Diário da Região

22/02/2018 - 22h32min / Atualizado 22/02/2018 - 22h32min

Proteja-se!

Violência e criminalidade

Em matéria de educação estamos deixando a desejar em todos os aspectos. É preciso mudar o modo de agir

Todos os anos a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) realiza e organiza a Campanha da Fraternidade, no período da quaresma e que se estende ao longo do ano. Em 2018, o tema "Fraternidade e superação da violência" e o lema "Vós sois todos irmãos" (Mateus 23,8) é uma excelente oportunidade de debater e refletir sobre a violência e a criminalidade que assola sistematicamente a sociedade brasileira e, infelizmente, está cada vez mais presente no nosso dia a dia.

A violência é um fenômeno complexo que tem uma multiplicidade de fatores: socioeconômico, oriundo da desigualdade e vulnerabilidade social; institucional, relacionado com a ineficiência do Estado, crise do modelo familiar e falta de religiosidade; cultural, advindo da desordem moral e falta de educação; demografia urbana súbita e desordenada; e, poder da mídia que acaba potencializando e influenciando as pessoas,  de maneira exacerbada, sobre a percepção do tema violência, insegurança e criminalidade na sociedade brasileira. Deve haver uma maior interação com a comunidade para obter maior credibilidade do trabalho da polícia, melhorando a comunicação e a ação mútua entre a polícia e a população, por meio da filosofia da polícia comunitária e do policiamento orientado para a solução do problema, a fim de obter cooperação e respeito dessa comunidade.

Penso que uma questão primordial em nossa sociedade é a preocupação com a educação em todos os níveis e de forma adequada ao indivíduo, família e sociedade, pois a educação é o cerne de todos os nossos problemas, porém em matéria de educação estamos deixando a desejar em todos os aspectos. É preciso mudar o comportamento, resgatando valores como honestidade, dignidade, honra, respeito, dever e seriedade que devem ser repassados aos nossos filhos para que eles repassem aos seus.

É necessário criar uma consciência coletiva sobre a importância de ser ético. Só assim, poderemos pensar num Brasil digno e superar a violência e a criminalidade que assola a todos nós, indistintamente, almejando uma sociedade mais justa e fraterna.

Fale com o Comandante

[email protected]

Dúvidas, críticas, solicitações ou sugestões podem ser encaminhadas ao e-mail acima. Por meio de sua assessoria, o Comandante do Policiamento do Interior responderá nesta coluna ou diretamente ao leitor.

A coluna Proteja-se! é coordenada pelo setor de Relações Públicas do CPI-5 e publicada toda sexta-feira no Diário da Região.

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso