Diário da Região

13/04/2018 - 23h57min

Mirrasolândia/Falavina

Prefeitura abre licitação de R$ 28 milhões para viadutos

Ivan Feitosa/SMCS O prefeito Edinho Araújo (MDB) com o projeto da obra durante reunião no gabinete nesta sexta-feira, 13
O prefeito Edinho Araújo (MDB) com o projeto da obra durante reunião no gabinete nesta sexta-feira, 13

A Prefeitura de Rio Preto abriu na tarde desta sexta-feira, 13, licitação para a construção de novo complexo viário das avenidas Mirassolândia/Domingos Falavina, que vai interligar as vias Capitão Faustino de Almeida, com seis alças, às vias que dão acesso à zona norte. A obra, que está orçada em R$ 28,3 milhões, utilizará recursos financeiros do Programa Pró-Transporte, Modalidade Pró-Transporte - Setor Público, através de convênio com a Caixa Econômica Federal.

Segundo a Prefeitura, a obra irá desafogar o trânsito na rotatória da avenida Ernani Pires Domingues. O viaduto irá facilitar a vida de 100 mil passageiros do transporte público, já que o transporte por ônibus será mais rápido, diz ainda o governo.

Segundo o prefeito, o projeto teve de ser refeito. "O projeto contemplava apenas a transposição do córrego e da avenida Ernani Pires Domingues. Isso não iria resolver os problemas do tráfego na região; por isso, inserimos alças de acesso ligando às avenidas, Domingos Falavina, Mirassolândia e rua Capitão Faustino de Almeida à Ernani Pires Domingues. No projeto original, por exemplo, não havia previsão de obras de acessibilidade e nem o projeto de iluminação ornamental. Tudo isso precisou ser feito pela atual administração", afirmou o secretário de Obras, Sérgio Issas.

Desde que assumiu a Prefeitura, em janeiro do ano passado, Edinho e sua equipe têm feito críticas ao ex-prefeito Valdomiro Lopes (PSB) sobre problemas nas obras de mobilidade urbana.

Em entrevista ao Diário no final de 2017, o prefeito disse que o primeiro ano de governo teve como principal meta "corrigir projetos" de Valdomiro. Ele reclamou, por exemplo, de falhas nos corredores exclusivos de transporte coletivo. Parte da obra terá de ser refeita. A Prefeitura colocou a culpa na empresa ATP Engenharia, responsável pela elaboração dos projetos.

As obras de mobilidade são realizadas pela Constroeste, que ganhou quatro licitações, como a da construção de novo terminal de transporte coletivo, viaduto de acesso à zona norte, corredores de ônibus, e o viaduto da avenida João Mesquita, que será liberado para o trânsito neste sábado, 14.

O secretário de Obras, Sergio Issas, ressaltou ainda que todas as possíveis interferências da obra nas redes de esgoto, elétrica e de telefonia já foram previamente definidas.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso