Diário da Região

    • -
    • máx min
19/06/2018 - 00h30min

ECONOMIZE

Combustível estabiliza em alta e ensaia 'alinhamento'

Após greve, variação é mínima em Rio Preto

Larissa Lima 19/6/2018 O casal Karina Alves de Sousa e Wesley Carlos opta por postos de bandeira conhecida
O casal Karina Alves de Sousa e Wesley Carlos opta por postos de bandeira conhecida

Duas semanas depois que a greve dos caminhoneiros causou um verdadeiro pânico de desabastecimento no mercado de combustíveis em todo País e os valores foram às alturas, os preços em Rio Preto ainda causam impacto no bolso do consumidor. Pesquisa realizada ontem em 86 postos da cidade mostra que em 31 deles a gasolina é vendida por R$ 4,599 e 26 cobra-se R$ 2,799 pelo litro do etanol. Considerando todos os preços na mesma casa dos R$ 2,79, são 40 preços iguais no etanol e 47 iguais na casa dos R$ 4,59 para a gasolina.

Fora dessa casa, a variação é mínima, para baixo e para cima, nos valores da gasolina, do etanol e do óleo diesel. Por conta da oscilação, é ainda mais importante a pesquisa de preços. O maior preço da gasolina baixou R$ 0,10, passando de R$ 4,799, no dia 4, para R$ 4,699 ontem. Ao mesmo tempo, o menor valor subiu R$ 0,25, passando de R$ 4,199 para R$ 4,449.

O litro do etanol também registrou queda de R$ 0,10 no maior valor, passando de R$ 2,997 para R$ 2,899. O valor mínimo subiu R$ 0,13, ao passar de R$ 2,499 para R$ 2,629. O que se observa também é uma redução no custo do diesel, de R$ 0,37 no maior valor, que passou de R$ 3,799 para R$ 3,429. O menor valor ficou praticamente inalterado em R$ 3,199.

O presidente do Sindicato do Comércio Varejista de Derivados de Petróleo (Sincopetro), Roberto Uehara, afirma que a redução no caso do diesel é reflexo da determinação do governo federal de baixar o valor em R$ 0,46, medida para encerrar a greve dos caminhoneiros. "O mercado praticamente parou depois da greve, as vendas caíram muito, o que levou a uma retração de preços por usinas, distribuidoras e postos", diz.

A diferença entre o maior e o menor valor também caiu em relação à semana passada. Para a gasolina, a diferença é de R$ 0,25; para o etanol, de R$ 0,27 e, para o óleo diesel, de R$ 0,23.

O casal Karina Alves de Sousa e Wesley Carlos prefere abastecer em postos com bandeiras conhecidas, e que parar de completar o tanque foi necessário reduzir os gastos em outros setores do orçamento. "Antigamente, com o combustível mais barato, eu costumava encher o tanque. Agora, sem conseguir evitar o uso do carro por conta da rotina, só completo o tanque quando o valor cai", afirmou Karina.

O empresário Paulo César Alamino procura o lugar mais em conta. "Evito postos sem bandeira, mesmo priorizando o combustível de valor mais acessível." Ele diz que a diferença de preços de um posto para outra é significativa. "Em um posto coloquei diesel no caminhão por R$ 3,13 o litro e tem lugares em que está R$ 3,69."

Clique aqui para ver a tabela de preços.

Veja como economizar com conta em banco

Ter uma conta corrente pode significar uma série de despesas. De acordo com a Proteste, ao equilibrar os gastos, a economia pode ultrapassar R$ 1 mil por ano. A associação de consumidores analisou dois tipos de clientes: os com pouca movimentação bancária e os que têm necessidade de fazer inúmeras operações mensais, com e sem o uso de cheques. Também foram avaliados os que realizam suas movimentações exclusivamente por pela internet ou por terminais automáticos.

Simulando esses hábitos, a associação pôde notar que o valor dos pacotes pode variar de R$ 5,90 (Click Conta, do Bradesco) a R$ 99 (Santander Select Mais, do Santander). Ainda na pesquisa, foi possível identificar variações consideráveis nos pacotes padronizados de valores mensais, como por exemplo, o Padronizado IV, cujo preço vai de R$ 32 (no Banrisul) a R$ 45 (no Original).

A alternativa mais atraente é usar contas eletrônicas gratuitas, que agora se restringem à oferecida pelo Banco Inter, com os bancos Original e Neon comercializando as versões pagas. Itaú, Banco do Brasil e Bradesco, que forneciam esses serviços ilimitados e gratuitos, acabaram com a opção para clientes novos. Essas mudanças prejudicam, e muito, os consumidores, já que as modalidades eletrônicas possibilitavam economias substanciais face às contas tradicionais.

A boa notícia é que deixar de lado o uso de cheques e o atendimento presencial e optar por uma conta eletrônica sem custos, também garantirá ao consumidor uma economia de R$ 1.188 ao ano, em contraste com a cesta Santander Select Mais, de R$ 99 mensais.

Na mesma pesquisa, o pacote digital oferecido pelo Banco Inter é a escolha certa tanto para o cliente de pouco uso quanto para o que possui considerável demanda para transações bancárias. Ele é o único que, de fato, tem a conta digital gratuita.

CRÉDITO

Taxas de juros registram queda

Mesmo o Banco Central mantendo inalterada a taxa básica de juros (Selic) as taxas de juros das operações de crédito voltaram a ser reduzidas em maio. Das seis linhas de crédito pesquisadas para pessoas físicas, todas foram reduzidas. A taxa de juros média geral para pessoa física apresentou uma redução de 0,12 ponto percentual no mês, o que corresponde a uma redução de 1,67% no mês, passando de 7,20% ao mês em abril para 7,08% em maio. Para Miguel José Ribeiro de Oliveira, diretor executivos de estudos e pesquisas da Anefac, a queda pode ser atribuída a expectativa de nova redução da Selic frente a um menor crescimento econômico e uma inflação menor. Apesar das reduções, as taxas continuam nas alturas. Os juros do cartão de crédito estão na casa de 12,02% (290,43% ao ano) e do cheque especial, em 12,03% (290,85%). O empréstimo pessoal em financeiras tem juros médios de 7,24%, o que significa 131,36% ao ano.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso