Macchione diz que improbidade 'dói'Ícone de fechar Fechar
    • São José do Rio Preto
    • máx min

O prefeito de Catanduva, Afonso Macchione (PSB), disse que "dói" a condenação por improbidade administrativa por falta de licitação para contratar serviços para os carnavais de 2010, 2011 e 2012, conforme foi revelado com exclusividade pela Coluna nesta quinta-feira, 1º. "Só nos resta recorrer e mostrar as provas possíveis que nos leve a uma absolvição", afirmou o prefeito, que teve o mandato cassado pela juíza da 3ª Vara Cível de Catanduva, Ligia Donati Cajon. "Isso me machuca mais do que os R$ 80 mil que me foram bloqueados", disse Macchione em entrevista coletiva na tarde de ontem. "A improbidade dói. Dói muito", afirmou. O prefeito disse que vai recorrer da decisão no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ-SP).