Diário da Região

    • -
    • máx min
25/03/2018 - 00h30min

#FICAADICA

Páscoa, muito além do chocolate

Quem tem intolerância à lactose ou ao glúten deve ficar atento na hora de comprar os ovos para evitar riscos à saúde

Com a Páscoa chegando, os tradicionais ovos de chocolate são um "prato cheio" para quem gosta de se deliciar com esse tipo de doce. Eles são de vários sabores, estilos e gostos, inclusive há ovos recheados para comer com colher. Contudo, nem todos podem se deliciar na época mais achocolatada do ano. Quem tem intolerância a um dos ingredientes - glúten, lactose, açúcar - ou diabetes acaba sofrendo mais nesta época do ano.

A nutricionista Natalia Yano Kodama explica que a lactose é o açúcar do leite, e que, para digeri-lo, as pessoas têm de produzir a lactase (enzima). "Muitas pessoas na vida adulta e até mesmo infantil deixam de produzir a enzima. A lactose quando consumida por quem tem intolerância, acaba tendo efeitos no organismo como diarreia, má digestão e refluxo. Nesse caso, as pessoas têm de tirar a lactose da dieta, comprando produtos que não a tenham na composição dos produtos" diz.

Para quem tem intolerância à lactose, hoje em dia existem muitas opções de ovos de chocolate que não tem adição dele em sua composição. "Tem diversas opções e marcas que encontramos em lojas de produtos naturais. Em Rio Preto, temos também várias pessoas que fazem, vendem e anunciam na internet ovos de Páscoa sem glúten e sem lactose" revela a nutricionista.

Diferentemente da intolerância, um outro tipo de barreira para o consumo do chocolate é a alergia à proteína do leite, em que a pessoa não pode consumir nenhum produto que tenha a proteína. "É bom lembrar que existem produtos que tem leite sem lactose, e mesmo assim, quem é alérgico não pode consumir."

"Hoje temos ovos de caseiros que não levam lactose na composição porque produzem o ovo recheado com um leite sem lactose. Por exemplo, quem tem intolerância a lactose pode consumir esse tipo de ovo de chocolate, já uma pessoa que tem alergia à proteína do leite não pode", afirma.

Embora a lactose seja lembrada com maior frequência, a intolerância ao glúten também é problema para muitas pessoas, variando entre cada caso. Alguns ovos de chocolate sem lactose acabam por conter glúten na composição do chocolate, exigindo cautela dos consumidores. "Isso acontece porque na empresa esse chocolate foi manipulado em máquinas que produzem produtos com glúten. Muitas vezes não tem na composição, mas tem glúten de contaminação, então é considerado um alimento com glúten."

De acordo com estabelecimentos comerciais que vendem produtos naturais, a procura por ovos de Páscoa sem glúten e lactose não se restringem apenas para quem possui algum tipo de intolerância alimentar, mas também às pessoas que fazem dieta por opção.

(colaborou: Rone Carvalho)

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha?
Não lembro a minha senha!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso