Diário da Região

27/04/2018 - 00h00min

MACAUBAL

Araras são atração especial

Cidade está no Planalto Ocidental Paulista e rodeada pelo Cerrado, mas as imponentes palmeiras imperiais dominam o cenário urbano

Simone Paro/colaboração Casal de araras-canindé, fotografado na praça da Fonte
Casal de araras-canindé, fotografado na praça da Fonte

Um grupo de araras-canidé adotou Macaubal como lar. Todas as manhãs, elas acordam os moradores próximos à praça da Fonte com sua algazarra e passam o dia visitando diferentes áreas da cidade e propriedades rurais próximas.

As aves são a mais nova atração da cidade, que já foi lugar dominado por pés de macaúba. Hoje, uns poucos pés desta árvore ainda podem ser encontrados na zona urbana, cenário agora dominado pelas enormes palmeiras imperiais que se enfileiram em vias públicas e na frente de imóveis.

O município está localizado no bioma Cerrado, formado por vegetação densa, caracterizada por arbustos e gramíneas, com árvores de pequena altura e tortuosas.

Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) indicam que a arborização das vias públicas chegam a 99%, com base no Censo 2010.

Com área de 248,08 quilômetros quadrados, localizado na latitude 20º48'21" sul e longitude 49º57'50" oeste, o município encontra-se a 516 metros do nível do mar. Para se ter ideia do isso representa, se fosse possível construir um canal para trazer um braço do Oceano Atlântico até o centro da cidade, a água estaria aos pés de um penhasco com mais de 500 metros de altura.

Macaubal está encravado no Planalto Ocidental Paulista, formado a partir de bacias sedimentares do Paraná, com rochas do período cretáceo e sedimentos do cenozoico constituídas por arenitos do Grupo Bauru e basaltos da Formação Serra Geral, além de depressões tectônicas.

Seu relevo é tabuliforme ou colinosos, caracterizado por uma sequência de camadas sedimentares horizontais ou subhorizontais, de topos aplainados e colinas amplas.

Seu clima é predominantemente tropical, quente e úmido, com precipitações anuais moderadas.

O principal manancial de Macaubal é o ribeirão Santa Bárbara, que integra a bacia do rio Tietê. É neste ribeirão que, na divisa com Turiúba e Planalto, está a Cachoeira do Caidor, um dos locais muito frequentados pelos macaubalenses principalmente durante os finais de semana. Outro local semelhante é a cachoeira do riacho Doce, também refúgio de lazer para a população do município.

Dentro do perímetro urbano, o local de encontro é na praça da Matriz, paróquia de Nossa Senhora Aparecida. Às quartas-feiras à noite, o local é ocupado pela feira livre e, aos fins de semana à noite, é onde as famílias se encontram para conversar e petiscar nos estabelecimentos próximos.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso