Diário da Região

11/03/2018 - 00h30min / Atualizado 11/03/2018 - 00h30min

Cartas do Leitor

Livramento

Irreparável o editorial do Diário deste sábado. Vereador mais votado em 2016 se livra de acusação de compra de votos. Diz o mesmo que tomou "por aprendizado" a carraspana pela qual passou. Ainda no editorial menciona-se a cegueira da justiça. Há que se discordar pois a justiça se rende às inúmeras brechas recursais que compõem todos os Códigos de Leis deste país.

Restou ao povo não saber mais o que é prova num processo. No caso em questão a prova não teve caráter probatório, a prova não tinha prova, a prova foi desaprovada, a prova foi "forjada" pelo MP e PF. Aliás, sobre isto o julgador deve ter ficado com a impressão de que o MP e PF locais ainda são do tempo que se amarrava cachorro com linguiça. Faltou cacoete para as funções na obtenção das improváveis provas.

Da decisão judicial sobrou só o famoso "Cumpra-se". Nada a contestar. Resta ao agora inocentado vereador aguardar o julgamento final a ser dado nas urnas daqui a dois anos. Estará nas mãos do eleitor, com ou sem provas. Que seu "aprendizado" o ajude.

Wéliton de Oliveira, Rio Preto.

Idosos

Idoso é velho? Antes de responder esta pergunta, vamos definir o que a palavra velho quer dizer. Segundo entendo, é tudo aquilo que está gasto pelo uso e que não serve pra mais nada; ou seja, próximo da morte. Sendo assim, idoso não é velho e, sim, pessoa num processo de envelhecimento que não deixa de ser constante desde o nascimento.

Para reforçar esta tese, vamos fazer uma suposição, onde duas pessoas servirão como exemplo, uma de 70 anos e outra, seu filho, de 50 anos de idade. Supondo que esta pessoa vá morrer com 90 anos, ou seja 20 anos depois, e seu filho com 60 anos, 10 anos depois. Se velhice é pra quem está próximo da morte, quem é mais velho no caso, - o pai ou o filho?

Este exemplo serve para analisarmos esta questão de velhice. Conheci caso de pessoa com 70 anos fazendo faculdade de enfermagem e pessoas com 50 anos de idade achando-se velha para tanto. A pessoa pode ficar velha pra certas coisas como fisicamente mas, não para todas as coisas.

Como não temos data marcada para morrer, nunca devemos achar que estamos velhos, a não ser no leito de morte. E exigir direitos, pois já fizemos a nossa parte e não será agora na melhor idade que vão nos querer tirar vantagens como a de ser melhor cuidados se cuidamos quando nos foi necessário.

Cesar Maluf, Rio Preto.

Comunismo

Comunismo é uma doutrina social e foi usada por Lenin em 1917 para mobilizar o povo russo submetido ao cruel e sanguinário império dos Czares. A rebelião proletária que derrubou a monarquia foi uma insurreição violenta e determinada que logrou êxito. Porém, já no ano seguinte, em 1918 foi sucedia pela República Socialista Federativa Soviética da Rússia. Portanto, comunismo nunca foi regime de governo, inclusive porque é anárquico e por isso não aceita a figura do chefe.

Os dois grandes lideres mundiais juntos venceram a Segunda Guerra e dividiram o mundo em duas áreas de influência. No oeste, os Aliados, e a leste, a ditadura Russa, a quem o eficiente marketing americano atribuiu a pecha de comunistas (violentos).

Estados Unidos e Rússia protagonizaram a "guerra fria" que não foi mais do que uma guerra midiática, onde um se dedicou a demonizar o outro. Aqui, que foi (e ainda é) zona de influência dos americanos, eles usaram a imprensa e o cinema para cooptar a inocência dos menos avisados, e criarem uma procissão de alienados que até hoje se exorciza ao ouvir a palavra "comunista".

Norberto Carlos Dieguez, Rio Preto.

Presidenciáveis

Existem onze pré-candidatos supostamente presidenciáveis, sem nenhuma credibilidade até agora. Talvez, a partir de abril, os partidos possam se organizar e lançar seus candidatos ainda com os mesmos costumes políticos-eleitorais vigentes. Outra coisa, há uma forte tendência do voto impresso junto com a urna eletrônica, para evitar fraudes.

Vencerá o candidato que apresentar um projeto de governo voltado para a Educação, Saúde, Segurança, Transportes, combate ao desemprego e a violência, além de manter as reformas necessárias, das quais a população está carente há muito tempo. Completando a opinião, caberá ao eleitor, através do voto, saber escolher melhor os futuros parlamentares do Congresso Nacional, que não estejam comprometidos com o crime de corrupção. Quem viver, verá!

Nelson Nagib Gabriel, Rio Preto.

Emenda do milhão

Votei em um desses vereadores, mas se continuarem com esta sandice ("emenda do milhão"), além de meu voto perderão mais quinze de minha família. São incompetentes e querem se reeleger as nossas custas com nosso salarinho. E não é pouco, são R$ 1 milhão para cada vereador, isto é todo ano, para gastar como quiserem. Todos nós temos oportunidades a alguma coisa, basta saber de que lado queremos estar. Sejam honestos que poderão ser até chegar a presidente da República.

Façam algo que não envergonhe quem quer trabalhar honestamente. Crianças, adolescentes precisam de atenção, querem sair das drogas e não têm ajuda. Não podemos ficar de braços cruzados, esperando o que pode acontecer. Como a intervenção no Rio de Janeiro, esperam tanto e agora será que vai resolver alguma coisa. Acorda Rio Preto!

Aparecida Francisca de Moraes Lombardi, Rio Preto.

Santa Casa 1

"Santa Casa transporta pacientes de maca pelo meio da rua" - Diário da Região. Isso é um descaso pelo paciente principalmente com câncer, que a imunidade dele é baixa Que nosso prefeito e nossos vereadores olhem por isso, que tenham uma resposta para a população de São José do Rio Preto.

Nossa área da saúde está precária, principalmente com a saída do hospital Ielar, que hoje faz muita falta. Temos dois grandes hospitais, mas só um que corresponde à nossa cidade.

Claudia Luzia Oliveira, via portal do Diário, Rio Preto.

Santa Casa 2

Eu estava lá e vi isso acontecendo. É um descaso. O maqueiro, coitado, com o maior cuidado e atenção. E sorte que tinha um familiar para ajudar. Gente, acho que está na hora da gente começar a fazer alguma coisa por Rio Preto.

Silvia Pires, via portal do Diário, Rio Preto.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso