciplina. Sobretudo se o conteúdo a ser ministrado leva em conta os conhecimentos relevantes preexistentes na estrutura do conhecimento do aprendiz, preferencialmente com base no universo das coisas e fatos que o instigam e o fascinam.

Pessoalmente tenho uma privilegiada confirmação desse fato, obtida durante os inúmeros cursos que ministrei para docentes do ensino básico, experiência que espero um dia poder relatar neste espaço do Diário.

Eurípides Alves da Silva, Mestre e doutor em Matemática pela USP, aposentado pelo Ibilce/Unesp.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso