Diário da Região

    • -
    • máx min
10/06/2018 - 00h30min

Coluna do Diário

CPI pode virar arma de chantagem contra Edinho

Vereadores esperam por pedido de cassação para usá-lo como moeda de troca por cargos e secretarias

Johnny Torres 27/4/2018 O prefeito Edinho Araujo (MDB), que pode até ser alvo de processo de cassação na Câmara se não ceder
O prefeito Edinho Araujo (MDB), que pode até ser alvo de processo de cassação na Câmara se não ceder

Um plano está sendo engendrado silenciosamente na Câmara de Rio Preto para encurralar o prefeito Edinho Araújo (MDB). Vereadores confidenciaram à Coluna que colegas preparam um xeque-mate no prefeito para abrir, na marra, espaço no governo, principalmente aqueles que não ajudaram o emedebista a vencer as eleições em outubro de 2016.

O enredo tem como principal componente o relatório final da CPI da Emurb. A trama é para lá de previsível, uma vez que a comissão caminha para pedir a abertura de um processo de cassação contra Edinho. Esses vereadores - que também são desafetos do presidente da CPI, Marco Rillo (PT) - esperam que o petista cumpra o seu papel no roteiro e faça, de fato, o pedido. O resto é com eles, isto é, vão usar o requerimento do petista para colocar a faca no pescoço do prefeito com o fim de abocanhar mais cargos e até secretarias. Com pressa, eles até negaram o pedido do petista para prorrogar o prazo da CPI.

"Tudo me leva a crer que haverá pedido de comissão processante. E o prefeito responderá por danos ao erário público", disse Rillo. "Agora, que a Câmara vai se aproveitar isso para tirar isso não há dúvida", admite.

Em encontros promovidos nos subterrâneos do Legislativo, o grupo tem até um plano B se Rillo - ou Gerson Furquim (PP), relator da CPI - não pedir o processo contra Edinho: um laranja qualquer já estaria sendo providenciado para apresentar a denúncia, com base no relatório da CPI - que vai apontar desvio dos R$ 350 mil do aporte que a Prefeitura fez para a Emurb aplicar do aplicativo de Área Azul digital para outras finalidades, o que atinge diretamente Edinho. "E essa pessoa que apresentaria o pedido de comissão processante já está sendo até definida", disse um vereador que pediu para não ser identificado. 

Frase:

"O buraco não é buraco. Fizeram uso político de um contrato só de tapa-buraco para ajeitar um bolsão de estacionamento. O contrato era para correção pontual e não para pavimentar"
Marco Rillo, vereador do PT e relator da CPI do Tapa-buraco, sobre a descoberta de que serviço em “cratera” de 571 metros quadrados era, na verdade, para asfaltar recuo de avenida que serve de estacionamento na zona norte de Rio Preto

Na Rede

Reprodução/Facebook

Hora de prometer

E o ex-prefeito Valdomiro Lopes (PSB) segue firme na (pré) campanha de deputado federal. Na manhã deste sábado, 9, vestiu caminha vermelha para participar da 1ª Caminhada de Conscientização da Cardiopatia Congênita. Depois de uma rasgação de seda com o médico Ulisses Croti, que ele chamou de "mago da cirurgia cardíaca infantil" no Facebook, Valdomiro se comprometeu a se empenhar na construção de um hospital de cardiologia infantil em Rio Preto ou "hospital do coração da criança", como disse Croti.

É sempre a imprensa

O deputado estadual João Paulo Rillo (PSOL) faz uma ginástica danada para justificar o voto dele a favor da elevação do teto do funcionalismo estadual de R$ 21 mil para R$ 30 mil, o que vai morder R$ 1 bilhão do contribuinte paulista nos próximos quatro anos. "Parte da imprensa e o governo, para criminalizar o funcionalismo público perante a opinião pública, tal qual vem fazendo em relação à reforma da previdência, estão distorcendo o sentido da PEC 5 aprovada na Alesp", escreveu ele nas redes.

Indo para o abraço

O deputado estadual Itamar Borges (MDB) reservou a sexta, 8, para participar de sorteio de casas populares da CDHU em Jales, Vitória Brasil e Brejo Alegre, de acordo com o Facebook do próprio parlamentar. Podendo participar de eventos como esses, a menos de quatro meses da eleição, não se pode dizer que legislação brasileira é uma mãe?

Quem é?

Ciente de que seu maior adversário na disputa pelo governo do Estado não é João Doria nem Paulo Skaf, mas o mais completo anonimato de que goza entre os eleitores paulistas, o governador Márcio França (PSB) faz o que pode para aparecer. Na noite de sexta, 8, recorreu ao programa do Ratinho, no SBT (foto). No domingo passado, apareceu no programa do Datena, na Band.

Notas

Guilherme Baffi José Lagoeiro (DEM)
José Lagoeiro (DEM)

Emplacou

O prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo (MDB), aos poucos vai abrigando apadrinhados de vereadores no governo. José Lagoeiro (DEM), o Zé da Academia (foto), acaba de acomodar um ex-assessor no cargo de coordenador de manutenção de áreas públicas na Secretaria de Serviços Gerais.

Cancelado

Vereadores e seus assessores na Câmara de Rio Preto, que rodaram 20 mil quilômetros com carros oficiais do Legislativo de janeiro a abril, podem ser obrigados a pisar no freio. A Câmara cancelou licitação para a compra de 24 mil litros de combustível. O motivo alegado foi a "instabilidade do valor médio dos combustíveis na data marcada, devido à greve dos caminhoneiros".

Trocas

Em Catanduva, o prefeito Afonso Macchione (PSB) fez mudanças em secretarias. Investigado pela Câmara por supostas irregularidades em contratos de compra de concreto, Alfredo Minervino Neto deixou a Secretaria de Obras. O engenheiro Marco Antônio Machado assume a pasta. O prefeito aproveitou e também trocou comando nas pastas de Agricultura e Jurídica.

MEC apura denúncia de falha no Fies

O Ministério Público Federal (MPF) instaurou procedimento administrativo para acompanhar apuração de denúncia de descumprimento de normas do Fies (Fundo de Financiamento ao Estudante de Ensino Superior) por parte do campus de Fernandópolis da Universidade Brasil. O MPF enviou ofício com pedido de providências ao Ministério da Educação (MEC), em Brasília, para verificar a existência de irregularidades nas regras do Fies. O pedido foi encaminhado pelo procurador da República Carlos Alberto dos Rios Júnior. A universidade é a mesma que iniciou tratativas para assumir o Hospital Ielar em Rio Preto, mas as negociações, a cargo do vereador Jean Dornelas (PRB), não evoluíram.

Curtas

Johnny Torres 28/11/2017 Presidente da Câmara de Rio Preto Jean Charles
Presidente da Câmara de Rio Preto Jean Charles

País do futebol - A Prefeitura de Rio Preto vai abrir por meio período durante jogos do Brasil na primeira fase da Copa da Rússia. Se o time avançar na competição, novos horários serão definidos. Caso o Brasil vá para a segunda fase, as partidas serão às 11h, independentemente da colocação. O governo já estuda a possibilidade de parar nos dias de jogos se a Seleção passar às oitavas-de-final.

Mistério - Está nas mãos do presidente da Câmara de Rio Preto, Jean Charles (foto) relatório sobre servidores da TV Câmara. Funcionários de setores técnicos têm se negado a executar tarefas não previstas no edital do concurso. O estudo aponta que existe déficit de 12 cargos técnicos. O presidente não revela que medida irá adotar com base no relatório. Enquanto isso, estúdio da TV continua ocioso.

Sem prazo - O presidente da CPI da Emurb, Marco Rillo (PT), bate o pé e afirma que não irá cumprir o prazo de entrega do relatório, que termina dia 16 e que não foi prorrogado pela Câmara. O vereador quer ouvir mais pessoas. Ele afirma ter respaldo em lei recém-aprovada de Gerson Furquim (PP) que leva conta apenas dias úteis para contar o prazo de CPIs. "Se quiserem contestar, que vão à Justiça", diz.

Paraíso perdido - O Ministério Público abriu inquérito civil a pedido da Delegacia de Investigações Sobre Entorpecentes (Dise) para apurar irregularidades ocorridas no Jardim Paraíso, onde há uma zona de prostituição em Rio Preto. Segundo a denúncia, um terreno baldio perto de UBS e de uma creche do bairro virou ponto de consumo de drogas. O caso está a cargo do promotor Sérgio Clementino.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso