Temer instituirá emergência social em RoraimaÍcone de fechar Fechar

Venezuelanos

Temer instituirá emergência social em Roraima


    • São José do Rio Preto
    • máx min
Brasília

Em uma reunião de mais de três horas no Palácio da Alvorada, o presidente Michel Temer e seus ministros da área de segurança discutiram os pontos que estarão em uma Medida Provisória que vai ser editada esta semana para tratar a questão da crescente imigração venezuelana em Roraima. De acordo com o ministro da Defesa, Raul Jungmann, a MP vai instituir a emergência social na fronteira e, em Roraima, as Forças Armadas passarão a coordenar toda a ação.

"Do governo federal naquela região, estamos designando um general de três estrelas para coordenar toda a ação federal e isso vai ser estar definido nessa MP", afirmou, em um áudio disponibilizado pela Secretaria de Comunicação da Presidência da República. "Além disso, estamos duplicando o efetivo militar para apoio às questões humanitárias que vai passar de 100 para 200 militares que vão atuar lá", completou.

O ministro da Justiça, Torquato Jardim, lembrou a visita de Temer a Roraima na última segunda-feira e que o presidente na ocasião "assumiu uma série de compromissos de ajuda humanitária". "Isso então se resulta que amanhã, no máximo depois de amanhã, será editada uma Medida Provisória, sob o fundamento de emergência social para garantir os meios e os recursos necessários para a ajuda federal", afirmou.

Segundo Torquato, será criado um comitê coordenador composto por representantes de oito ministérios.