Diário da Região

    • -
    • máx min
15/06/2018 - 00h30min

COPA DO MUNDO

Suárez e Cavani contra Salah

Sofrimento a cada jogo, força e garra. O Uruguai, duas vezes campeão do mundo, estreia nesta sexta-feira, 15, na Copa em Iekaterinburgo, contra o Egito, às 9h, com uma proposta de jogo pouco usual em se tratando da escola uruguaia recente.

Em campo, alguns jogadores da geração vice-campeã do Mundial sub-20, em 2013, vêm renovando o estilo da seleção celeste. A proposta com Nandez, Vecino, Bentacur e Arrascaeta é ter mais a bola, trabalhar com paciência e atacar. Condição importante para alimentar, no ataque, Luis Suárez e Edinson Cavani. Dupla que, pelo menos no papel, começa o Mundial com potencial de ser uma das mais goleadoras da competição.

Óscar Tabárez, que vai para a sua quarta Copa como treinador, depois de 1990 (Itália), 2010 (África do Sul) e 2014 (Brasil), tem dado aval ao novo estilo ofensivo uruguaio. Mesmo com essa nova proposta, o time manteve a tradicional consistência defensiva. No miolo da zaga, o Uruguai conta com o bom entrosamento da dupla do Atlético de Madri, Godin e Giménez.

A escola sul-americana de jogar futebol, que sempre procurou montar times fortes coletivamente para que os destaques individuais possam aparecer, é o que o técnico argentino Héctor Cúper também tenta implementar no Egito. A ideia é que, dessa forma, Mohamed Salah, praticamente recuperado de lesão no ombro, fique liberado para brilhar nos contra-ataques. "Como treinador, minha prioridade é evitar que ocorram erros defensivos. Isso é uma filosofia de jogo diferente daquela a que os atletas egípcios estão acostumados", diz Cúper.

Apesar de a seleção africana ter feito história nas eliminatórias e estar de volta a um Mundial após 28 anos, existem outros números que o time quer tentar mudar. Ao longo das Copas, foram duas classificações, em 1934 e 1990. São quatro partidas, dois empates e duas derrotas. O Egito almeja sua primeira vitória em um Mundial.

Ficha Técnica

Egito

El Hadary; Abdel-Shafi, Gabr, Hegazy, Ahmed Fathi; Hamed, Elneny, Salah, El-Said, Warda; Mohsen. Técnico: Hector Cúper.

Uruguai

Muslera; Martín Caceres, Giménez, Godin, Maxi Pereira; Bentancur, Torreira, Cristian Rodríguez, Arrascaeta; Suárez, Cavani. Técnico: Óscar Tabárez.

Árbitro: Bjorn Kuipers (HOL). Local: Arena Iekaterinburgo, em Iekaterinburgo, às 9h desta sexta-feira, 15, com transmissão ao vivo pelos canais Globo, Sportv e Fox Sports.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso