X
X

Diário da Região

04/02/2018 - 00h30min / Atualizado 03/02/2018 - 19h20min

Rio Preto em Foco

A Boemia do Jockey Club

Criado em 1950, o clube reunia a sociedade rio-pretense em grandes festas e eventos

Arquivo Público logomarc- -JockeyClub-RP
logomarc- -JockeyClub-RP

Em 1963, Rio Preto já tinha vários grandes clubes, como o Rio Preto Automóvel Clube, fundado em 1920, o Monte Líbano, fundado em 1930, e o Palestra Esporte Clube, criado em 1931. O Rio Preto Esporte Clube, fundado em 1919, era um clube esportivo. Em 14 de abril de 1950, surge o Jockey Club. A primeira diretoria tomou posse em 1º de junho tendo como presidente o médico e ex-prefeito Ernani Pires Domingues e como vice-presidente Antônio Novaes Romeu. A ideia era construir um hipódromo e uma vila olímpica. Realmente, uma pista foi construída nas imediações da Vila Toninho e alguns páreos foram disputados.

A sociedade rio-pretense, vestida no "úrtimo", ia para a beira da pista e literalmente comia poeira. Lá estavam Aldo Tonelli, Mançor Daud, Abelardo Menezes, Francisco Curti, Jorge Assad Caran, Orlando de Arruda Barbato e Edgard Beochi, entre tantos. Mas um dos mais entusiastas do clube era o ilustre deputado Maurício Goulart, um dos seus fundadores.

E foi justamente o deputado que sugeriu que o clube tivesse uma sede social, no recém-inaugurado edifício João Bassitt (Galeria Bassitt). Goulart era advogado, jornalista e um boêmio inveterado. Nascido em Petrópolis (RJ), tornou-se deputado federal de 1963 a 66 e de 1967 a 70. Era amigo e sócio de Samuel Wainer e Rubem Braga em uma revista na cidade maravilhosa e veio pra região na década de 1940, onde fundou a cidade de Fronteira (MG). Foi presidente do clube em 1960, no auge da boemia, das noitadas e dos saraus que varavam a noite. Dizem que a sua gestão abriu a entrada no clube para todos os tipos de gente, incluindo mulheres de vida fácil. Em 1961, o seríssimo Dr. Ernani Pires Domingues volta à presidência prometendo moralizar o clube. Colocou um leão de chácara na porta e barrou a entrada de pessoas "suspeitas".

Diz a lenda que, num dos primeiros bailes promovidos pela nova diretoria, Maurício Goulart apareceu no clube com uma "nova amiga" e foi barrado na porta. O porteiro alegou dizendo que a nova diretoria não queria nenhuma mulher suspeita nas dependências do clube. Goulart mandou o porteiro dar um recado ao presidente: "diga a ele que todas que estão lá dentro são suspeitas. Esta é autêntica mesmo". E entrou salão adentro

Em 1963, o clube, sob a presidência de Abelardo Menezes, estava comemorando 13 anos de existência. O grande cantor Sílvio Caldas era a atração da noite. Toda sociedade rio-pretense e autoridades presentes na festa. Lá pelas tantas, um dos convidados resolveu passar a mão no violão de Sílvio Caldas e cantou no ouvido do monstro da voz. Dizem que Maurício ficou pê da vida e literalmente expulsou o cidadão do clube, mesmo não fazendo parte da diretoria. Tinha cacife...

Sylvio Calabrezzi e sua Cometa Filmes registraram o evento, para o nosso deleite. É o registro da verdadeira boemia rio-pretense da inesquecível década de 1960. Tim tim...

O Bar Chaves

Este belíssimo prédio foi construído no início da década de 1920, na confluência das ruas Bernardino de Campos e Marechal Deodoro, no Centro de Rio Preto. Ali funcionavam o Bar Chaves e outros pequenos comércios. Na década de 1950, ele foi derrubado para a construção do Edifício João Bassitt, mais conhecido como a Galeria Bassitt. Reparem, na primeira imagem, a rua toda de paralelepípedo.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso