Diário da Região

    • -
    • máx min
12/06/2018 - 22h59min

Copa do Mundo 2018

Família tem álbuns de figurinha da Copa completa desde de 1990

Família completou dois álbuns da Copa do Mundo da Rússia: foram 1.364 figurinhas e R$ 1 mil gastos

Mara Sousa 8/6/2018 Evandro Presse Leite, a mulher, Gicelia, e o filho, Augusto, mostram os álbuns da Copa do Mundo: com exceção de 2002, eles têm todas as edições completas de seis copas; ao lado, páginas de 1990, 1994 e 1998
Evandro Presse Leite, a mulher, Gicelia, e o filho, Augusto, mostram os álbuns da Copa do Mundo: com exceção de 2002, eles têm todas as edições completas de seis copas; ao lado, páginas de 1990, 1994 e 1998

Quinze milhões de figurinhas da Copa do Mundo da Rússia estão circulando na região de Rio Preto ou já preenchem os álbuns dos torcedores. Deste total, ao menos 1.364 foram para os dois do rio-pretense Evandro Presse Leite, de 39 anos - que já estão completos.

Apaixonado por futebol e colecionador de álbuns desde a Copa de 1990, o supervisor de vendas gastou aproximadamente R$ 1 mil para finalizar um álbum tradicional e outro de capa dura da edição de 2018. "Sou amante do futebol em si e quando se fala em Copa do Mundo não tem o que dizer, a gente gosta de tudo que é relacionado a ela", explicou Evandro.

Para não gastar tanto dinheiro com a coleção e passar do orçamento previsto, o homem apostou em trocas e compras das figurinhas faltantes. "Para completar o segundo álbum estava faltando apenas a especial do Pelé, então foi melhor comprá-la por R$ 5", falou. Primeiro ele completou o álbum de capa simples e depois o de capa dura, onde reaproveitou várias figurinhas repetidas.

Ele tem os álbuns completos de todas as Copas desde 1990, com exceção da edição de 2002, no Japão e Coréia. "Esse da Copa de 1990 já chegaram a oferecer R$ 3 mil e no Mercado Livre tem gente pedindo R$ 7 mil nele. Não pretendo vender porque se eu fiz o álbum é para deixar guardado com a coleção toda", afirmou Evandro. Ele pretende que no futuro toda a coleção fique com o filho, Augusto, também fanático por futebol.

Família prepara festa

Além das figurinhas, a família de Evandro é apaixonada por Copa do Mundo e está ansiosa para a participação da Seleção Brasileira na Rússia. O pequeno Augusto, de 7 anos, ajudou o pai a colar as figurinhas e sabe na ponta da língua o elenco de Tite. "Este é Coutinho, esse o Gabriel Jesus, esse outro é o Firmino e este é o Casemito", brincou o pequeno, com o nome do volante Casemiro, do Real Madrid.

Para fazer a festa, a família de Evandro fez até camisas personalizadas de torcedor nas cores verde e amarela e com o nome dos familiares. "Os acessórios já estão em casa, tem buzina, vuvuzela, peruca e o que tiver para aproveitar", afirmou Gicélia Araújo Presse, 38.

A família e os amigos de Evandro e Gicélia se juntarão no quiosque do condomínio do casal ou na casa de algum amigo, mas nada que impeça a festa dos fãs de Copa do Mundo. Para os jogos da tarde, como na estreia, domingo, 17, contra a Suíça, e na terceira rodada, contra a Sérvia, no dia 27, a festa já está agendada. E o jogo no período da manhã, no dia 22, também não vai ficar sem folia. "A turma já está pensando e planejando o churrasco para a partida contra a Costa Rica, às 9 horas da manhã", falou Evandro.

(Colaborou Victor Stok)

Três milhões de envelopes vendidos

Além dos 2,6 milhões de envelopes que já foram vendidos, se somados os kits de álbuns junto com figurinhas e outros kits diversos o número total de envelopes chega a 3 milhões. "Ainda tem muito tempo e tem bastante saída, com cortesias, kits e vendas, agora no começo da Copa dá uma aquecida nas vendas totais. Nas últimas duas semanas deu uma diminuída, mas quanto mais perto da Copa as vendas voltam ao normal", explicou Mário Luiz Gomes, gerente comercial da Distribuidora e Editora Rio-pretense, responsável pela distribuição em 40 cidades da região noroeste do estado.

Segundo o gerente, até o último final de semana antes do início da Copa foram 22 mil álbuns vendidos. Em 2014, durante a Copa no Brasil, as vendas continuaram até o começo de setembro e foram 32 mil álbuns no total. Em relação aos envelopes, foram 3,6 milhões vendidos em 2014.

Substituição

Com a divulgação da lista dos convocados das 32 seleções participantes da Copa, a Panini anunciou que irá lançar kits com as figurinhas dos atletas que estarão na Rússia mas não estavam no álbum. A data ainda não foi divulgada pela empresa.

Na Seleção Canarinho, dois jogadores terão que ser corrigidos: Daniel Alves foi cortado por lesão e Giuliano não foi convocado. A empresa terá que escolher entre os outros jogadores que não estão no álbum: os goleiros Cássio e Éderson, os laterais-direitos Danilo e Fagner, o zagueiro Geromel, o meia Fred e o atacante Taison.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso