Diário da Região

30/05/2018 - 00h03min

Quarta Divisão

Zagueiro Rennan chega de Santa Catarina para jogar pelo América

Rennan Saldanha deixou Barra do Garça para defender o América e diz que, se preciso, vai descer o pau

Ozair Júnior 29/05/2018 Zagueiro Rennan, de 22 anos, é natural do Mato Grosso e atuava no futebol catarinense
Zagueiro Rennan, de 22 anos, é natural do Mato Grosso e atuava no futebol catarinense

O zagueiro Rennan Heitor Alves Saldanha, de 22 anos, já treina no América, mas ainda não deve ficar à disposição do técnico Jorge Saran para o duelo deste sábado, às 15h30, contra o Fernandópolis, no Teixeirão. O defensor é o primeiro dos três reforços que o clube trará para buscar a classificação na Quarta Divisão do Paulista. Um lateral-esquerdo e um volante também virão. "Sou natural de Barra do Garça, mas fui criado em Cuiabá. O Jorge fez o convite para vir e aceitei, vim disposto a conseguir essa classificação e buscar o acesso que o América tanto necessita", disse Rennan Saldanha.

Rennan não conseguirá entrar em campo, neste sábado, por questão documental. O presidente Luiz Donizete Prieto, o Italiano, ainda não está apto perante a Federação Paulista de Futebol a assinar contratos e registrar jogadores, já que volta à presidência por ordem judicial. "Ela (FPF) requer da gente um ofício junto ao juízo para informar da decisão. Até para gerar os ingressos para o jogo, mas isso sai até esta quarta", informou o advogado Renato Custódio da Silva.

Rennan Saldanha teve como último clube o Operário de Mafra, Santa Catarina. "Aqui no estado de São Paulo fiz a base na Inter de Limeira, subi ao profissional junto com o técnico Paulo Cezar Catanoce, depois fui para o Sub-20 do Luverdense e do Criciúma e, por último, estava no Operário Mafra", disse o defensor.

No América, ele chega para ser a única peça de reposição para o setor, que tem Wanderson Bahia e João Criciúma como titulares. "O Estado de São Paulo tem bastante visibilidade. Apesar de ser Segunda Divisão, sub-23, há muitas equipes acompanhando, pensando no ano que vem. Tenho que esperar uma oportunidade de sair para algo melhor, mas o América é grande, tem de pensar no acesso e crescer com o clube", disse o zagueiro canhoto.

Em campo, Rennan diz que gosta de antecipar jogadas e sair para o jogo, mas não mede palavras para conter as investidas dos rivais. "Para atuar na zaga, e principalmente nessa divisão, tem de chegar o pau nos caras", disse o fã de Sérgio Ramos, do Real Madrid, que no último sábado tirou o egípcio Salah da final da Liga dos Campeões.

Já o lateral-direito Caique, recuperado de lesão, é reforço no sábado. Ele não havia participado dos dois últimos jogos. E o goleiro Vinícius, que se machucou no final da partida em Catanduva, treina normalmente. "Nossa equipe do meio para frente tem qualidade. Temos que organizar o time defensivamente", disse Saran.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso