X

Diário da Região

01/04/2018 - 00h00min

NINGUÉM ESCAPA

Saiba identificar quando você passa por um inferno astral

Você pode transformar o período que antecede seu aniversário no seu melhor período

Pixabay/Divulgação Ilustração da matéria sobre
Ilustração da matéria sobre "paraíso astral"

Não são poucas as pessoas que morrem de medo e juram que todo ano ficam muito mal durante o mês que antecede sua revolução solar, ou aniversário. A data do aniversário vem chegando e já vai ficando com medo. Sabe aquele projeto que não deu certo no período? Pronto, já colocam a culpa no inferno astral. Mas, afinal, isso existe? Calma, a resposta é não. Como em todos os momentos da vida, isso vai depender de como você lida com as rupturas provocadas durante as mudanças de energia que ocorrem na transição do ciclo entre um signo e outro. Isso significa que você pode transformá-lo em um paraíso astral.

Na crença popular, inferno astral é o período de 30 dias que antecede o aniversário, ou a revolução solar, como se chama na astrologia. Para a Astróloga Maju Canzi, essa crença é facilmente explicada pelas mudanças bruscas pelas quais passamos durante as mudanças energéticas entre os diferentes signos do zodíaco. "Pessoas que aceitam mais facilmente as rupturas vão passar por momentos assim de forma mais tranquila, porém, para pessoas mais avessas a mudanças, esse período pode ser um verdadeiro inferno", enfatiza Maju.

A explicação é simples: a cada 365 dias, tempo que o sol leva para dar uma volta completa no zodíaco, temos um signo ascendente do ano, ou seja, aquele que dará o ritmo dos acontecimentos gerais desse ano. Maju lembra que existem quatro grupos de signos, referentes aos quatro elementos, e eles têm energias bem diversas. "Se temos um ano cujo ascendente é um dos signos de fogo (áries, leão, sagitário), a tendência é que seja um ano com mais movimento, por exemplo, já que a ação e o impulso são características desses signos. Se o ano tiver um ascendente do elemento água (câncer, escorpião, peixes), sentiremos mais profundidade nos assuntos. Se o ascendente do ano é de ar (gêmeos, libra, aquário), mais relações e trocas e, se for terra (touro, capricórnio, virgem), provavelmente será um ano de produtividade", complementa ela.

Para quem não entende de astrologia, isso parece não ter muita influência na crença sobre o inferno astral. Mas Maju reflete: "se saímos de um ano de ascendente em fogo, super movimentado, para um ano de ascendente em água por exemplo, que pede mais introspecção e observação, podemos sentir uma mudança brusca de energia, e considerar isso um caos ou um verdadeiro inferno astral, porque não estávamos esperando o banho de água fria." Para a astróloga, a crença no inferno astral vem da falta de conhecimento sobre como e por que as mudanças acontecem. "Podemos pensar: "estava tudo indo tão bem, por que parece que, do nada, tudo parou? O que se chama de inferno astral, nada mais é do que uma mudança de ciclo", finaliza Maju.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso