Diário da Região

27/04/2018 - 00h00min

MACAUBAL

Com fôlego para o desenvolvimento

Macaubal chega aos 94 anos com indicadores positivos de crescimento e ações para geração de emprego e renda

Prefeitura de Macaubal Prefeitura de Macaubal, que mantém plano de desenvolvimento para atração de empresas ao município e investe em programas de incentivo aos pequenos produtores
Prefeitura de Macaubal, que mantém plano de desenvolvimento para atração de empresas ao município e investe em programas de incentivo aos pequenos produtores

Macaubal chega aos 94 anos de fundação, comemorados na próxima quarta-feira, dia 2 de maio, com sinais de crescimento e com ações visando seu desenvolvimento sustentável. A cordialidade da população macaubalense está estampada nos símbolos oficiais do município e no comportamento receptivo dos moradores desta localidade que procura conciliar urbanidade e meio ambiente dentro do mesmo espaço urbano

Com indicadores positivos de qualidade de vida, o município mantém um programa de incentivo à instalação de novas empresas na cidade e também a ampliação daquelas já em funcionamento. A iniciativa tem objetivo de estimular a economia local e promover a geração de emprego e renda.

Em outra frente, a administração do prefeito João Florentino Neto (João Tomate) e seu vice, Celso Luiz Ochiussi Penhalves, desenvolve ações focadas no incentivo ao pequeno produtor. Entre elas está a instalação de um barracão de armazenamento para a produção de amendoim e o incremento da produção leiteira.

O município tem população 8.086 habitantes, segundo projeções do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para 2017. A estimativa projeta uma taxa de crescimento de 5,5% sobre o resultado registrado no Censo em 2010, quando a população do município atingiu 7.663 habitantes e apresentava uma densidade demográfica de 30,88 habitantes por quilômetro quadrado.

A pirâmide etária macaubalense demonstra que a maior parte da população encontra-se na fase adulta, indicando estreitamento das faixas etárias mais jovens e consequente desaceleração do crescimento populacional do município.

Mais da metade da população (54,80%) encontra-se nas faixas etárias adultas, compreendidas entre 25 e 64 anos de idade. O universo que reúne crianças e jovens responde por 32,40% da população, sendo a primeira infância (0 a 4 anos) formada por 5,65% dos habitantes, as faixas infanto-juvenís (5 a 14 anos) outros 11,68% e o público jovem (15 a 25 anos), 15,07%. A terceira idade (65 anos ou mais ) congrega apenas 12,80% dos moradores.

Em relação ao gênero, a população apresenta relativo equilíbrio, com 50,6% do sexo masculino e 49,4%, feminino.

Qualidade de vida

Macaubal apresenta indicadores de qualidade de vida positivos, como revela o Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM), estudo realizado com mais de 5 mil municípios brasileiros publicado em 2015, com base em indicadores de 2013.

Conforme a metodologia da avaliação, é atribuída a cada localidade uma pontuação na qual, quanto mais próximo do valor 1, maior o desenvolvimento da cidade. Macaubal atingiu a pontuação geral de 0,7665, considerada de desenvolvimento moderado, segunda melhor classificação entre as quatro consideradas pelo indicador (alto desenvolvimento - acima de 0,8 ponto, desenvolvimento moderado - de 0,6 a 0,8 ponto, desenvolvimento regular - de 0,4 a 0,6 ponto e baixo desenvolvimento - inferior a 0,4 ponto).

Entre os três grandes quesitos considerados, educação foi a melhor pontuada, com 0,8767, seguida por saúde, com 0,7646 ponto, e emprego e renda, com 0,6582 ponto.

Na série histórica desde 2005, Macaubal atingiu neste último levantamento disponibilizado sua melhor pontuação.

Outro indicador positivo da qualidade de vida no município é fornecido pelo Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM), calculado a cada 10 anos pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud). O último dado disponível, com base no censo de 2010, enquadrou o município entre os que apresentam IDHM alto (na faixa entre 0,700 e 0,799), com a pontuação de 0,743.

"O IDHM - Macaubal é 0,743, em 2010, o que situa esse município na faixa de Desenvolvimento Humano Alto (IDHM entre 0,700 e 0,799). A dimensão que mais contribui para o IDHM do município é Longevidade, com índice de 0,844, seguida de Renda, com índice de 0,720, e de Educação, com índice de 0,676", afirma o estudo publicado.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso