Edinho pretende aumentar tarifa de ônibus para R$ 3,10Ícone de fechar Fechar

PREPARE O BOLSO

Edinho pretende aumentar tarifa de ônibus para R$ 3,10

Reajuste também vale para o cartão, que vai passar de R$ 2,90 para R$ 3


    • São José do Rio Preto
    • máx min

O prefeito Edinho Araújo (MDB) pretende anunciar oficialmente nesta sexta-feira, 9, reajuste de 3,3% na tarifa do transporte coletivo em Rio Preto, passando dos atuais R$ 3 para R$ 3,10. De acordo com assessores do prefeito, para o pagamento em cartão, o valor sobre de R$ 2,90 para R$ 3. Segundo o governo, o reajuste deve começar a valer nos próximos dias ou, no mais tardar, em março.

Antes de fazer o anúncio, Edinho vai se reunir com integrantes das empresas que formam o consórcio Riopretrans - Circular Santa Luzia e Expresso Itamarati - para anunciar a concessão do aumento na tarifa técnica, que saltará de R$ 3,43 para R$ 3,57. A diferença entre os valores cobrados para quem utiliza o transporte coletivo é bancada pela Prefeitura em forma de subsídio.

Ou seja, o município paga subsídio de R$ 0,47 por cada passageiro. Neste ano, o município destinou R$ 12 milhões no orçamento para arcar com a despesa da tarifa do transporte público.

De acordo com técnicos da Secretaria de Trânsito, caso o prefeito resolvesse bancar o valor do reajuste, sem repassar nada aos usuários, o impacto nos cofres públicos seria de aproximadamente R$ 3 milhões neste ano.

O último aumento havia sido concedido por Edinho em março de 2017, quando a tarifa saltou de R$ 2,60 para R$ 3 - um aumento de 15%. Foi uma das primeiras medidas impopulares tomadas pelo prefeito ao retornar ao Executivo no ano passado.

Atualmente, os estudantes pagam R$ 1,30 pela tarifa. O Diário apurou que técnicos da pasta de Trânsito sugeriram ao prefeito não mexer neste valor.

Em entrevista ao Diário na quarta-feira, 7, o prefeito afirmou que iria avaliar os estudos técnicos para tomar a sua decisão sobre o aumento. Edinho teme desgaste político com a medida.

A reunião com representantes das empresas deve ocorrer pela manhã. Durante a campanha eleitoral de 2016, Edinho prometeu estudar a instalação de ar-condicionado e de wi-fi nos veículos das concessionárias do serviço. Estudos técnicos estão sendo elaborados pela Empresa Municipal de Processamento de Dados (Empro) para a wi-fi nos ônibus.