Diário da Região

07/02/2018 - 23h15min / Atualizado 08/02/2018 - 16h47min

Coluna do Diário

Oito anos depois, Justiça Eleitoral condena Caldeira

Candidato a deputado em 2010, ele apareceu de helicóptero para um festão no sindicato que presidia

Johnny Torres/Arquivo O ex-vereador e sindicalista Daniel Caldeira, que foi candidato a deputado federal na eleição de 2010
O ex-vereador e sindicalista Daniel Caldeira, que foi candidato a deputado federal na eleição de 2010

Depois de quase oito anos, a Justiça condenou o ex-vereador Daniel Caldeira (PSL) pelo crime de compra de voto ocorrido na disputa eleitoral de 2010. A pena é dois anos de prisão em regime aberto, substituída por prestação de serviços à comunidade, mais o pagamento de 10 salários mínimos que serão encaminhados para entidades assistenciais de Rio Preto.

Caldeira foi condenado por usar irregularmente o clube de campo do Sindicato dos Motoristas em 18 de setembro de 2010, na reta final da campanha. Na época, ele era o presidente da agremiação ao mesmo tempo em que concorria a deputado federal. Ele chegou ao local usando um helicóptero custeado pelo sindicato.

Durante a festa, Caldeira distribuiu panfletos com propaganda eleitoral durante churrascada regada a bebidas alcoólicas, segundo denúncia do Ministério Público. Em sua defesa, Caldeira disse que o aluguel do helicóptero foi pago por seu advogado. Ele também negou que tenha bancado a churrascada para os eleitores.

Para a juíza da 268ª Zona Eleitoral de Rio Preto, Luciana Cassiano Zamperlini Cochito, autora da sentença, ficou comprovado que Caldeira fez campanha no clube de campo do sindicato que presidia. "Nessa condição, embora afastado da diretoria do sindicato, mas objetivando propagar sua candidatura, decidiu organizar uma festa no clube de campo daquela entidade, tudo regado à farta comida e bebida, havendo inclusive sorteio de brindes e shows musicais. O verdadeiro objetivo do evento, divulgar a campanha eleitoral do acusado com a finalidade de obter votos", escreveu a magistrada na sentença.

O sindicalista ainda pode recorrer da decisão. Ele afirmou nesta quarta, 7, que vai recorrer a todas as instância que tiver direito.

Frase:

"A Emurb é importante. À medida que ela estiver nos trilhos, quero fazer desse limão uma limonada. Corrigir tudo aquilo que precisa ser corrigido. E aqueles que fizeram malfeitos terão de responder"

Edinho Araújo, prefeito de Rio Preto, sobre a apuração de irregularidades na Empresa Municipal de Urbanismo (Emurb), envolta em escândalos que já derrubaram do governo dele o secretário de Desenvolvimento Econômico Liszt Abdala e Vânia Pelegrini, que presida a empresa

Na Rede

Reprodução/Facebook

Chama a Anita

Os expoentes da tradicional elite econômica e política brasileira estão mesmo com o prestígio em baixa no exterior. Uma das mais conceitada universidades do mundo, Harvard, nos Estado Unidos, resolveu convidar a funkeira Anita para fazer conferência sobre o Brasil. A notícia bomba nas redes

Italianíssimos

Que Orlando Bolçone (PSB) tenha origem italiana não surpreende. O que talvez poucos saibam é que a mulher do deputado, Vanda, também tem. Se pelo lado de mãe a origem é japonesa, a do pai a liga à Itália. Bolçone e Vanda têm cidadania e vão votar nas eleições para escolha de representantes brasileiros no parlamento daquele país. Bolçone diz que vai de Renata Bueno, que tenta a reeleição de deputada. Ela foi pedir o voto dele na Assembleia - encontro que registrou no Face.

Destaque para o Diário

Falando em Bolçone, o deputado que representa Rio Preto e região na Assembleia paulista, mostrou aos colegas nesta quarta, 7, da tribuna da Casa, a primeira página do Diário de domingo, 4, uma edição especial que trouxe somente boas notícias (foto).

Paternidade

O vereador Renato Pupo (PSD) reivindicou a paternidade da obra de alargamento de ruas no bairro São Deocleciano, cuja ordem de serviço será assinada nesta quinta-feira, 8, pela Prefeitura de Rio Preto. Pupo gravou vídeo nas redes sociais com o requerimento enviado ao Executivo com pedido sobre a necessidade da benfeitoria.

Notas

Sidnei Costa /Arquivo Luiz Carlos Motta
Luiz Carlos Motta

Triângulo

Dupla sempre afinada na Câmara, Fábio Marcondes (PR) e o colega Paulo Pauléra (PP) saíram do tom. O primeiro é contra o projeto do segundo que flexibiliza os horários de funcionamento do comércio em Rio Preto. É que Marcondes também forma dupla com Luiz Carlos Motta (foto), que ele trouxe para o PR. Motta é presidente da Federação Nacional dos Comerciários, categoria que é contra a medida.

Flerte de Cunha

O prefeito de Olímpia, Fernando Cunha (PR), sinaliza interesse em estreitar a relação com o colega Edinho Araújo (MDB). A ideia é promover ações conjuntas entre a cidade dele e Rio Preto para melhorar o atendimento e ampliar a demanda de turistas que procuram os parques aquáticos de Olímpia.

Tá favorável

Apesar de alguns perrengues durante os oito anos (2009 a 2016) que passou à frente da Prefeitura de Votuporanga, como a tomada do prédio da Prefeitura pela Polícia Federal durante as investigações da Máfia do Asfalto em 2013, o ex-prefeito Juninho Marão (PSDB) pode respirar mais aliviado desde terça-feira, 6, dia em que o Tribunal de Contas do Estado aprovou as contas dele de 2016. As anteriores já haviam recebido aval do TCE.

 

Cai a lei que obrigava CPFL a fazer calçada

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) anulou mais uma lei aprovada pela Câmara de Rio Preto. Desta vez, a regra, proposta pelo vereador José Carlos Marinho (PSB), determinava que CPFL deveria ficar responsável pela construção de calçadas em todas as áreas sob as torres com fiação de rede de energia elétrica em Rio Preto. A lei entrou em vigor em junho passado e foi contestada na Justiça pela Prefeitura. Na ação, o município argumentou que a lei tinha vício de iniciativa e criava despesas não previstas, uma vez que a fiscalização da norma ficaria a cargo do Executivo. A decisão foi do TJ já foi publicada no Diário Oficial de Justiça.

Curtas

Hamilton Pavam/Arquivo Luiz Tavolaro
Luiz Tavolaro

Verba extra - A Prefeitura de Rio Preto fechou o ano passado sem atingir a meta de arrecadação, mas o prefeito Edinho Araújo (MDB) mandou para Câmara nesta quarta-feira, 7, projeto que abre crédito de cerca de R$ 40 milhões no Orçamento de 2018 com recursos não utilizados em 2017. As secretarias de Saúde, Assistência Social e Agricultura estão entre as agraciadas. O governo pediu urgência na aprovação da proposta.

Por aí - A Justiça está com dificuldade de localizar o ex-procurador-geral de Rio Preto Luiz Tavolaro (foto) para que ele apresente defesa em ação criminal na qual é acusado de receber "presente" da Constroeste quando auxiliava o ex-prefeito Valdomiro Lopes (PSB). A denúncia afirma que Tavolaro ganhou um carrão 0km da empresa, dona do contrato do lixo na cidade. Oficial de Justiça não localizou Tavolaro e informou que ele fica em "lugar incerto e não sabido."

De volta - O vereador Fábio Marcondes (PR) foi até o cartório eleitoral de Rio Preto nesta quarta-feira, 7, para pegar material apreendido pela Polícia Federal no período em que foi investigado por compra de votos. Marcondes pegou de volta, por exemplo, seu celular antigo. O TSE determinou a anulação de mandados de busca e apreensão. O vereador tem duas condenações na Justiça Eleitoral e espera julgamento de recursos.

Fernando o quê? - A Prefeitura de Fernandópolis ainda distribui carnês de IPTU depois que a gráfica, de São Paulo, errou e imprimiu 43 mil talões com o nome de Fernando Prestes. A primeira parcela e a do pagamento à vista, que venciam em 31 de janeiro, precisaram ser prorrogadas para o dia 15 agora. Como na reimpressão constava dia 31, o contribuinte é obrigado a ir ao Poupatempo para reimprimir o boleto com a data certa.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso