X

Diário da Região

21/02/2018 - 15h55min / Atualizado 21/02/2018 - 15h55min

Conheça Pindorama

Wikipédia Município de Pindorama
Município de Pindorama

Pindorama é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a uma latitude 21º11'09" Sul e a uma longitude 48º54'26" Oeste, estando a uma altitude de 527 metros. A cidade tem uma população de 15.039 habitantes (IBGE/2010). Pertence à Microrregião de Catanduva e à Mesorregião de São José do Rio Preto. Durante décadas, devido ao natural predomínio do transporte ferroviário, Pindorama foi conhecida como "A Pérola da Araraquarense", dadas sua beleza arquitetônica e clima ameno. 

A história de Pindorama teve início em 1908, quando o comendador Ferdinando Massimiliano Motta adquiriu do coronel Firmino de Araújo Aguiar, então residente em Casa Branca, uma gleba à margem direita do ribeirão São Domingos. Sabe-se que a escritura da gleba adquirida por Ferdinando Motta foi lavrada no livro de notas 90, fls. 75, do Segundo Tabelião de Jaboticabal, em 15 de fevereiro de 1908, e registrada sob o número 14389, no livro de transcrição 50, no Registro de Imóveis daquela cidade, em 17 de fevereiro de 1908.

Ao chegar àquela que seria Pindorama, onde tudo era mata virgem, Ferdinando Motta encontrou, residindo na Fazenda Areia Branca, os irmãos Gonzaga (Francisco, Pedro e José), ou melhor, os “caboclos”, como eram conhecidos, os quais podem ser considerados os primeiros habitantes daquela pequena zona rural originária. Provavelmente, os irmãos Gonzaga eram descendentes de uma tribo indígena caingangue quase que completamente exterminada em 1864, quando tropas do Exército Imperial cruzaram a região com destino à recém-iniciada Guerra do Paraguai e, não se sabe bem o porque, entraram em confronto com os indígenas locais. Ao que sabe, a maioria dos poucos sobreviventes refugiou-se na região da antiga zona da mata paulista, território no qual hoje está situado o município de Tupã.

O loteamento e traçado de Pindorama (nome sugerido por diretores da estrada de ferro, dada a exuberância de palmeiras e macaúbas do lugar), foi feito por um engenheiro da ferrovia, Dr. Karl (Carlos) Lefer, cidadão alemão, vizinho e amigo de Ferdinando Motta em Araraquara, onde residiam. Este loteamento se limitava entre a atual Avenida Antônio Gonçalves e a Rua João Pessoa, e seguia da Rua Mem de Sá até a Rua 14 de Julho.

Foi Thomaz Lainetti, compadre e amigo de Ferdinando Motta, quem, a seu convite, aceitou a incumbência de administração e venda do loteamento planejado. Construindo sua residência (uma casa de pau-a-pique) na atual Avenida Barão do Rio Branco, esquina da Rua 15 de Novembro, Thomaz Lainetti tornou-se o primeiro morador urbano de Pindorama.

Outros chegaram nesse mesmo tempo ou pouco depois, como os Pozzetti e os Rodrigues da Costa, e talvez outros de que não temos conhecimento, fortalecendo os pulmões de uma terra promissora. Note-se que a imigração sírio-libanesa, alemã, austríaca, portuguesa, italiana e espanhola foi, no período, responsável pelo vertiginoso crescimento populacional e, naturalmente, sócio-econômico do município.

Foi exatamente às 16 horas do dia primeiro de maio de 1910, que chegou à estação de Pindorama o primeiro comboio de passageiros, inaugurando oficialmente a ferrovia. Esse comboio era formado de um carro de primeira classe, dois de segunda classe e um de bagagem. A máquina era a de número 9, o maquinista se chamava Florindo Alves e o foguista Benedito Vieira, tendo como chefe-de-trem Carlos de Oliveira e, como ajudante, Alonso de Oliveira.

Esta via férrea chamava-se Companhia Araraquara de Estrada de Ferro, depois Estrada de Ferro São Paulo-Norte, passando mais tarde a Estrada de Ferro Araraquarense, depois FEPASA, FERROBAN, FERRONORTE e, hoje, ALL - América Latina Logística.

Eis aqui um trecho do jornal O Estado de S. Paulo (edição de 19 de agosto de 1909) sobre essa estrada de ferro: “Foram aceitas pelo Governo as denominações de Pindorama e Catanduva para as estações dos quilômetros 65,880 e 76,700 do prolongamento de Taquaritinga a São José do Rio Preto”.

Fundação: 21 de março de 1926 

Gentílico: pindoramense

Prefeita: Maria Inês Bertino Miyada

Aviso: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Diário da Região. É vetada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Diário da Região poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema proposto.

Di´rio Im&ocute;veis

Di´rio Motors

Esqueci minha senha
Informe o e-mail utilizado por você para recuperar sua senha no Diário da Região.

Já sou assinante

Para continuar lendo esta matéria,
faça seu login de acesso:

É assinante mas ainda não possui senha? Clique Aqui!
É assinante mais quer redefinir sua senha? Clique Aqui!

Assine o Diário da Região Digital

Para continuar lendo, faça uma assinatura do Diário da Região e tenha acesso completo ao conteúdo.

Assine agora

Pacote Digital por apenas R$ 16,90 por mês.
OUTROS PACOTES


ou ligue para os telefones: (17) 2139 2010 / 2139 2020

Cadastro Grátis
Diário da Região
Clique no botão ao lado e agilize seu cadastro importando seus dados básicos do facebook
Sexo
Defina seus dados de acesso