Diário da Região

10/03/2018 - 19h35min / Atualizado 10/03/2018 - 19h35min

INVESTIGAÇÃO

PM prende suspeito de latrocínio

Jovem de 19 anos é apontado como um dos autores da morte e roubo de comerciante

Divulgação/Polícia Militar Gustavo Franco Rodrigues, 19 anos, suspeito de cometer o latrocínio
Gustavo Franco Rodrigues, 19 anos, suspeito de cometer o latrocínio

Foi preso na manhã deste sábado, 10, um dos suspeitos de ter roubado e matado o comerciante Márcio Antônio Galhardo, de 50 anos. O crime ocorreu em uma casa nos fundos da loja de móveis usados que a vítima tinha nesta sexta-feira, 9, na rua Oswaldo Aranha, no Parque Industrial, em Rio Preto. A Polícia Militar localizou Gustavo Franco Rodrigues, de 19 anos, após uma denúncia anônima sobre a moto roubada da vítima, que estava em um imóvel abandonado no Nato Vetorazzo.

A perícia encontrou marcas das impressões digitais de Gustavo no veículo. "Em contato com vizinhos conseguimos localizar quem tinha entrado com a moto na residência, que era um vizinho quase de frente com a casa abandonada", afirma a tenente Amalia Paci.

Os policiais chamaram por Gustavo, que tem passagem pela polícia por furto de moto, e ele teria confessado o latrocínio. No momento da captura ele chegou a dizer o nome de um segundo suspeito, que até a tarde deste sábado permanecia foragido. Segundo a PM, na casa onde Gustavo estava, foram encontradas e apreendidas as chaves da moto e as roupas que o jovem utilizava no momento do crime - foi possível reconhecê-las porque circuitos de câmeras de imóveis vizinhos flagraram a ação de pelo menos duas pessoas. Roupas que estavam com manchas de sangue vão passar por perícia.

Ao delegado Wander Solgon, Gustavo disse que o comparsa conhecia Márcio, por isso a vítima abriu a porta da casa de fundos para os dois. Segundo o depoimento, a dupla foi até a casa do comerciante com a intenção de roubar a vítima. O suspeito ainda confessou que o comerciante foi agredido, sem ter reagido ao assalto. "O comparsa agarrou a vítima por trás e o Gustavo começou a espancar com socos até deixar o comerciante desmaiado. Nesse momento amarraram Galhardo, bateram mais um pouco até deixar o homem inconsciente. E só depois revistaram a casa", afirmou o delegado sobre a versão do suspeito.

Sobre um suposto dinheiro de um veículo que o comerciante teria vendido um dia antes do crime, o suspeito disse que não sabia. "Ele (suspeito) disse que revistaram a carteira da vítima, mas não tinha dinheiro. Fala apenas que levaram a moto, dois monitores e uma caixa de som", afirmou Solgon.

Gustavo permanece preso temporariamente por 30 dias. O mandado de prisão foi autorizado pela Justiça neste sábado, 10. Investigação também aguarda resultados da necrópsia do corpo.

Crime

Esse foi o terceiro caso de latrocínio em 2018 em Rio Preto - e já é o 10º assassinato. O comerciante foi torturado, amarrado e morto durante a madrugada. Segundo o coordenador da GCM, Vitor Cornachioni, os guardas encontraram Galhardo com as mãos amarradas com fios elétricos, os pés amarrados com um cinto, com a cabeça coberta e um lençol envolvido no pescoço da vítima. Ainda segundo os GCMs, não foram encontrados sinais de arrombamento na casa.

Testemunhas que trabalham próximo ao comércio afirmaram a reportagem que a vítima sempre foi uma pessoa tranquila e que nunca teve problemas com a vizinhança.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso