Diário da Região

03/03/2018 - 00h31min / Atualizado 03/03/2018 - 14h52min

O QUE PASSOU, PASSOU!

AO VIVO - Jacaré estreia Catanoce contra o Capivariano

Na estreia do técnico Paulo Cezar Catanoce, o Rio Preto entra em campo com mudanças para tentar voltar a vencer, após cinco tropeços, e entrar novamente na briga por vaga nas quartas de final da Série A-3

Guilherme Baffi 2/3/2018 Mayc ganhou a vaga do contestado Marcelo Vilella na ala esquerda do Rio Preto
Mayc ganhou a vaga do contestado Marcelo Vilella na ala esquerda do Rio Preto

Mudança de atitude para recomeçar sua caminhada rumo ao acesso após cinco tropeços. Isso é o que prega o Rio Preto na estreia do técnico Paulo Cezar Catanoce neste sábado, 3, no duelo contra o Capivariano, às 15 horas, no estádio Anísio Haddad, em Rio Preto, pela 14ª rodada do Campeonato Paulista da Série A-3.

Sucessor de Rodrigo Fonseca, Catanoce foi apresentado na quinta-feira e fez apenas dois treinamentos com a equipe após a sonora goleada de 4 a 0 sofrida diante do Desportivo Brasil, em Porto Feliz. O novo técnico fez poucas mudanças em campo, mas quer mais disposição de seus comandados. "Precisa de algo a mais, atitude, dar aqueles dez piques a mais, simplificar e ter a motivação de jogar pelo clube, pela estrutura fantástica que está dando, melhor que muitos clubes do interior de São Paulo", disse Catanoce.

Ex-volante de América, Corinthians e também do Rio Preto, em 1994, o treinador demonstrou estilo imponente no treino de posicionamento e bola parada.

Serão duas novidades em relação ao time que foi goleado pelo Desprotivo Brasil: o retorno de Jean Batista à lateral-direita, após cumprir suspensão, e, por opção, Mayc na lateral-esquerda, substituindo Marcelo Vilella. "Estou feliz pela oportunidade de voltar, o tempo que fiquei fora estive trabalhando forte esperando uma chance. É fazer o que ele (Catanoce) pediu para buscar as vitórias novamente", disse Mayc, titular nas primeiras rodadas. "O Capivariano vem forte na competição está no G-8. Mas, em casa, vamos nos impor independentemente da posição na tabela. Vamos esquecer o que passou e começar uma nova caminhada."

Jean Batista engrossa o coro. "É recomeço né, a gente vem de cinco resultados adversos e voltar é bom, atleta quer sempre estar jogando. Agora é abraçar o projeto do Catanoce e ganhar do Capivariano", disse Jean, que ano passado esteve bem perto do acesso ao A-2 com o Monte Azul.

O Capivariano, do técnico Roberval Davino, ex-América e Rio Preto, é o terceiro colocado do A-3, com 25 pontos, enquanto o Rio Preto soma 18, em 12º lugar. Catanoce eloigou o rival. "É um time que tem posse de bola, atletas de qualidade boa e que gosta de jogar. Vamos ter que achar uma alternativa pra interceptar isso, com marcação forte e buscar o gol. Estamos percebendo nos dois treinamentos que estão vibrantes para busca isso", disse o treinador do Jacaré.

Ficha técnica

RIO PRETO

Poti; Jean Batista, Emerson, Henrique Perrucci e Mayc; Caio César, Jo, Jonatas e Léo Ribeiro; Édipo e Jônatas Obina. Técnico: Paulo Cezar Catanoce.

CAPIVARIANO

Christofer; Welder, Gutierrez, Rodrigo Sabiá e Lucas Praxedes; Fábio (Rambo), Matheus, Ademir Marques e Bruno Sabiá; Pedro e Vini. Técnico: Roberval Davino.

Árbitro: Kleber Canto dos Santos. Local: estádio Anísio Haddad, em Rio Preto, neste sábado, 3, às 15 horas. Ingressos: R$ 20 (arquibancada). Há meia-entrada para estudantes credenciados, aposentados, maiores de 60 anos, crianças até 12 anos e mulheres.

Olímpia recebe o lanterna

É matar ou morrer para o Olímpia no duelo contra o lanterna Mogi Mirim, neste sábado, às 16 horas, no estádio Tereza Breda, em Olímpia, pela 14ª rodada do Campeonato Paulista da Série A-3. O Galo Azul está muito perto da zona de rebaixamento com 16 pontos, já que o União Barbarense é o primeiro no Z-6 com 15 pontos. E o Mogi Mirim, por sua vez, pode ser rebaixado matematicamente ao final da rodada, já que soma apenas três pontos e não venceu ainda. A novidade será a estreia do técnico Angelo Neto.

Se vencer, o Olímpia, além de se distanciar da zona de risco, entra na briga por um lugar dentro do G-8 - zona de classificação para as quartas de final. O técnico do Galo, Marcos Birigui, conta com retorno do meia Diego Alan, após cumprir suspensão, provavelmente no lugar de Luanderson. No ataque, Ben Hur e Rony brigam pela vaga ao lado de Max Pardalzinho e Felipe Fumaça. (OJ)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso