'Politicagem legalizada'Ícone de fechar Fechar

'Politicagem legalizada'


    • São José do Rio Preto
    • máx min

Para o cientista político Adalberto Miranda, a destinação de R$ 1 milhão do orçamento de Rio Preto para os 17 vereadores vai "legalizar" a politicagem existente entre a Câmara e o Executivo. Ele afirma que as emendas impositivas serviriam para oficializar a troca de favores entre parlamentares e o prefeito de plantão.

"Na essência a ideia não é ruim. Na informalidade não há transparência, mas é preciso ter clareza e um acompanhamento rigoroso da destinação das verbas públicas", afirmou Miranda.

Para o especialista, se o dinheiro não for bem empregado é um "tiro no pé" do vereador. "É uma questão muito complicada", disse o cientista político. (RL)