Diário da Região

06/02/2018 - 23h49min / Atualizado 08/02/2018 - 16h48min

Coluna do Diário

Grupo protesta contra novo horário no comércio

Projeto de Pauléra revoga lei em Rio Preto que restringe abertura de lojas nos finais de semana e feriados

Vinícius Marques 6/2/2018 Manifestantes na Câmara Rio Preto durante a sessão desta terça, 6, a primeira após a volta do recesso
Manifestantes na Câmara Rio Preto durante a sessão desta terça, 6, a primeira após a volta do recesso

Grupo de manifestantes ligado ao Sindicato dos Trabalhadores do Comércio protestou na sessão desta terça-feira, 6, contra projeto de lei do vereador Paulo Pauléra (PP) que libera abertura de comércio em qualquer horário aos sábados, domingos e feriados em Rio Preto. Cerca de cem pessoas ligadas ao Sincomerciários e funcionários do comércio foram à sessão.

Pauléra chegou a ser hostilizado por um dos manifestantes. O protesto foi organizado pela vereadora Márcia Caldas (PPS), que é presidente do sindicato na cidade.

A polêmica proposta de Pauléra revoga lei de 1987 que determina que comércio só pode funcionar de segunda a sexta entre 8h e 18h, aos sábados até meio-dia e permanecer fechado aos domingos. O vereador disse que seu projeto "é moderno". "Ninguém está tirando direito trabalhista. Apenas estamos flexibilizando o horário do comércio. E ninguém é obrigado a fazer isso. O projeto não tem nada de negativo. Só tem coisa negativa para quem é retrógrado e quer fazer bagunça", disse.

Márcia Caldas disparou críticas da tribuna contra o projeto. "Fiquei sabendo deste projeto ontem (segunda) por jornalistas. Foi apresentado na calada da noite. Vou defender a categoria", disse.

A proposta de Pauléra divide a Câmara. Fábio Marcondes (PR), Marco Rillo (PT) e Pedro Roberto (PP) já afirmaram que irão votar contra a proposta. Não há previsão de quando o projeto será votado em plenário.

Frase:

"A pretensão apresentada pelo sindicato é descabida e fora de qualquer possibilidade de ser atendida"

Edinho Araújo (MDB), prefeito de Rio Preto, sobre reajuste salarial de 35% para os servidores públicos municipais pleiteado pelo sindicato da categoria em pedido entregue ao governo nesta terça-feira, 6  

Na rede

Antonio Cruz / Agência Brasil O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, que indicou Segóvia a Temer
O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, que indicou Segóvia a Temer

Logo ele

O Palácio do Planalto escalou Eliseu Padilha (foto), ministro-chefe da Casa Civil do presidente Temer, para aparecer em vídeo pedindo para que o cidadão pressione deputados e senadores a aprovar a reforma da Previdência, senão a "casa vai cair", diz ele, tentando ser popular. Aos 72 anos, Padilha recebe aposentadoria de deputado desde os 53, algo em torno de R$ 20 mil mensais, que se somam aos R$ 30,9 mil do contracheque de ministro.

Só na pressão

Falando em reforma da Previdência, a Conlutas, central sindical ligada ao PSTU, tenta pressionar deputados federais da região a votar contra o projeto. Sob as fotos de Rodrigo Garcia (DEM) e Fausto Pinato (PP), um texto sugere que internautas entrem no Face de um e outro para cobrar posição deles contra a proposta. Sinval Malheiros (Podemos), que não aparece, já disse que vai votar contra. Se bem que ele costuma mudar de posição na última hora...

Caça ao vereador

Em suas incursões por Rio Preto, o deputado estadual Itamar Borges (MDB), de Santa Fé e que enfrenta as urnas em outubro, chamou o vereador Anderson Branco (PR) para conversar, assim como já havia feito o também deputado Vaz de Lima (PSDB). "Anderson é uma grata revelação da política rio-pretense", declarou-se Itamar.

Regionalizando...

O sindicalista Marco Fanelli, que não perde a chance de fazer barulho na política de Mirassol, quer estender seus domínios. Gravou vídeo para avisar o prefeito de Votuporanga, João Dado (SD), que o "bicho vai pegar" se ele continuar virando "as costas" para a população, principalmente na saúde.

 

Notas

Johnny Torres 1/10/2016 Orlando Bolçone
Orlando Bolçone

Chegou chegando

Mesmo distante das atividades parlamentares em Brasília na maior parte do mandado, tempo que passou como secretário do governador Geraldo Alckmin (PSDB) em São Paulo, o deputado federal Rodrigo Garcia mal pôs os pés na Câmara e já foi escolhido nesta terça, 6, após disputa disputa contra o deputado Alberto Fraga (DF), líder do DEM na Casa. Ele vai comandar uma bancada de 33 deputados.

Pô, secretário

O deputado estadual Orlando Bolçone (PSB) se juntou a outros colegas na Assembleia para marcar audiência com o secretário estadual da Fazenda, Helcio Tokeshi. Vão tentar convencê-lo a manter as caixinhas no comércio para doação de cupons fiscais a entidades filantrópicas. Desde o dia 20, as doações passaram a ser feitas só por aplicativo. Segundo Bolçone (foto), representantes de instituições, como Renascer e Instituto dos Cegos, temem queda de arrecadação com a mudança.

Fora do ponto

A Secretaria de Trânsito anuncia em breve linhas de ônibus que passarão a usar o viaduto que dá acesso à rua João Mesquita. Técnicos, no entanto, agem com cautela, uma vez que esses veículos deixarão de passar pelo ponto de ônibus localizado ao final da avenida Bady Bassitt.

 

MP cobra dados de contratos de lixo

O promotor de Rio Preto Sérgio Clementino encaminhou à Prefeitura pedido de informações sobre as providências tomadas pelo município a partir do relatório da CPI do Lixo. A investigação realizada pela Câmara no ano passado apontou que não havia comprovação de realização de serviços em contratos com a concessionária Constroeste, como limpeza de boca-de-lobo. A CPI recomendou que se fizesse auditoria, além de pedir que o MP peça na Justiça a devolução de cerca de R$ 13 milhões pagos à empresa. A Controeste afirma que cumpriu todas exigências contratuais. A Prefeitura informou nesta terça, 6, que a auditoria ainda não foi concluída.

 

Curtas

Hamilton Pavam/Arquivo Deodoro Moreira
Deodoro Moreira

PHD no assunto - A Câmara de Rio Preto abre as portas para a Igreja Católica divulgar a Campanha da Fraternidade 2018, cujo tema é "Fraternidade e Superação da Violência". A cerimônia está marcada para o dia 19, às 20h. Quem vai se sentir à vontade para abordar a questão é o presidente da Casa, Jean Charles (MDB). Além de católico praticante, ele já chefiou a Polícia Militar na cidade.

Placas em xeque - O Ministério Público recebeu informações da Prefeitura de Rio Preto sobre gastos com a empresa em nome de Albino Aparecido Zambon, alvo de dezenas de inquéritos no Estado. Em 2012, a Prefeitura gastou R$ 23 mil com a compra de placas por meio da Secretaria de Comunicação, comandada à época por Deodoro Moreira (foto). A suspeita é de que a empresa seja apenas de fachada.

Sob nova direção - O ministro Luiz Fux tomou posse nesta terça, 6, como novo presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ele promete que será irredutível na aplicação da Lei da Ficha Limpa, norma sancionada em 2010 e que impede a candidatura de condenados em segunda instância. Fux também afirmou que o TSE pretende combater a difusão de notícias falsas, as chamadas fake news, durante a campanha eleitoral.

Falando grosso - O ex-presidente Lula disse nesta terça-feira, 6, que "a palavra fugir" não existe na vida dele ao ser questionado se deixaria o País caso tivesse a prisão decretada após condenação pelo TRF4. "A palavra fugir não existe na minha vida. Escapei da fome. Vou encarar qualquer situação de cabeça erguida", disse o ex-presidente à Rádio Jornal, de Pernambuco, no dia em que teve seu passaporte devolvido pela Polícia Federal.

 

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso