Diário da Região

14/04/2018 - 22h03min

SAUDADE

Ex-craques são-paulinos participam da Feijoada Tricolor

Campeões do Brasileiro, Libertadores ou Mundial com a camisa do São Paulo, os ídolos Aloísio Chulapa, Fabão, Vítor, Macedo, Elivelton e Souza passaram o sábado com torcedores em Rio Preto

Johnny Torres 14/4/2018 Macedo, Elivelton, Aloísio Chulapa e Souza (com filho no colo) durante a 2ª Feijoada Tricolor em Rio Preto. Fabão também marcou presença
Macedo, Elivelton, Aloísio Chulapa e Souza (com filho no colo) durante a 2ª Feijoada Tricolor em Rio Preto. Fabão também marcou presença

O São Paulo da última década não deixa saudade e apenas faz seu torcedor sofrer. Mas história do clube tricampeão mundial é muito rica de ídolos, que invadiram Rio Preto na tarde deste sábado, para 2ª Feijoada Tricolor. O meia Souza, ainda em atividade pelo Brasiliense-DF, na quarta divisão do Campeonato Brasileiro, puxou o bonde com o intrépido Aloísio Chulapa, e os ex-jogadores Fabão, Elivelton, Vítor e Macedo.

Uma tarde de tietagem, muita resenha e até comércio do ídolo Macedo, que vendia aos torcedores são-paulinos edição da camisa que usava quando sofreu o pênalti na final da Libertadores de 1992. "É uma camisa histórica, tive essa ideia, o São Paulo autorizou e o projeto está sendo muito bem recebido", disse Macedo, que mora em Americana.

O mais badalado pela torcida era Aloísio, gravando vídeos de recados ao torcedores rivais e virando o famoso copo duplo de 'danone'. "Bateu na capa do Batman não tem para ninguém, não. Tem bimundial, comemora!", soltou em um vídeo.

Mas também não fugiu de comentar o momento de transição do Tricolor. "Não é de uma hora para outra, aos poucos o São Paulo vai montar um time de nível, como montou na era Telê (Santana), na era Muricy (Ramalho), Paulo Autuori. E, se Deus quiser, vamos conquistar títulos", disse Aloísio. "O São Paulo é grande, é o maior de toda história maior do mundo. E o amor que tenho para ele é o maior que um ídolo sente. Vamos apoiar até o final, como fizemos ano passado. Não caímos e, nesse ano, vamos apoiar mais ainda para conquistar o título."

Outro herói da Libertadores e do Mundial de 1992 presente foi Vítor, que hoje apenas cuida de sua casa em Mogi Guaçu e dedica seu tempo ao futevôlei e ao futebol beneficente. "Torço muito pelo São Paulo, pelo Rai, pelo Ricardo Rocha, claro que quando o treinador chega a gente torce pra arrumar a casa. Ver o Corinthians, Palmeiras e o próprio Santos com um elenco melhor, deixa a torcida revoltada", disse Vítor.

Vítor guarda com carinho a conquista do Mundial, algo inimaginável para um menino da base do clube. "Por ser um garoto veio da base, com um treinador (Telê) que foi um pai, o primeiro mundial ninguém pode apagar", recorda.

Fabão, que foi campeão mundial em 2005, aposentou há quatro anos, mas o esporte ainda faz parte de sua rotina de vida. Musculação, boxe, jiu-jitsu. Será que alguém encara? "Agora sei dar canelada, jogar no chão, né, mas é mais para autoestima, é muito bom, falo para todos meus amigos praticar artes marciais. Hoje sou outro, era um cara um pouco mais estressado, agora sou paz e amor", brincou o defensor, não deixando de falar o momento do clube também. "É um time acostumado a ganhar títulos, Libertadores, Brasileiro, e faz tempo que o São Paulo não ganha, mas o elenco é muito bom e a camisa nem se fala, é o manto. Com o tempo vai dar certo", afirmou o ex-zagueiro.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso