Diário da Região

08/03/2018 - 00h33min / Atualizado 08/03/2018 - 00h33min

Cartas do Leitor

Violência

Gostei do artigo do presidente da Câmara de Rio Preto, Jean Charles Serbeto, ("Superação da violência") publicada dia 6/3, neste Diário. De fato, o combate às várias formas de violência pelas polícias ataca as consequências e não as causas. As causas da violência são inúmeras, mas penso que provavelmente a principal delas é a histórica desigualdade social no Brasil, que está atrelada à falta de investimento em educação de qualidade.

E quando se fala em educação, não é somente do prioritário ensino formal, mas deve-se atentar também para o investimento em cultura (livros e as multivariadas manifestações artísticas). Somente os livros e as artes em geral nos fazem ver a vida sob uma perspectiva humanista e nos tornam mais humanos.

Demorará anos para se diminuir a desigualdade social em nosso Brasil e dependerá de governantes que façam da gestão pública, do interesse público, prioridades absolutas. A construção da cidadania e de uma vida digna para a maioria dos brasileiro não é tarefa para qualquer governante. Quem quiser se inteirar mais do assunto da cidadania, é uma boa pedida ler o livro "Cidadania no Brasil", subtítulo: "O longo caminho", do cientista político e historiador brasileiro José Murilo de Carvalho (1939), livro que já está em sua 22ª edição (editora Civilização Brasileira).

Wander Cortezzi, Rio Preto.

Globo

Querem saber que Brasil queremos para o futuro, como se não soubessem que queremos um país de menos corruptos, com menos impostos e uma melhora nos índices de criminalidade, saúde e educação. Nas chamadas, proclamam que este ano teremos eleição para presidente e o que queremos saber. Será que querem subsídios para o discurso de "salvador da pátria" a ser lançado como seu escolhido? Sim, porque toda vez que sentem que a sucessão vai ser difícil, lançam um desconhecido, como foi o caso do Collor e Dória.

Meu desejo, por exemplo, e mandei dois vídeos, é de um governo sem ditadura, e explico por que. Digamos que muitos vídeos seguiram esta linha, a favor ou contra. Poderão usar em benefício do escolhido, desde que não divulguem que foi numa maioria de vídeos, os quais não temos como saber.

Explicar que as eleições não são só para presidência da República e que a eleição do Legislativo é bem mais importante, pois é o poder dos poderes, eleitos para nos representar, já que votamos displicentemente, esquecendo até em quem votamos

Cesar Maluf, Rio Preto.

Rillo

Frase enaltecida pelo cidadão Olavo Tarraf parece ter apertado os calos de alguns vereadores. Se tal carapuça lhe servir, certo a sua defesa. E neste caso, importante salientar que: o sentido da fala de "para que serve os vereadores" logicamente é muito mais além de um confronto direto. O comentário sugere uma reflexão da sociedade sobre o que realmente os representantes do povo no legislativo estão fazendo de fato em benefício do cidadão.

Aumentar seus limites de gastos? É disso que o povo precisa? O povo quer qualidade de vida, com sistema de saúde que funcione, transporte adequado, segurança e educação. E nisso infelizmente os vereadores não fazem por merecer seus salários, pois não se busca nenhuma melhoria de tais serviços. E na visão de um gestor privado, essa ineficiência requer a substituição imediata dos colaboradores envolvidos.

Vereadores se apoderam de seus cargos e criam uma falsa ideia de que trabalham para a população, mas na verdade se organizam para se perpetuarem em seus postos na famosa dança das cadeiras.

Jorge Antonio Sidericoudes, Rio Preto.

Mulheres

Falar o quê? Todo mundo fala, bem, mal, fala da mãe, da mulher, da esposa, sogras, filhas, noras. Mulher, tem homem que não te vê. Coitado, não sabe o que está perdendo. Tem outros que exageram, não respeitam. Coitados, não sabem que talvez não exista vida sem vocês.

Ao se comemorar o seu dia, digo que seus dias são todos. Vou colocar vocês fortemente em minhas orações. Sorria, sorria sempre. Se não for hoje, que seja amanhã. Que todas as mulheres do mundo façam brilhar sua luz. Parabéns a todas e principalmente àquela que cuida de mim.

João Antonio Pereira Junior, Rio Preto.

Lula

O momento é o mais propício possível para podermos saber qual o critério plausível em uma decisão de magistrados em suas funções de proferir sentenças. A decisão quanto a prisão e condenação em segunda instância já foi votada e aprovada pelo STF, e hoje com o caso do Alibabá estão tentando encontrar subterfúgios para protelar sua prisão, pois preso ele será.

Hoje vou me ater exclusivamente a uma pergunta: por que até agora nenhum sindicato ou magistrado se manisfestou dando sua opinião sobre a conduta de colegas da toga do STF sobre suas decisões que são consideradas pela sociedade parciais, e partem para cima quando o assunto é auxílio-moradia?

Juiz do Supremo teria que ser eleito pelos seus pares, em listra tríplice, nunca pelo presidente da República, ou então em concurso com as devidas precauções, pois este País é perigoso. Excelências, coloquem-se em seus devidos lugares e defendam o povo sofrido.

Marcos Reis, Rio Preto.

Atentado

Em atenção à reportagem "ABI cobra Alckmin sobre atentado", a SSP esclarece que  o incêndio ao veículo de um jornalista, ocorrido no ano passado, é investigado pela DIG de São José do Rio Preto. Imagens de câmeras de segurança foram analisadas, testemunhas e a própria vítima foram ouvidas, além de dois suspeitos, porém até o momento não foi possível se chegar a autoria do crime. A Polícia Civil solicita que qualquer pessoa que tenha informações a respeito, procure a autoridade policial mais próxima ou entre em contato pelo Disque Denúncia.

A pasta ainda afirma que não há falta de recursos para as polícias paulistas. Para a região de São José do Rio Preto, desde 2011, foram adquiridas 154 viaturas para a Polícia Civil da região, um investimento de R$ 10.896.230. Além disso, no período, foram contratados 229 policiais civis e técnico-científicos para reforçar o efetivo policial. Em 2017, o governador autorizou ainda a abertura de concursos para a categoria, totalizando 2.750 vagas para delegados, investigadores e escrivães. Outros 825 agentes estão na Academia em curso de formação e serão distribuídos para as regiões do Estado.

Gabriela Risso, Secretaria de Estado da Segurança Pública.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso