X

Diário da Região

31/03/2018 - 15h21min

CIRCO

Quiprocó mostra a astúcia do palhaço brasileiro

Peça tem comando de Fernando Sampaio e direção musical de Fernando Paz

Divulgação Espetáculo Quiprocó, da Trupe Koskowisck, é destaque deste domingo, no Sesc
Espetáculo Quiprocó, da Trupe Koskowisck, é destaque deste domingo, no Sesc

Não importa se o palhaço tropeça ou leva torta na cara, porque ele sempre segue feliz e disposto a tirar o sorriso do rosto de uma pessoa, em especial das crianças. É por isso que entra geração, sai geração, e o humor circense continua a atrair o público. Até mesmo aquela galerinha que só sabe falar de youtubers consegue se desconectar do celular e se ligar nas trapalhadas dos palhaços. E quem diz isso com muita propriedade é a Trupe Koslowisck, de Sorocaba, que apresenta neste domingo, às 15h, o espetáculo Quiproquó, no Sesc Rio Preto, sem necessidade de retirar ingressos.

Com direção de Fernando Sampaio e direção musical de Fernando Paz, Quiprocó tem uma linguagem circense e popular, com esquetes tradicionais, encenadas por Geisa Helena e Alexandre Malhone. Tudo gira em torno de uma apresentação da dupla, mas a surpresa começa quando um dos palhaços se dá conta que o companheiro não apareceu para a apresentação. Resultado: muita confusão.

Juntos, os palhaços descobrem a origem do mundo, mostram habilidades com arco e flecha, lutam boxe e, ainda, realizam uma linda orquestra de garrafas. "Tudo com muita astúcia. Com a esperteza típica do palhaço brasileiro", afirma.

A trupe trabalha muito com a referência circense de Branco e Augusto, em que Branco é aquele que sabe mais, o dominador, enquanto Augusto é o mais bobo, o manipulado.

"Dizem que o brasileiro é todo malandro e com o palhaço não é diferente. Sempre tem o mais sério, que representa o poder, e o mais bobo, que representa o povo. Então, quando o palhaço tropeça no caminho, a gente se identifica porque na vida temos muitos tropeços e levamos muitas tortas na cara. A gente se identifica indiretamente com o palhaço, não porque ele é uma criança, mas porque ele tem essa rapidez de lidar muito bem com o problema e seguir em frente, tentando novamente e sendo feliz", afirma.

Segundo Geisa, a Trupe Koskowisck já circulou por diversas cidades brasileiras com o espetáculo Quiproquó e já participou de eventos internacionais, como o 9º Festival Patacômico de Clown, em El Bolsón, na Patagônia, Argentina; o 2º Encontro de Palhaços do Mundo, em Fafe, Portugal, e o Festiclown Rivas, em Madri, Espanha, e outros.

Serviço

  • Espetáculo de circo Quiprocó, neste domingo, 1, às 15h, na Área de Convivência do Sesc Rio Preto. A entrada é gratuita e não precisa retirar ingressos antes.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso