Movimento também critica projeto de leiÍcone de fechar Fechar
    • São José do Rio Preto
    • máx min

Sindicatos que integram o MSU (Movimento Sindical Unificado) entregaram a cada um dos vereadores de Rio Preto carta de repúdio ao projeto de Paulo Pauléra (PP) que libera o funcionamento do comércio de rua em qualquer horário, incluindo finais de semana e feriados. O movimento representa 15 sindicatos, como o dos bancários, dos trabalhadores da indústria e de empregados em postos de gasolina. O projeto de Pauléra já havia sio criticado pelo presidente da Federação dos Comerciários, Luiz Carlos Motta, que usou a tribuna livre a para atacar proposta. Apoiado pelos comerciantes, o vereador afirmou que não irá retirar o projeto.