Diário da Região

07/06/2018 - 00h30min

BRASILEIRÃO

Corinthians e Santos não convencem

Timão volta a jogar no sábado, contra Vitória, e Peixe recebe o Inter, no domingo

Ale Cabral/Estadão Conteúdo O corintiano Roger e o santista Dodô brigam pela bola, em Itaquera
O corintiano Roger e o santista Dodô brigam pela bola, em Itaquera

No clássico em que Corinthians e Santos buscavam afirmação no Campeonato Brasileiro e apostavam as suas fichas nas joias da base Pedrinho e Rodrygo, quem fez a diferença foi um centroavante experiente e um velho conhecido do time da Baixada Santista. O empate por 1 a 1, nesta quarta-feira, na Arena Corinthians, em São Paulo, pela 10ª rodada, não foi bom para nenhuma das equipes e manteve as dúvidas sobre o que esperar dos dois times.

Com o resultado, o técnico Osmar Loss chegar ao quinto jogo no comando do Corinthians, tendo apenas uma vitória, um empate e três derrotas. Jair Ventura, no outro lado, continua balançando no cargo. Entre Pedrinho e Rodrygo, nenhum deles chegou a brilhar, mas ambos protagonizaram lances de extrema habilidade. O corintiano de 20 anos deixou três para trás e bateu para uma bela defesa de Vanderlei. Logo em seguida foi a vez do santista de 17 mostrar seu cartão de visita e também obrigar Walter a se esforçar para evitar o gol.

O Santos começou em cima, depois o Corinthians foi quem tomou as rédeas e os rivais ficaram trocando o domínio do jogo, como se fossem dois pugilistas mais preocupados em analisar e afastar o adversário do que aplicar golpes para tentar resolver a disputa. Assim, foram poucas as chances reais de gol na primeira parte do clássico. O Santos foi quem teve a melhor oportunidade. Aos 39 minutos, após cobrança de escanteio, Walter não conseguiu chegar na bola e ela ficou livre para Gabriel tentar desviar de joelho e mesmo estando a poucos metros do gol e sem ninguém na frente, o atacante santista mandou por cima. Uma chance incrível perdida. E a noite não era mesmo do santista. Logo aos 4 minutos da segunda etapa, ele tabelou dentro da área com Eduardo Sasha e saiu cara a cara com Walter, mas chutou por cima do gol.

O ditado "quem não faz leva" virou realidade na Arena Corinthians. Enquanto os corintianos ainda respiravam aliviados pela segunda oportunidade clara perdida por Gabriel, Rodriguinho, aos 6 minutos, avançou pela direita e cruzou rasteiro para Roger desviar e abrir o placar no primeiro cruzamento no chão para o centroavante. A movimentação no placar fez o Santos atacar com mais afinco e deixar o jogo do jeito que o Corinthians gosta, pois passou a atuar no contra-ataque. A equipe da Baixada Santista teve o domínio, cruzou, chutou de fora da área e tentou de todas as formas buscar o empate. Até que aos 30 minutos Rodrygo cruzou do lado esquerdo, a bola passou por toda a defesa, Rodriguinho e Sidcley não acompanharam a chegada de Victor Ferraz e o lateral-direito desviou de cabeça para empatar o jogo e fazer justiça ao placar.

A igualdade do placar deixou a partida mais aberta nos minutos finais. Os dois times pareciam mais preocupados em buscar a vitória do que segurar o empate. Tamanha vontade de vencer se transformou em ansiedade alguns momentos e o resultado acabou sendo o de empate.

 

Ficha técnica

CORINTHIANS - 1

Walter; Mantuan, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel, Maycon, Rodriguinho, Pedrinho (Mateus Vital) e Romero; Roger (Emerson Sheik). Técnico: Osmar Loss.

SANTOS - 1

Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz e Dodô; Diego Pituca, Jean Mota e Renato; Gabriel (Léo Cittadini), Rodrygo (Copete) e Eduardo Sasha (Bruno Henrique). Técnico: Jair Ventura.

Gols: Roger, aos 6, e Victor Ferraz, aos 30 minutos do segundo tempo. Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG). Renda: R$ 1.249.919,56. Público: 27.586 pagantes. Local: arena Corinthians, em São Paulo, na noite desta quarta-feira, 6.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso