Xô, cheirinhoÍcone de fechar Fechar

Xô, cheirinho


    • São José do Rio Preto
    • máx min

Mantenha uma rotina de limpeza

Mantenha a casa limpa e organizada. Algumas atividades como varrer a casa, passar aspirador nos estofados e passar pano no chão.devem ser feitas todos os dias como ou em dias alternados no caso de quem tem bichinhos. "Recolher fezes e limpar o xixi do cachorro ou do gato é uma tarefa que precisa ser feita todos os dias, limpando o espaço que ele usa para fazer as necessidades com um pano com álcool ou desinfetante", explica a veterinária Juliana Gabarron.

Faxina nos tapetes e nos sofás
Sempre existe o risco do seu bichinho vomitar ou mesmo fazer xixi ou cocô no seu tapete ou no sofá. Se isso acontecer, no caso do cocô e do vômito, retire toda a parte sólida e comece a limpeza: limpe com água e detergente, esfregando com uma bucha. Seque deixando algumas folhas de papel toalha com um peso sobre elas, como um livro. Para retirar o cheiro, use a mesma solução de água e vinagre, mas em outra medida: 100 ml de água para 50 ml de vinagre. Borrife no local sem esfregar.

Aposte em cheirinhos de ambientes
Certamente que os produtos encontrados no mercado não vão ajudar a eliminar o cheiro do animal mas vão manter o ambiente mais perfumados. Compre produtos perfumados específicos para passar no chão, aromatizadores de ambiente, incensos e borrifadores de perfume para a casa. Depois de uma boa limpeza, finalize com esses produtos para deixar um cheirinho agradável no ar.

Ensine seu cão
Ensinar o seu cachorro a fazer as necessidades em um só local é um desafio que exige paciência e disciplina. O ideal é começar logo no primeiro dia no animal em casa, limitando o espaço onde ele fica e forrando tudo com jornal. Se você optar por deixá-lo solto pela casa, estabeleça um lugar para que ele possa usar para fazer as necessidades. Coloque jornais no chão e leve o bichinho sempre até lá quando ele estiver prestes a fazer as necessidades. Ele certamente fará tudo em cima do papel depois de um tempo. “Esfregar o focinho do cão como punição é antiquado e totalmente ineficiente, pois o cão só consegue associar as coisas no exato momento em que elas acontecem. Isso não vai fazer com o que pet mude de atitude e sim que ele fique com traumas” explica o veterinário Aldo Macellaro, que ressalta a importância da paciência para que o animal se acostume a fazer suas necessidades no lugar correto, e o tutor recompense este ato como um reforço positivo que pode ser um elogio ou um petisco. O mercado dispõe de produtos que podem ser borrifados no jornal, e que podem ajudar neste processo de aprendizado.

Elimine o cheiro característico do cachorro
Existe uma ótima solução caseira para tirar de uma vez por todas aquele cheirinho característico com o qual os donos até podem se acostumar, mas as visitas sempre sentem. Dilua três colheres de sopa de vinagre de vinho branco em 1 litro de água e passe com um pano no chão. O vinagre ajuda a eliminar os odores, não mancha o piso e não causa alergias. Se você diluir na quantidade certa de água, sua casa com cheiro de vinagre.

Banho neles
Banho frequente no animal também é um grande aliado. Invista em produtos específicos. “Deve-se pensar no banho não apenas com o objetivo de limpeza, mas também de proporcionar hidratação, cuidado e prevenção de acordo com a pelagem do animal”, recomenda a farmacêutica Sandra Schuster, da Docg.“ 

Um cachorro que vive em ambiente interno deve tomar banho uma vez por semana, em média (consulte um veterinário para saber se a raça do seu).

Evite o excesso de pelos pela casa
Se você tem cachorro dentro de casa ou apartamento, o aspirador de pó é um aliado fundamental. Tanto cães quanto gatos acabam soltando pelos e algumas raças soltam mais do que outras. “A pelagem acumula gordura e sujeiras. Por isso, a escovação é essencial para limpar os pelos e garantir sua saúde”, sugere o groomer William Galharde, da Petz Estética. Pets de pelos longos e lisos requerem aquelas escovas com bolinhas protetoras nas pontas para evitar arranhões ou a quebra dos fios, enquanto outros animais podem ser escovados com as rasqueadeiras, de cerdas mais duras. “Até aqueles com pelagem curta devem ser escovados diariamente. É um pouco mais simples, pois não é preciso se preocupar com os nós, mas o ideal é sempre usar também o condicionador. O fio costuma se renovar em cerca de dois meses, com a queda e nascimento de um novo pelo; enquanto o ciclo da pelagem longa pode levar até quatro anos”, complementa. Se o pelo grudar na sua roupa, não coloque a peça na máquina. Antes, passe um rolinho adesivo ou uma escova para retirar tudo o que for possível. Os pelos nas roupas dentro da máquina de lavar podem grudar em outras vestimentas.