Diário da Região

08/03/2018 - 00h31min / Atualizado 08/03/2018 - 00h31min

Artigo

O que vi e vivi na Educação

"A profissão é sagrada; o local de trabalho, apenas um acidente"

Num dia quente de fevereiro toca o telefone. É a aposentadoria chegando. Sem cerimônia, a se instalar nos últimos anos de minha vida. Vida esta rica e profícua, onde tive, como amiga certa das horas incertas, a Educação. Por 50 anos. Nela e, por ela batalhei, lutei, briguei, errei muito e acertei um outro tanto.

Companheira e tirana, amiga e déspota, fez-me por obrigação de ofício e também por gosto pessoal, olhar nos olhos das crianças, jovens e adultos, tendo como fundamentação e recorte, o compromisso inadiável e a responsabilidade de instruir, formar, educar e orientar.

Durante todo esse tempo, andamos por muitos lugares: cidades, comunidades escolas de elite, favelas e vilas operárias, regiões distantes de centros urbanos e não tão confortáveis. Onde estivemos de frente, com os pés fincados no chão de instituições educacionais, públicas e privadas, regulares, profissionalizantes, governamentais e não governamentais, formais e informais.

Fazendo mudança, na acepção "scriptu sensu" do termo, engavetando livros, coisas pessoais, textos, e refletindo sobre esses últimos 50 anos. É grande a emoção e o balanço dessa quase Bodas de Ouro. Passa então, um longo filme na cabeça. Trem tomado em 1968 e onde foram se somando vagões ao longo de cinco décadas.

Aposentadoria... Inexorável e necessária. Palavra que nos conduz a reflexões e análises não só como partícipe, mas também como espectador. Passamos os olhos nos livros, apostilas e textos, grifados, anotados, que o tempo foi esmaecendo e pouco a pouco ficando quase ilegível. Sentimentos de alegria e tristeza se debatem, manifestando-se ao mesmo tempo.

Os escritos da década de 70, 80, 90, anos 2000 a 2018, remetem-nos a lugares onde trabalhamos, exercendo nosso ofício de ensinar. Ou seria de educar? E vamos às fotos. Às músicas. Aos alunos. Aos colegas. Desde o início em Rio Preto... Tucuruí no Pará... Recife, Natal, João Pessoa, Brasília. São Paulo... São Carlos... Guaratinguetá... Jaú... E retorno a Rio Preto há 20 anos.

Experiências fortes. Orgânicas. Emocionantes. Alegria e tristeza. Sempre. Êxitos e reveses. Crianças, jovens e adultos - alunos e colegas de profissão, que institucionalmente estariam sob nossa batuta na execução de seus ofícios.

E a cada dia, fomos nos comprometendo mais e mais com aquilo tudo. Meninos em situação de vulnerabilidade social, alunos de escolas regulares com dificuldade de aprendizagem, a violência entrando para dentro dos muros da escola, situações familiares complicadas que acabam por resvalar na Escola, e uma sensação de impotência para o exercício pleno da profissão.

Fomos ao longo desses três últimos anos amadurecendo a ideia de "sair de cena". Sempre fiel ao princípio que norteou toda nossa vida profissional. "A profissão é sagrada: o local de trabalho, apenas um acidente".

E, ao me despedir, no último dia 28 de fevereiro, tive absoluta certeza, pela reação das crianças da escola onde estava como Diretora, ter dado o meu melhor à Educação, a amiga certa, das horas incertas.

Corintha Maria Barreto Medeiros, Educadora, Rio Preto.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso