Diário da Região

10/03/2018 - 00h30min / Atualizado 09/03/2018 - 19h06min

Painel de Ideias

As preferidas de Deus

É, ainda, a fé da Sueli, mãe da Maria Fernanda Zavanella Cruz, a Fer. Sua filha, vítima de paralisia cerebral, foi desenganada pelos médicos. Sua fé, robusta, se rebelou contra os prognósticos e fez acontecer na vida da filha

Divulgação Elma Eneida Bassan Mendes | elma@comecaocomeco.com.br
Elma Eneida Bassan Mendes | elma@comecaocomeco.com.br

Foi até engraçada a conversa. De repente, a pessoa sapeca essa: "Porque eu sou a preferida de Deus. Eu sou a filha dileta dele. Minha fé é muito grande." Por uma fração de segundos, pintou até um ciúmezinho de Deus. Uai, gente, eu que pensava ser o chamego Dele!? Deus que me livra de cada enrascada, me ama tanto, e agora a filha preferida de Deus é ela? O ciúme durou pouquinho, logo um sorriso gostoso dissipou a sombra da dúvida. Lógico que Deus me ama com predileção também. É esse o seu segredo e prazer: fazer com que cada um se sinta único, especial, amado, querido e preferido.

Mas o que me chamou a atenção foi a afirmação: "minha fé é muito grande." Talvez, nem precisasse ser tão grande. Do tamanho de um grão de mostarda, como Jesus - o filho de Deus - disse, já está de bom tamanho para acontecer maravilhas. Se a nossa fé for semelhante a um grão nada nos será impossível, porque o poder, amor e graça pertencem a Ele e não a nós. Pensei no tipo e na qualidade de fé das mulheres. De cada mulher. Uma fé de qualidade. De atitude. De procedência. Racional e espiritual, de oração, mas também de agir, que alegra o coração de Deus.

O que eu sinto e o que eu já vi e vivi me dão a certeza de que a mulher tem a fé do tamanho e do jeito certos pra ir adiante, pra fazer acontecer, sem pestanejar. É uma fé de estratégia, colaborativa, de parceria. Nada de só ficar esperando, de boa, na sombra. Na moita. Não. Deus capacita a fé da mulher, ela vai lá e faz. E aí Deus só fica olhando, aplainando caminhos e, sorrisão largo, todo orgulhoso, comemorando: "essa é a minha garota"!

São infinitos os casos de fé - traduzida também como dependência e coragem em Deus - de tantas e tantas mulheres. É a mãe que mergulha na enchente, sem saber nadar e salva o filho que se afogava. É a mulher que abre mão de um rim para dar uma nova chance de vida ao marido, a irmã ou a uma amiga. É a mulher que enfrenta por anos e anos, longas horas de fila, humilhação e revista íntima para visitar e acarinhar filhos, filhas, amigos, amigas, maridos, companheiras nas penitenciárias.

Essa é a fé que agrada a Deus. É, ainda, a fé da Sueli, mãe da Maria Fernanda Zavanella Cruz, a Fer. Sua filha, vítima de paralisia cerebral, foi desenganada pelos médicos. Sua fé, robusta, se rebelou contra os prognósticos e fez acontecer na vida da filha. Essa semana, no auditório da Acirp, aos 34 anos de idade, a filha - a quem os médicos desenganaram - lançou seu terceiro e sensacional livro de poesias. Recomendo demais a leitura da obra "Vou te contar". Eis um dos poemas da Fer sobre o que é surfar na garantia do amor de Deus, que nos honra: "O peso da minha leveza é a fé com certeza." Sueli, Fer, você, a mãe da enchente, das cadeias, eu, todas nós e a nossa fé. As preferidas de Deus.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso