Diário da Região

10/03/2018 - 00h30min / Atualizado 09/03/2018 - 22h52min

SOBRETAXA

Brasil vai recorrer para sair da lista do aço nos Estados Unidos

Divulgação Na última quinta-feira, Trump assinou um decreto oficializando a sobretaxa de 25% nas importações de aço
Na última quinta-feira, Trump assinou um decreto oficializando a sobretaxa de 25% nas importações de aço

O ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic), Marcos Jorge, disse que o Brasil apresentará recursos em dois órgãos do governo dos Estados Unidos contra a decisão de sobretaxar as importações de aço e alumínio daquele país, e que vê chances de o Brasil não ser atingido pelo medida.

"Ficou claro na fala do presidente Donald Trump que países que não representam riscos aos Estados Unidos e não tenham déficit comercial com eles poderão ser excluídos; é o caso do Brasil. Vamos recorrer dentro do processo nos Estados Unidos com todas as medidas possíveis", afirmou. "Queremos que o Brasil seja excluído, assim como o Canadá e o México".

Na quinta-feira, Trump assinou um decreto oficializando a sobretaxa de 25% nas importações de aço e 10% na de alumínio, o que atingirá a indústria brasileira. De acordo com Jorge, a estratégia agora será apresentar recursos no Departamento de Comércio norte-americano e no Escritório de Representação Comercial dos EUA (USTR) contra a decisão no prazo de 15 dias. "Vemos a possibilidade de sermos excluídos da medida ainda no âmbito bilateral", completou.

No recurso, o Brasil reforçará o argumento de que a balança comercial entre os dois países é superavitária para os Estados Unidos nos últimos 10 anos e que há uma complementariedade na indústria siderúrgica entre os dois países, uma vez que mais de 80% do aço exportado para os EUA pelo Brasil é semiacabado.

Além disso, o governo avalia em que momento recorrer à Organização Mundial do Comércio (OMC) contra a medida, o que poderá ser concomitante aos recursos apresentados nos EUA.

"Ainda não está definido o momento, o que já está definido é que vamos recorrer a todas as instâncias", disse.

O ministro, no entanto, evitou falar sobre retaliar outros produtos, apesar de fazer questão de dizer que não estar descartado.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso