Diário da Região

16/05/2018 - 22h18min

RISCO DE PUNIÇÃO

TJD cita presidente, técnico e preparador do América

Guilherme Baffi 12/5/2018 Detto Pereira pode ser punido por suposto ato de racismo e ameaça ao árbitro
Detto Pereira pode ser punido por suposto ato de racismo e ameaça ao árbitro

O América pode levar uma multa bem pesada e ainda ter suspensos membros da comissão técnica e seu presidente, que se envolveram em confusão na derrota por 3 a 2 para o Bandeirante de Birigui, no último sábado, 12. O presidente José Carlos Pereira Neto, o Zé Branco, o técnico Detto Pereira e o preparador físico Cléber Augusto foram citados pelo Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) e serão julgados na segunda-feira, 21.

Detto será julgado em três artigos do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), com base no registro da súmula da partida, onde o árbitro José de Araujo Ribeiro Junior relatou que o jogador Lucas Mauro, do Bandeirante, disse a ele que Detto teria dito "Olha a sua cor”. O suposto ato de racismo  prevê suspensão de cinco a dez partidas ou por até 360 dias, além de multa variável de R$ 100 a R$ 100 mil.

“O nosso advogado já entrou com representação e vai tomar as medidas cabíveis. Houve um problema no jogo e ele se dirigiu a mim, me xingando, mas não falei nada para ele. Tenho um respeito grande pela raça negra. Ele quis agitar o jogo”, disse Detto.

O juiz relatou ainda que o treinador teria dito “Eu vou acabar com a vida de vocês espiritualmente, vou falar com o meu pai de santo, vocês vão ver o que vai acontecer com a carreira de vocês, nunca mais vocês apitam aqui". Detto rebate. “Esse cara está brincando, falei pai do céu e ele colocou pai de santo."

Zé Branco foi citado e pode ser punido por invasão de campo após o apito final para tirar satisfação e, segundo a súmula, tentar agredir a arbitragem. A pena prevê multa e suspensão de quinze a noventa dias. "Não teve agressão, eu queria conversar com ele. Achei que ele foi incompetente, não foi correto e nos prejudicou", disse Zé Branco, que ainda pode ver o clube ser punido por invasão de torcedores no gramado, conforme o relato em súmula. O clube está passível de perda do mando de campo de uma a dez partidas.

O preparador físico Cléber Augusto também foi citado, por um suposto soco no braço do treinador do Bandeirante. Ele foi expulso no intervalo da partida e pode ter suspensão de quatro a doze partidas.

(Colaborou Victor Stok)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso