Diário da Região

26/05/2018 - 19h48min

CASA PRÓPRIA

Construweek termina neste domingo

São 45 expositores, entre construtoras, imobiliárias e incorporadoras

Mara Sousa 26/5/2018 Expectativa da Caixa, que realizou Feirão no sábado, é positiva
Expectativa da Caixa, que realizou Feirão no sábado, é positiva

Interessados em comprar a casa própria terão até 18h deste domingo, 27, para pesquisar e avaliar quais as melhores ofertas no último dia da Construweek 2018, feira do setor imobiliário que além da parceira com a Caixa Econômica Federal contou com outras empresas, o que, ao todo, ofertou cerca de 3 mil imóveis com valores a partir de R$ 100 mil. A expectativa da Caixa é de superar o volume negociado na edição do ano passado, que fechou mais de 600 contratos e em torno de R$ 87 milhões em negócios.

"Ainda não é possível fazer um balanço e nem informar quantas propostas foram, efetivamente, fechadas, mas a movimentação foi grande o dia todo. O que já é um ponto positivo", declara Fernando Passos, superintendente regional da Caixa.

Segundo Angélica Mussi, organizadora da Construweek, estão participando 45 expositores entre construtoras, imobiliárias, incorporadoras e correspondentes bancários. "Num mesmo lugar há todas as opções de imóveis disponíveis no mercado hoje. As pessoas estão com o tempo curto, não conseguem pesquisar e podem acabar comprando algo que não era bem o que queriam."

Para Angélica, o fato do evento acontecer dentro de um centro de compras o torna ainda mais atrativo pela facilidade até na hora de estacionar. "Além do que eu disse do tempo curto, ainda tem a comodidade, o que facilita a vida de quem pretende comprar e pode trazer a família toda. Enquanto uns passeiam, você para e consegue fazer uma simulação e analisar todas as oportunidades", diz.

Angélica destaca como um ponto a favor do evento o fato de a Caixa ter reduzido os juros do financiamento para a casa própria para operações realizadas pelo Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE). A taxa mínima passou de 10,25% para 9% ao ano no caso de imóveis enquadrados no SFH (sistema Financeiro de Habitação) e de 11,25% para 10% ao ano para aqueles dentro do SFI (Sistema Financeiro Imobiliário). "Isso tornou o feirão ainda mais atrativo."

Siene Santos, gerente comercial da Pacaembu, informou que em quatro horas de feira foram realizados 30 cadastros, com famílias com renda a partir de R$ 1,4 mil, que têm interesse em comprar dentro das regras do Minha Casa Minha Vida. "No espaço da construtora será possível, além de realizar o cadastro, esclarecer dúvidas sobre as regras do programa habitacional Minha Casa Minha Vida para as famílias que se enquadram nas faixas 1,5 e 2 e estão à procura de casas térreas como opção de imóvel", informa.

Em busca do sonho da casa própria

Johnny Torres 26/5/2018 Ismairi Rodas e Daniel Oliveira foram fazer simulação
Ismairi Rodas e Daniel Oliveira foram fazer simulação

Noivos e com planos de subir ao altar até 2020, a engenheira eletricista Ismaire Rodas, 29 anos, e o engenheiro mecânico Daniel Oliveira, 32 anos, querem fazer uma programação financeira e realizar o sonho da casa própria. "Não é a primeira vez que eu pesquiso imóveis. Sempre que acontece alguma feira vou para simular e ter uma ideia de valores. Antes de casar, pretendemos construir e, para isso, é preciso fazer uma programação financeira. A ideia é comprar um terreno e financiar a construção", conta.

Segundo Ismaire, o casal não tem um valor exato, eles gostam de buscar opções, para ampliar o leque. "Não sei informar qual o valor exato que vamos simular, chegamos agora na feira, vamos ver quais são as opções. Assim que conseguir encontrar algo que caiba no orçamento dos dois, a ideia é usar o nosso fundo de garantia", diz

Primeira oportunidade

O servidor público Dagoberto Precioto, 45 anos, aproveitou o sábado à tarde e foi até o Feirão para conferir as ofertas. "Estou em busca de um terreno para poder financiar e construir", conta ele, que continua: "Vim pela primeira vez, então vou ouvir as ofertas e as facilidades de pagamento. Não vim com um valor exato na cabeça, porque é o início de uma pesquisa e de inúmeras possibilidades", declara. (JR)

Primeira oportunidade

Johnny Torres 26/5/2018 Dagoberto Precioto
Dagoberto Precioto

O servidor público Dagoberto Precioto, 45 anos, aproveitou o sábado a tarde e vou até o feirão para conferir as ofertas. “Estou em busca de um terreno para poder financiar e construir”, conta ele que continua “Vim pela primeira vez, então vou ouvir as ofertas e as facilidades de pagamento. Não vim com um valor exato na cabeça, porque é o início de uma pesquisa e de inúmeras possibilidades”, declara.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso