Dnit mantém previsão de acabar duplicação neste anoÍcone de fechar Fechar

BR-153

Dnit mantém previsão de acabar duplicação neste ano

O Dnit apresentou nesta manhã um balanço das obras de duplicação da BR-153.


    • São José do Rio Preto
    • máx min

O Dnit apresentou na manhã desta sexta, 16, balanço das obras de duplicação da BR-153. O superintendente do Dnit em São Paulo, Roberto Ravagnani, afirmou que a obra já consumiu R$ 60 milhões e que para este ano há uma reserva de R$ 35 milhões e a possibilidade de outros R$ 35 milhões, que devem ser remanejados para a obra. O superintendente informou ainda que mantém a previsão de concluir a duplicação até o fim deste ano. Cerca de 40% da obra já foi concluída.

O evento para apresentação do balanço também também contou com a participação do secretário executivo do Ministério dos Transportes, Carlos Antonio Rocha de Barros, do prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo,  secretários municipais e vereadores.

De acordo com Barros, a meta é concluir a duplicação neste ano, mas ele afirmou que conclusão de marginais da estrada podem ficar para 2019.

"Temos feito todos os esforços para que esta obra fique pronta o mais breve possível. Existem alguns impedimentos de ordem de licenciamento ambiental, até de remoção estruturas hoje existentes na rodovia que não permitem que a gente diga hoje com a clareza que a sociedade gostaria um prazo determinado. A gente espera que ao longo de 2018 a gente consiga entregar o eixo principal da rodovia adequado e duplicado com essas obras de arte (viadutos) e ficaria para 2019 as vias marginais. Mas a via principal, adequada e duplicada com obras de arte, tem previsão de entrega até dezembro de 2018", afirmou Barros.

Segundo o secretário Ministério dos Transportes, a duplicação da BR-153 é uma das prioridades do governo. Ele leu uma carta do ministro Maurício Quintella durante o evento no oitavo andar da Prefeitura.

Edinho afirmou que a duplicação é uma "obra irreversível". "É indiscutivelmente, uma das maiores obras da história de Rio Preto. Espero que possamos terminar (em 2018) mas sabemos que temos intempéries, mas recurso não faltará", afirmou o prefeito.

Uma comitiva com secretários, vereadores e grupo de jornalistas foi até a rodovia vistoriar as obras já no início da tarde.

Números da duplicação apresentados pelo Dnit

Investimento total

R$ 214,3 milhões

Valor em desapropriações

R$ 42 milhões

Recursos empenhados até 2017 

R$ 79,9 milhões

Três trechos em total de 17,8 quilômetros

13 viadutos

1 ponte

8 passarelas

Confira vídeos no momento da apresentação: