Diário da Região

    • -
    • máx min
12/06/2018 - 22h58min

Coluna do Diário

Edinho exige obras para liberar novos loteamentos

Para incluir 184 Teixeirões no perímetro, prefeito pede escola e reforma de áreas públicas

Johnny Torres 16/12/2017 Secretário de Governo, Jair Moretti, afirma que outras propostas semelhantes serão apresentadas à Câmara
Secretário de Governo, Jair Moretti, afirma que outras propostas semelhantes serão apresentadas à Câmara

Quatro dias depois de aprovar projeto que acaba com a exigência para que loteadores reservem 5% da área de cada novo loteamento para o município, as chamadas áreas dominiais, o prefeito Edinho Araújo (MDB) enviou para a Câmara de Rio Preto proposta que inclui 1,3 milhão de metros quadrados no perímetro urbano de Rio Preto para novos empreendimentos imobiliários. Em contrapartida, no entanto, ele exige que os loteadores financiem obras públicas.

"Achamos uma solução para compensar o fim da exigência dos 5% de área. Agora, vamos exigir contrapartida em obras", afirmou nesta terça, 12, o secretário de Governo, Jair Moretti. Segundo ele, mais projetos do tipo serão encaminhados à Câmara nos próximos dias.

As obras que o prefeito exige dos loteadores estão estimadas em R$ 12 milhões. A lista inclui a reforma do Mercadão - que está parada atualmente -, a revitalização do Calçadão na região central, do prédio da Swift e até a construção de uma escola infantil em local a ser definido.

A soma das áreas que o prefeito pretende incluir na zona urbana para que possam ser loteadas equivale a 184 gramados com as dimensões do que existe no estádio Teixeirão, do América. No total, são quatro glebas que variam de 223,1 mil metros quadrados a 419 mil metros quadrados.

O governo quer aprovação rápida do projeto, antes do recesso na Câmara, que começa em julho. Após a inclusão das áreas ao perímetro, os empreendedores terão prazo de três anos para conclusão dos loteamentos e também da obras exigidas pelo município. Um das áreas, ao lado do conjunto Fraternidade, será destinada a novo conjunto do programa Minha Casa Minha Vida. Serão cerca de 8 mil casas populares.

Há inclusões em região próxima à BR-153 e na zona norte. Na justificativa da proposta, Edinho afirma que "os empreendedores realizarão obras e intervenções que contribuirão com a infraestrutura urbana, melhorias nos equipamentos públicos em tempos de escassez de recursos".

Frase:

 

"Nenhum dos prefeitos jogou tão sujo como o seu prefeito (Edinho Araújo) está jogando agora. Ele novamente quer desmerecer o meu projeto e favorecer um vereador da sua base"

Gerson Furquim, vereador do PP, sobre projeto de lei do prefeito Edinho Araújo (MDB), aprovado na sessão desta terça, 12, na Câmara, que regulamenta a instalação de igrejas em distritos e minidistritos industriais em Rio Preto. Recentemente, o Legislativo aprovou projeto de Furquim sobre o mesmo tema

Na Rede

Reprodução/Facebook Eduardo Bolsonaro
Eduardo Bolsonaro

Reação extrema

Os políticos estão mesmo com o filme queimado. A assessoria do vereador Pedro Roberto (PRP) que o diga. Para facilitar a comunicação com os eleitores, criou um grupo no WhatsApp. Mas nem todo mundo gostou de ser adicionado. Um mais exaltado, soltou os cachorros. "Não me põe envolvido em política que eu detesto político. Me tira desse grupo que eu não participo de grupo de terrorista", esbravejou o hiperbólico sujeito. O jeito foi desativar o grupo.

Em nome do pai

Deputado federal assim como o pai, só que por São Paulo, Eduardo Bolsonaro (PSL) foi às redes defendê-lo contra as notícias de que ele apresentou projeto na Câmara para esterilização de pobres para combater a miséria e o crime. Segundo Eduardo, a proposta de Jair Bolsonaro facilita o acesso a vasectomia e laqueadura pelo sistema público de saúde. "Não é um procedimento obrigatório, mas voluntário", diz ele.

Lobby do pedal

Grupo de ciclistas de Rio Preto pretendem se reunir com o prefeito Edinho Araújo (MDB) nesta quarta-feira, 13, para discutir a implantação de mais ciclovias na cidade. Um dos objetivos do grupo é que ele instale uma na avenida Alberto Andaló.

Sem limites

O vereador Anderson Branco (PR) e colegas abusam do uso de celulares durante a sessão da Câmara de Rio Preto. Nesta terça-feira, 12, Branco postou foto dele mesmo no Face na qual aparece ao fundo Francisco Júnior (PTB), também usando o aparelho. Branco foi até advertido por outros vereadores ao abrir até vídeo em seu celular na sessão de quinta-feira.

Notas

Guilherme Baffi 29/4/2016 Parque Tecnológico
Parque Tecnológico

De novo!?

Inaugurado em 30 de dezembro de 2016, na antevéspera da entrega do cargo pelo ex-prefeito Valdomiro Lopes (PSB) deixar a Prefeitura de Rio Preto, e alvo de críticas do sucessor Edinho Araújo (MDB) devido à falta de infraestrutura adequada no local, o Parque Tecnológico (foto) terá nova "inauguração" nesta quarta, 13. Edinho irá anunciar, em seu gabinete, a liberação do local às empresas.

Assombração

A suspensão de trecho da PEC que estende para municípios o aumento gastos públicos no Estado, com a elevação do teto salariam do funcionalismo para R$ 30,4 mil, trouxe alívio para prefeituras de Rio Preto e região. No entanto, a possibilidade de no mérito a ação ser rejeitada é algo que assombra os governos. Se a lei voltar a valer, sobe teto na Prefeitura e também na Câmara. A proposta foi aprovada com ajuda de oito deputados da região de Rio Preto.

No embalo

O presidente da Câmara de Rio Preto, Jean Charles (MDB), seguiu embalo da Prefeitura e determinou que o Legislativo terá mudança de horário de funcionamento durante os jogos do Brasil na Copa. Quando a Seleção jogar às 9h, a Câmara só vai abrir às 13h. Quando for às 15h, o expediente termina 13h.

TJ nega 3ª faixa na Washington Luís

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) rejeitou nesta quarta-feira, 12, recurso do Ministério Público que exigia do governo estadual início imediato da construção de terceira faixa na rodovia Washington Luís no trecho entre Rio Preto e Mirassol. Em primeira instância, a ação do promotor Cláudio Santos de Moraes também foi julgada improcedente. Segundo a decisão do TJ, há necessidades públicas, "talvez mais prioritárias", do que a obra em questão. O tribunal apontou ainda que a construção das terceiras faixas implicaria em "reequilíbrio" do contrato de concessão com a Triângulo do Sol, "gerando aumento das tarifas dos pedágios". O custo estimado da obra é de R$ 300 milhões.

 

Curtas

Johnny Torres 06/4/2018 Wagner Costa, dono da empresa Innovare Cartuchos,apos  depoimento na CPI da Emurb
Wagner Costa, dono da empresa Innovare Cartuchos,apos depoimento na CPI da Emurb

Vaivém - O prefeito Edinho Araújo (MDB) recuou e apresentou novo projeto que reduz alíquota de ISS de serviços para os quais houve aumento, como o de call center. Mudanças na lei, aprovadas no ano passado, resultaram em queixas de empresários afetados. Segundo o prefeito, a nova proposta vem corrigir "algumas distorções" da lei. A estimativa é de renúncia de receita de R$ 1,6 milhão neste ano.

Nova acareação - A CPI da Emurb marcou para segunda-feira, 18, acareação entre o empresário Wagner Costa (foto), que venceu a licitação da Área Azul digital, e o diretor administrativo e financeiro da empresa pública, Gibran Belasques. Wagner afirmou na CPI que parte do aporte da Prefeitura para pagar o aplicativo foi para pagar salários, o que Gibran nega. Com isso, a CPI vai ignorar o prazo para entregar o relatório, nesta quinta, 14.

Publique-se - A assessoria do ex-prefeito Valdomiro Lopes (PSB) avisou que sai nesta quarta, 13, do "Diário Oficial", a autorização dos R$ 4 milhões para recapeamento em Rio Preto, anunciados pelo governador Márcio França, também do PSB, quando ele esteve na cidade para encontro com prefeitos, em maio. Ação na Justiça, no entanto, pede a anulação dos atos assinados pelo governador naquele dia.

Prazo acabando - O vereador Paulo Pauléra (PP) disse que participou de reunião com ambulantes do Shopping HB nesta terça-feira, 12. Ele afirma que os permissionários foram notificados pela Vigilância Sanitária para fechar os restaurantes no local até a próxima segunda-feira, 18. Pauléra sai em defesa do grupo, que teria uma função social ao vender refeições acessíveis a pessoas da região que vêm ao hospital.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso