X

Diário da Região

07/03/2018 - 23h06min / Atualizado 07/03/2018 - 23h24min

CASO BRF

Funcionária confirma fraude em rótulos

Composto usado na engorda de frangos teria rótulos adulterados

Geraldo Bubniak/AGB A BRF está sendo acusada de fraudar informações de produtos
A BRF está sendo acusada de fraudar informações de produtos

Mais uma funcionária da BRF confirmou à Polícia Federal nesta quarta-feira, 7, que havia adulterações nos rótulos do produto Premix, composto usado para engorda de frangos, para adequação às normas do Ministério da Agricultura. Natacha Camilotti Mascarello foi uma das 11 pessoas presas na Operação Trapaça - terceira fase da Carne Fraca. Funcionária até hoje da empresa, ela foi solta após o depoimento - oito pessoas ainda estão presas.

O Premix é utilizado como complemento vitamínico e mineral às rações fabricadas pela empresa. A suposta burla investigada pela PF e pelo Ministério Público Federal na unidade de Chapecó (SC) estaria em "inserir componentes não permitidos, seja por alterar as porcentagens dos componentes indicadas nas etiquetas".

"Recordo que no dia da alteração da tabela receberam uma ligação de outra fábrica do Grupo BRF, indicando eventuais vulnerabilidades quanto aos processo de fiscalização", contou Natacha, ao delgado Maurício Moscardi Grillo. "Havendo possibilidade de a fábrica de Chapecó-SC passar pelo mesmo processo de fiscalização, entenderam haver necessidade de alterarem os rótulos, deixando-os adequados aos normativos do Mapa."

Na terça-feira, 6, a ex-funcionária Tatiane Alviero, que revelou internamente o problema e gerou as investigações da Trapaça nesse setor, confirmou as supostas fraudes.

Uma sequência de e-mails, iniciada em 23 de fevereiro de 2015, intitulada "Alterações Premix - Auditorias/Fiscalização Mapa", de Tatiane Alviero para Fabiana Rassweiller de Souza, relata "situação que estava ocorrendo rotineiramente na fábrica de Premix de Chapecó", sobre necessidade de burlar em muitos casos rastreabilidade do material para apresentação em auditorias.

As fraudes no composto integram uma das quatro frentes de fatos ilícitos que a Carne Fraca apura e levaram para a cadeia na segunda-feira 11 pessoas ligadas à BRF, entre elas o ex-presidente do grupo Pedro de Andrade Faria (2015 a 2017).

Tatiane enfatiza em um dos e-mails que em lote do dia 20 de fevereiro de 2015 tiveram que alterar 65% dos Premixes. E escreve: "Como raramente declaramos corretamente os produtos, é necessário reavaliar todos".

Defesa

A BRF informou que os processos de produção do Premix "seguem normas técnicas nacionais e internacionais" e pela rastreabilidade do produto é possível identificar tudo o que foi incluído.

"As fábricas da BRF que produzem o Premix são registradas e certificadas pelo MAPA", diz nota da empresa. "A última auditoria do MAPA na BRF ocorreu em outubro de 2017, e todos os parâmetros estavam devidamente dentro das normas."

Segundo a BRF, "os e-mails revelados pela investigação em curso são de três anos atrás". "O teor das mensagens está sendo investigado pela empresa."

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso