Câmara aprova contas de Valdomiro Ícone de fechar Fechar

Coluna do Diário

Câmara aprova contas de Valdomiro

Apesar de parecer paralelo para tentar convencer plenário a votar contra, ex-prefeito teve vitória tranquila


    • São José do Rio Preto
    • máx min

Por 10 votos a 6, a Câmara de Rio Preto aprovou as contas do ex-prefeito Valdomiro Lopes (PSB) referente ao ano de 2015. A maioria dos parlamentares votou a favor do decreto legislativo apresentado pela Comissão de Finanças da Casa, que acatou parecer favorável as contas do ex-prefeito do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Muita coisa estava em jogo nesta votação, já que caso as contas do ex-prefeito fossem rejeitadas, ele estaria automaticamente inelegível pelo período de oito anos, o que atrapalharia os planos de Valdomiro de disputar cadeira na Câmara Federal neste ano.

O vereador Jean Dornelas (PRB) tentou articular a reprovação das contas de Valdomiro, mas não conseguiu apoio dos colegas. Ele até apresentou um relatório paralelo para rebater a decisão favorável do Tribunal de Contas.

Acompanharam o posicionamento de Dornelas: o presidente do Legislativo, Jean Charles (MDB), Jorge Menezes (PTB), Marco Rillo (PT), Pedro Roberto (PRP) e Renato Pupo (PSD).

Anderson Branco (PR), Cláudia de Giuli (PMB), Celso Peixão (PSB), Francisco Júnior (DEM), Gerson Furquim (PP), José Lagoeiro (DEM), José Carlos Marinho (PP), Karina Caroline (PRB) e Márcia Caldas (PPS), Paulo Pauléra (PP) foram favoráveis ao ex-prefeito. A maioria fazia parte da tropa de choque do governo Valdomiro na Casa até dezembro de 2016.

Fábio Marcondes (PR) faltou à sessão.

Frase:

"Precisamos melhorar. Vamos tornar as coisas públicas. É uma empresa importante e precisa corrigir a gestão"
Edinho Araújo, prefeito de Rio Preto pelo MDB, sobre resultado de sindicância sobre a licitação da Área Azul digital, que apontou erros grosseiros no processo e que determina anulação do contrato feito na Emurb já na gestão do medebista

Rio Preto em alta

Bombou na rede a notícia sobre o professor Diego Mahfouz, principal destaque da edição impressa do Diário de quinta, 15. O resultado do trabalho que desenvolveu na escola Darcy Ribeiro, no Jardim Santo Antonio, na periferia de Rio Preto, o colocou entre os 10 finalistas do Global Teacher Prize, considerado o Nobel da Educação. Todo mundo orgulhoso de ser rio-pretense.

Até quando esperar

E os estudantes da Barros Serra, na Boa Vista, divulgam pelo Facebook paralisação na segunda, 19, a partir das 7h, em frente da escola, de onde vão em passeata até a delegacia de ensino, na avenida da Saudade. Segundo Arthur Grigolin, presidente do grêmio, vão levar uma carta para ser entregue ao governador Geraldo Alckmin (PSDB), cobrando quadra coberta pela qual esperam há três anos, desde que a antiga foi demolida.

Vida de deputado

Num tentativa de convencer seus seguidores a comprar a reforma da Previdência, o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Mais (foto) cometeu a seguinte frase em sua timeline: "Defendo a aposentadoria aos 65 anos e 30 anos de serviço também para deputados". Só faltou dizer se com mudanças no plano de aposentadoria de permite a seus colegas aposentar com um ou dois anos de casa, fazendo averbações de outros mandatos (vereador, prefeito etc) ou contribuições ao INSS.

Vida de deputado 2

Exemplo citado no site Congresso em Foco, o ex-deputado Junji Abe (PSD-SP) exerceu o cargo de 2011 e 2015. Em janeiro de 2015, teve aprovadas pela Câmara a averbação de mandatos de deputado estadual, vereador e prefeito de Mogi das Cruzes que somavam 20 anos. O valor da averbação ficou em R$ 1,4 milhão. Em junho daquele ano, conseguiu o aproveitamento de 12 anos de contribuições ao INSS. Fechou 24 anos de mandatos e assegurou aposentadoria de R$ R$ 23 mil.

Quer tudo

Paulo Pauléra (PP) foi até a mesa de Marco Rillo (PT) durante a sessão da Câmara desta quinta (foto) para propor um acordo. Quer presidir a CPI da Guarda, indicar Fábio Marcondes (PR) como relator e Anderson Branco (PR) como membro. Para isso, o petista e os outros vereadores precisam abrir mão de participar da comissão.

Teoria do complô

Presidente da Comissão de Licitação na época da contratação da Innovare, empresa que desenvolveu a aplicativo da Área Azul digital para Emurb, Ubiratan Silveira insiste que estão fazendo "muito barulho por pouca coisa" sobre as irregularidades no processo e sugere interesse de "terceiros" de tirar a gestão do aplicativo da Emurb. Sustenta que o contrato interrompido custaria R$ 79 mil por ano à empresa. Se estivesse em vigor, acrescenta, a Área Azul estaria faturando R$ 1 milhão por mês.

Pela metade

A vereadora Márcia Caldas (PPS) disse que conversou com Pauléra sobre as desvantagens do projeto que flexibiliza o horário do comércio de rua. Afirmou que ouviu do colega que quando ele recebeu a proposta das entidades patronais só ouviu sobre benefícios que a medida traria para Rio Preto

A Polícia Civil em Rio Preto instaurou inquérito nesta quinta-feira, 15, para apurar suposto crime de estelionato ocorrido na Empresa Municipal de Urbanismo (Emurb). A investigação foi requisitada pelo Ministério Público com base em denúncias feitas pelo empresário Wagner Costa. Em entrevista exclusiva ao Diário, ele contou detalhes de supostas irregularidades na empresa municipal. Fraude na licitação da Área Azul digital, que beneficiou a empresa de Wagner - sua mulher era apadrinhada na Emurb e sócia da empresa -, também fará parte da apuração policial, que ficará a cargo do 1º Distrito Policial. Além da polícia, o caso é investigado por uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara.

Vem mais - Jorge Menezes (PTB) apresentou requerimento em que pede detalhes de gastos da Secretaria de Agricultura. Deste vez, o vereador, que já foi titular da pasta, quer cópia do livro de ponto de todos os funcionários da secretaria. Nesse ritmo, já tem gente da cúpula do governo de Edinho Araújo (MDB) que espera que nova CPI seja protocolada em breve na Câmara de Rio Preto.

Duplicação - O superintendente do Dnit (Departamento de Infraestrutura de Transportes) em São Paulo, Roberto Ravagnani, visita Rio Preto nesta sexta-feira, 15, para acompanhar as obras de duplicação da BR-153 (foto). O prefeito Edinho Araújo vai fazer um balanço de como anda empreitada. Ele afirmou que vai aproveitar a visita para "conscientizar" Ravagnani da importância da duplicação. "Não pode faltar recursos", diz.

Boicote - Grupo de funcionários da TV Câmara de Rio Preto deixou de cumprir tarefas que costumava fazer. Eles haviam pedido para o presidente da Casa, Jean Charles (MDB), adicional de salário por acúmulo de função, o que foi rejeitado. Depois de nova solicitação negada, há quem se negue a fazer serviços fora do que está previsto no edital do concurso para contratação. Comissão interna irá analisar como a situação será resolvida.

Voluntário - A Prefeitura de Rio Preto criou, por meio de decreto, o Programa de Voluntariado da Defesa Civil com o objetivo de reunir pessoas em ações preventivas de informação, conscientização, instrução e mobilização da população em relação a riscos de desastres naturais no município. Os voluntários vão receber equipamentos e materiais para o exercício das atividades.